POR FAVOR, DONA GLOBO!

Insisto: não sou eleitor do Bolsonaro. Mas se dependesse da Rede Globo eu bem que poderia ser. Torço o nariz para o jornalismo militante da emissora, e a entrevista concedida pelo presidenciável ao Jornal Nacional foi uma justa “mitada” nos pretensiosos e lacradores jornalistas. Chego a pensar que se um belo dia Willian Bonner disser que comer cocô é ruim ficarei tentado a devorar um prato cheio. Por favor, Globo, não volte a entrevistar Bolsonaro!

A mais recente campanha da TV Globo é pelo “direito das mulheres de decidir”. Há um eufemismo sorrateiro no slogan. Na verdade, trabalha-se pelo “direito das mulheres de abortar”. Ou, para quem tiver frieza e ir direto ao ponto, pelo “direito das mulheres de matar seus filhos no início da gestação”. Mas as campanhas publicitárias necessitam de sutileza, insinuação inconsciente. A senhora é perita nisso, Dona Globo.

Descriminalização do aborto é apenas uma das bandeiras levantadas pelas Organizações Globo e por quase toda grande mídia. Há ainda o desarmamento da população, a desigualdade de gênero, a construção da sexualidade, muita, muita engenharia social. Pobre brasileiro, não merece trabalhar duro o dia todo e à noite ter de enfrentar lições de moral progressista na novela das nove. Baita falta de sensibilidade dos dramaturgos.

Uns interpretaram que os entrevistadores do Jornal Nacional moeram o entrevistado. Eu, absolutamente insuspeito de bolsonarismo, vi justamente o contrário. Na pressa de encurralar o candidato, deixaram a bola quicando em sua frente, pronta para ser chutada bem ao alto. Ele disse exatamente tudo o que o povo mais gosta de ouvir. Não sou e não pretendo ser eleitor de Bolsonaro, mas, por favor, Dona Globo, não me faça cair em tentação.

Agricultura Orgânica x Agricultura Convencional: Mitos e Verdades – Parte VII –

Nas edições anteriores do jornal Vanguarda, comentamos sobre vários Mitos e algumas Verdades.

A seguir, comentaremos sobre o problema das plantas daninhas ou inços ou ainda “mato” na agricultura convencional e as plantas espontâneas, consideradas uma solução na agricultura orgânica. Na agricultura convencional, o “mato” ou “inços” são chamados de “plantas daninhas”, pois leva-se em conta somente os efeitos negativos sobre a produção. A solução encontrada pela agricultura “moderna” são os inúmeros herbicidas que contaminam as fontes de água e, o que é pior, contaminam as pessoas, especialmente quando o uso for nas cidades.

Verdade: na agricultura orgânica, o “mato” não é problema, é solução!

Na agricultura orgânica, o “mato” ou “inços” são chamados de plantas espontâneas: são espécies que germinam na área de cultivo, podendo ser espécies nativas (surgem naturalmente na região) ou exóticas (introduzidas na região) já estabelecidas ou são indicadoras de algum problema no solo. Quando uma planta se torna agressiva (“invasora” ou “inço”) e domina uma área, o problema não está na planta, mas no solo e/ou no ambiente que o envolve. As plantas espontâneas estão adaptadas ao seu ambiente, sendo portanto, indicadoras das condições químicas ou físicas do solo, indicando também o manejo que está sendo praticado. Para que uma espécie de planta não domine a área cultivada, primeiro é preciso resolver os problemas existentes no solo. A seguir alguns exemplos de plantas indicadoras de problemas no solo: Picão preto e urtiga – excesso de matéria orgânica; Carqueja, capim-carrapicho, guanxuma, língua-de-vaca, maria mole e tanchagem – solo compactado; Samambaia e capim-arroz – solo ácido com alto teor de alumínio;
Barba-de-bode e capim-amargoso – solo com baixa fertilidade ; Capim marmelada ou papuã – solo muito arado e gradeado, com deficiência de zinco; Nabo – solo com deficiência de boro e manganês; Tiririca ou junça – solo ácido, com carência de magnésio; Caraguatá – é frequente em solos onde se praticam queimadas; Azedinha – solo argiloso, ácido, carência de cálcio e molibdênio.

Ao mesmo tempo que uma planta espontânea indica um problema, também ajuda a solucioná-lo. A competição por água e nutrientes exercida pelas plantas espontâneas é uma preocupação para o hemisfério norte, onde a estação de crescimento é fria, única e curta. Nas condições tropicais e subtropicais, clima predominante no Brasil, esta competição é menos problemática do que a falta de cobertura do solo; as plantas espontâneas ajudam a cobrir o solo, reduzindo a erosão e o aquecimento superficial, nossos principais problemas. Ao reduzir a erosão e o aquecimento superficial, contribuem para melhorar a disponibilidade de água e a absorção de nutrientes pelas raízes, as quais paralisam esta atividade quando o solo atinge temperaturas acima de 32 ºC. As plantas espontâneas aumentam a densidade e a diversidade radicular, contribuem para a reciclagem de nutrientes e para melhorar as características físicas, químicas e biológicas do solo. São fontes de biomassa, produzem flores que atraem insetos predadores e podem servir de alimento preferencial para pragas das culturas. Por isso, as plantas espontâneas não merecem ser chamadas de daninhas e sim, ser consideradas, como uma reação da natureza à falta de cobertura do solo. Portanto as plantas espontâneas (“daninhas” ou “mato”) são consideradas “amigas” das plantas cultivadas.

Baffone – Edição 695

Concurso na pauta

A divulgação dos resultados preliminares do concurso público de Urussanga esfriou alguns ânimos, mas aquentou alguns outros ânimos. Muita gente que levantou as suspeitas mais mirabolantes já parou de falar a respeito.

Polêmica salarial

Até pouco tempo atrás eram maioria absoluta as pessoas que diziam que policiais e professores ganhavam mal. Recentemente essas categorias tiveram uma certa elevação nos vencimentos, que acabou ajudando o estado a dobrar as despesas com a folha de pagamento nos últimos 6 anos. Agora, vendo esse número, muitos dos mesmos que diziam que professor e policial ganham pouco começam a dizer que as duas categorias ganham demais.

Poupe Aqui

Prefeitura de Urussanga está com mais de sete milhões em caixa. É a maior economia da história do município. Agora todos aguardamos ansiosamente o tal planejamento do município, torcendo para que o dinheiro economizado seja bem aplicado, afinal a prefeitura tem que ter as contas em dia, mas não é banco de investimento.

Todo discurso bonito gera gasto

Muito se falou no e-social, que é uma grande mão na roda para o governo, que centraliza informações, que facilita burocracias, entre outros benefícios. Mas logicamente todo discurso bonito e projeto bem-intencionado gera custos para o empresário. As exigências para usar o e-social vão sim gerar inflação e impactar no preço dos produtos. Não existe benefício grátis.

Homenagem

A economia dos recursos públicos é muito importante, mas algumas coisas precisam ser pensadas. A homenagem a alguns Urussanguenses ilustres realizada pela Câmara por exemplo ficou muito esquisita sem ter pelo menos um pequeno coquetel de confraternização ao final. Os homenageados ficaram meio perdidos e foram cada um “com a sua turma”.

Vereador Diretor

O vereador Tita esta exercendo a função de diretor na Secretaria de Agricultura com o salário idêntico ao de vereador. Quer dizer, entre ganhar para trabalhar um pouco na segunda e um pouco na sexta ele preferiu ganhar o mesmo para trabalhar todo dia. Interessante.

Testando a força

A votação de Rodrigo Minotto será na prática um teste da força política do vice-prefeito Décio Silva. Frequentemente tem aparecido informações sobre a falta de entrosamento entre prefeito e vice e inclusive informações de que o vice-prefeito está “por fora” do governo. É uma situação interessante, pois tem muita gente do PDT bastante por dentro do governo e o líder maior do partido está por fora.

A onda Bolsonaro

Concordando ou não com Bolsonaro uma coisa se faz necessário admitir. Ele fala o que uma grande maioria do povo gosta de ouvir e mais do que isso, ele fala de uma forma natural que qualquer um entende. O homem é um fenômeno e pode sim ser presidente. Se isso é bom ou ruim só o futuro pode dizer.

PT aprontando de novo

Explodiu na internet um esquema que pagava os tais dos influenciadores digitais para falar bem de candidatos do PT. A prática é crime eleitoral e está em investigação no Ministério Público.

Comunista raiz

Angelo Castro, candidato do PCO ao governo do estado demonstrou em suas entrevistas ser comunista raiz, pois defende a tomada do poder pelos operários e pelo povo em todas as áreas. Perto dele, o PC do B e suas coligações sem lógica ideológica pode ser chamado de comunista nutella.

Rapidinhas
– O Poder Judiciário alça o título de maior vergonha do Brasil no momento em que se concede um aumento de 16% em um país quebrado.
– Tem vereador em Urussanga que apoia 5 deputados. É quase um partido inteiro.
– Governo Temer desistiu de economizar. Vai entregar para o próximo presidente um rombo maior que o previsto. Isso é o que acontece em um país em que todos acham que o problema é o privilégio alheio.
– O Cover do ABBA foi mais um grande evento, muito prestigiado e abrilhantado pela banda Remember. Que venham mais!
– Muita expectativa e alguns comentários desnecessários nas redes sociais sobre a prestação de contas da Festa do Vinho que está por vir.
– SC 390 entre Orleans e Lauro Müller será recuperada pela empresa Confer. Os transeuntes aguardam com muita ansiedade.
– Se passou mais uma semana e Urussanga segue sem diretor de Turismo e Cultura.
– Eduardo Moreira diz e repete que confia em vitória de Mauro Mariani ainda no primeiro turno. Isso que é confiança.
– Polícia Federal bateu no gabinete de Leonel Pavan na ALESC em meio a uma investigação que envolve um assessor do deputado.
– Foi assinada ontem a ordem de serviço para o asfaltamento de um trecho da rodovia Serra Mar em Pedras Grandes que ainda é de paralelepípedo e ficou muito prejudicado pelo trânsito de cargas pesadas.
– Horário eleitoral no rádio e na TV começa hoje. Shows de maquiagem serão apresentados nos rostos e nos discursos.

O CANDIDATO RICO

João Amoedo, candidato a presidente pelo Partido Novo, declarou ao TSE patrimônio de R$ 425 milhões. Segundo as pesquisas, conta com 2% das intenções de voto. Não tem a mínima chance de alcançar o segundo turno. Amoedo é um autêntico liberal, homem que enriqueceu longe da política e defende pouca interferência do Estado na vida das pessoas. É o tipo de sujeito que o brasileiro adora desprezar. Voto nele no primeiro turno.

Meu candidato é “de direita”, embora a “direita true”, purista e carola, o acuse de esquerdismo. O Partido Novo é a direita sem chiliques militaristas, sem moralismo afetado, sem apelo ao autoritarismo. Projeta um país de indivíduos com estímulos para empreender, recompensados por seus esforços. Não ponho a mão do fogo por ninguém, não vou me filiar ao Novo, mas é o partido com as ideias mais elegantes.

Os canais de TV não têm convidado Amoedo a participar dos debates. Uma pena! Seria a grande chance de os brasileiros ouvirem argumentos – bem colocados – com os quais não estão acostumados: a favor das privatizações, a respeito do menor protagonismo dos políticos, sobre a meritocracia. O nível dos debates tem sido medonho, e se depender da boa vontade das emissoras, assim será até o final. Inevitavelmente trágico final.

Enquanto João Amoedo, rico por seus próprios esforços na iniciativa privada, tem 2% nas pesquisas, Lula, milionário a custa de muita falcatrua no setor público, condenado e preso tem 39%. Já dizia Roberto Campos, defensor inteligente e implacável do liberalismo: “O Brasil não corre o menor risco de dar certo”. Tchau!

Agricultura Orgânica x Agricultura Convencional: Mitos e Verdades – Parte VI –

Nas edições anteriores do jornal Vanguarda, comentamos sobre os Mitos: “ É impossível produzir alimentos sem agrotóxicos”, “O sistema de produção orgânico é mais caro e mais trabalhoso que o cultivo convencional” , “A agricultura orgânica produz menos e, ainda produtos de baixa qualidade e aparência comparado ao sistema convencional, “Quanto maior o revolvimento do solo, melhor para as plantas cultivadas”. Comentamos também sobre uma verdade: “A adubação química contribui para poluir o meio ambiente, aumentar o custo de produção e prejudicar a saúde das pessoas”. A seguir, comentaremos sobre mais uma verdade.

Verdade: a adubação orgânica, torna as plantas mais resistentes às pragas e doenças, protege e melhora a vida do solo, ajuda a restaurar a biodiversidade, mantém e melhora a fertilidade do solo e, ainda produz frutas e hortaliças mais saborosas e nutritivas.

A prática da adubação orgânica é uma forma de tratar bem o solo, ou seja, como um “organismo vivo”. A vida no solo só é possível onde há disponibilidade de ar, água e nutrientes. Os organismos vivos do solo fazem a transformação química dos nutrientes, tornando-os disponíveis para absorção pelas raízes das plantas. De maneira simples e direta, pode-se dizer que a matéria orgânica é a parte do solo que já foi ou ainda é viva. É a matéria orgânica que dá a cor escura aos solos; em solo muito claro, aparentemente sem vida, “fraco”, é provável que o teor de matéria orgânica seja muito baixo. A vida do solo depende da matéria orgânica que mantém a sua estrutura porosa (fofa), sem compactação, proporcionando a vida vegetal graças à entrada de ar, água e nutrientes. O adubo orgânico é constituído de resíduos de origem vegetal ou animal, tais como: estercos de animais, restos de culturas, palhadas, capins, folhas, raízes das plantas, animais que vivem no solo e tudo mais que se decompõe, transformando-se em húmus que é o resultado da ação de diversos microrganismos sobre os restos animais e vegetais. Vantagens da adubação orgânica comparada à adubação química: Além de reduzir o custo de produção dos alimentos, não coloca em risco o meio ambiente, a saúde das pessoas e, ainda melhora a vida no solo e aumenta a resistência das plantas às doenças, pragas e aos climas adversos; Aumenta a capacidade do solo em armazenar água, diminui os efeitos das secas, aumenta a população de minhocas, besouros, fungos, bactérias benéficas e vários outros organismos úteis, fixa nitrogênio e ainda melhora a capacidade das raízes absorverem nutrientes do solo; Também possui macro e micronutrientes em quantidades bem equilibradas, sendo as perdas com as chuvas intensas e frequentes bem menores, quando comparado a adubação química (altamente solúvel em água); Promove cimentação e agregação das partículas em solos arenosos, aumentando a retenção de água, enquanto que nos solos argilosos torna-os mais soltos e arejados, melhorando a penetração das raízes e a oxigenação do solo; Aumenta a penetração das raízes e a oxigenação do solo e, ainda possui substâncias de crescimento (fitohormônios), que aumentam a respiração e a fotossíntese das plantas.

Baffone – Edição 694

Concurso

Vereador Nandi questionou na tribuna da Câmara o fato de o concurso público ter sido realizado por uma empresa que está impedida pelo governo federal de prestar tal serviço. O vereador Bonetinho disse que o concurso foi acompanhado pelo Ministério Público e que a lisura do certame está assegurada. O Baffone acha que já que demorou tanto tempo a prefeitura deveria prezar pela boa índole do processo e contratar uma empresa sem restrições. A não ser que por algum motivo desconhecido seja tão interessante assim contratar esta empresa.

Questionamentos

Algumas questões do concurso foram questionadas nas redes sociais pelos concurseiros. A mais interessante é a que exigia dos que faziam a prova o conhecimento do nome da última miss Urussanga. Questão complicada, pois concurso de miss não tem regulamentação, acontecem vários e a última que teve um título de miss Urussanga não é de Urussanga e nem reside na cidade.

Promessa é dívida ou é dúvida?

Ex-vereador Taliano assumirá ou não algum cargo na gestão municipal. Pelo que o Baffone levantou, ele estava mapeado para a agricultura, mas essa intenção não agradou o atual secretário Tita Bom que tem sido uma peça fundamental para a sustentação da gestão Gustavo Cancelier. A essa altura Taliano já deve estar esperando sentado, porque em pé cansa…

PT na frente

E o candidato Décio Lima do PT saiu na frente em diversas pesquisas para o governo de Santa Catarina. Alguns dizem que é o teto do PT, outros que é confusão do eleitor. O fato é que os favoritos Gelson Merísio e Mauro Mariani estão correndo atrás para na próxima pesquisa aparecerem melhor. É a primeira vez na história de Santa Catarina que um candidato do PT aparece em primeiro numa pesquisa para o governo do estado.

Governador do Vale

Primeiro foi Mauro Mariani que anunciou em Blumenau que seu vice Napoleão Bernardes será o “governador do Vale”. Depois foi Merísio que disse o mesmo na sabatina da FIESC em referência a seu vice João Paulo Kleinubing. O fato é que se tivermos um governador do Vale, ele será Décio Lima, o petista que por enquanto lidera as pesquisas.

O PCO existe

Outro fato interessante da pesquisa do IBOPE é que o candidato do Partido da Causa Operária (PCO) Angelo Castro apareceu com 4% das intenções de voto. Entre outras proezas ideológicas o PCO acredita que o Brasil foi eliminado da copa do mundo para consolidar o que eles chamam de “golpe do Temer”.

Legado

A última CCO da Festa do Vinho deixou um legado positivo que foi a consolidação dos pré-eventos da festa, principalmente o desfile cultural. Além disso, a cultura italiana foi mais valorizada que nas edições anteriores e o concurso de vinho artesanal foi mais valorizado. Pensando bem, a maioria dos aspectos negativos da festa se devem a fatores alheios a comissão e que necessitam de mais planejamento, como a arena de shows e os banheiros.

Transparência

Outro grande “calo” da Festa do Vinho é a falta de transparência sobre o faturamento e a aplicação do dinheiro de algumas entidades que exploram atividades econômicas na festa. Só a moeda única pode resolver essa questão e colocar o “preto no branco”. Será que nenhum governo terá coragem de exigir isso? Qual é o problema? Todas as prestações de contas precisam ser claras.

Melhorando o atendimento

O Consulado Geral da Itália em Curitiba recebeu dois equipamentos que permitirão a coleta dos dados biométricos dos interessados em obter o passaporte. Os equipamentos serão instalados em Londrina e Florianópolis e isso evitará que as pessoas do Norte do Paraná do litoral catarinense não tenham mais que se deslocar até Curitiba para obter o passaporte. Este é o primeiro passo para a instalação de um Consulado Italiano de Carreira em Santa Catarina que tem quase 60% de sua população de origem italiana.

JÁ É LEI!

Faltou dinheiro? A empresa abandonou? A Justiça embargou?A LEI 17.192/2017, que obriga a colocação de placa em obras públicas paralisadas com a respectiva explicação dos motivos da paralisação, foi sancionada pelo governador!Não só a placa será instalada, como o órgão responsável pela obra também terá que enviar os motivos da paralisação à Assembleia Legislativa de Santa Catarina – ALESC e ao Tribunal De Contas Do Estado De Santa Catarina! Projeto é do deputado João Amin.

Demorando

Pavimentação no Bairro São Pedro está andando a passos de tartaruga manca. Segundo o vereador Casagrande é porque a empresa é muito pequena e não está dando conta de tudo o que tem para fazer. Deve estar priorizando outras obras. Medidas cabíveis devem ser tomadas em breve, pois obra sempre traz transtorno e se demora traz mais ainda.

Roda que roda e não anda

E a nomeação do diretor de cultura continua sendo a principal cobrança dos últimos dias ao prefeito. Prefeito teria quatro nomes a serem analisados. Quem ele não conhecia, foi chamado para uma apresentação. Agora vai saber o porquê de tanta demora. Pior é se demorar tanto e ainda errar na escolha. Vamos torcer que a escolha seja efetiva.

Eleição em meio à eleição

Com a morte do deputado Aldo Schneider a presidência da ALESC ficou vaga. O vice Silvio Dreveck já assumiu a função e em breve deve decidir se renuncia em nome do acordo partidário que havia sido feito anteriormente ou se fica na vaga. O suplente Manoel Motta assumiu a cadeira de titular na assembleia e está na disputa, tanto se a eleição interna for para presidente como se for para vice.

Rapidinhas

– A Justiça Eleitoral disponibilizou o sistema Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais. Navegando nele é possível verificar as informações de todos os candidatos dessa eleição.

– Atenção para as vagas do Instituto Federal de Santa Catarina (IFESC) para os cursos gratuitos de auxiliar administrativo, gestão ambiental, manicure,eletricista e instalador predial de baixa tensão, em Urussanga. As aulas começam no dia 3 de setembro.

– 244 Catarinenses estão disputando as 16 vagas na Câmara Federal e 462 disputam as 40 da Assembleia Legisativa.

– Entre os 14 candidatos ao senado em Santa Catarina 04 já estiveram na Câmara Alta. São eles Ideli Salvati, Esperidião Amin, Raimundo Colombo e Paulo Bauer.

– Embora não esteja representado nas chapas para a majoritária o sul do Estado deve novamente eleger uma boa seleção de deputados estaduais.

– Prefeitura de Criciúma está agindo a todo vapor para viabilizar a demolição de imóveis abandonados que causam riscos a população.

– Sexta-feira que vem, dia 31 começa o horário eleitoral gratuito, com muitas frases de efeito, bastante demagogia e também algumas piadas que podem se tornar realidade.

– É dado como certo nos bastidores políticos do estado que Gelson Merísio terá o apoio do PT caso vá para o segundo turno. PDT e PCdo B já estão com Merísio, que soube trazer a esquerda catarinense para a sua órbita.

– O criciumense Rubens Angelotti costurou um acordo com a oposição e foi reconduzido à presidência da Federação Catarinense de Futebol.

– E esse inverno heim? Não acaba mais! Esse final de semana pode acontecer até geada na região. As vinícolas é que devem estar gostando desse frio que convida para um vinho.

Baffone – edição 692

Estamos em festa!!!

Quarta a noite foi dada a largada oficial na Festa do Vinho. A abertura foi relativamente rápida, pois por sorte e pela lei eleitoral os candidatos não podem estar no palanque. O cerimonial foi muito bem conduzido por Fernando Machado e os discursos focaram na importância do vinho em Urussanga. Quanto ao público, a primeira noite foi bastante fraca, o que não deve acontecer no final de semana que promete parque cheio.

Concurso de vinho

O concurso de vinho teve sua fórmula alterada e ganhou mais valorização nesta festa, com um evento exclusivo em torno dele realizado no restaurante San Genaro. O destaque do concurso foi a família Baldin do Rio Carvão que ganhou dois troféus de primeiro lugar com seus excelentes vinhos.

Desfile

Destaque da semana vai para a Vinícola Trevisol que encantou o público durante o desfile do último sábado na praça. Surpreendeu mesmo. Os proprietários levaram toda a família a rigor italiano, desfilaram com uma “tobata muito antiga”, com uma tina em cima e distribuíram 200 litros de vinho. Também merecem os parabéns a Vinícola Quarezemin, que é sediada em Içara, mas não deixou de contribuir para o desfile da festa. Vale ressaltar ainda que a Festa do Vinho é um grande evento temático em torno desse importante produto e algumas vinícolas deixam de participar do desfile que é o principal pré-evento da festa.

Feira internacional

Bento Gonçalves sediará em setembro uma grande feira internacional de vinhos chamada Wine South American. A Progoethe já confirmou presença e dividirá um estande com as vinícolas da Serra catarinense. Com certeza será uma excelente oportunidade para divulgar o produto dos Vales da Uva Goethe. Alguns membros da associação Trevisani de Urussanga também já confirmaram sua ida a passeio para uma imersão no mundo do vinho.

Polêmica

Os sinos das igrejas brasileiras ressoaram em protesto contra a possível regulamentação do aborto. A igreja católica tem se posicionado veementemente contra o possível abrandamento nas regras para realização de abortos. O assunto está em discussão no STF, que dá claros sinais de que pretende legislar sobre o assunto, ignorando homericamente o poder legislativo que é quem deveria fazê-lo.

Esquentando

Definidas as chapas que concorrerão ao governo estadual e as articulações já começam a acontecer. A primeira tarefa dos caciques políticos é explicar o porque das coligações terem sido feitas de última hora e da maneira que foram feitas. A campanha inicia oficialmente dia 16 de agosto.

Suplência demorada

Demorou bastante para o MDB definir os suplentes do Tucano Paulo Bauer na chapa que concorre ao senado. Por fim, Casil do Maldaner, ex-governador e senador e emedebista histórico serão os primeiros suplentes e o vice-prefeito de Içara, Sandro Giassi Serafim será o segundo. Casildo Maldaner neste momento atravessa uma fase difícil, pois enfrenta o tratamento de um câncer. A definição demorou porque o MDB insistiu muito com Edinho Bez, para que fosse primeiro suplente, mas ele não quis deixar de concorrer a deputado federal.

Quorum baixo

Terça-feira aconteceu a posse da nova diretoria do CONSEG. Chamou a atenção a ausência da classe política e dos gestores municipais. Não podemos cobrar isso dos vereadores, pois a posse foi no mesmo horário da sessão da Câmara, mas no caso do poder executivo a ausência completa é uma completa vergonha. Segurança não é prioridade?

Epagri

Stevan Grützmann Arcari, gerente da Estação Experimental da Epagri esteve na câmara de vereadores apresentando os trabalhos daquela instituição. Chamou a atenção a apresentação bastante concisa, com muitos números e que deixou clara a importância da Epagri para a sociedade. Para ter um ideia, só a Estação de Urussanga através de suas tecnologias produziu um impacto positivo de mais de R$ 20 milhões na agricultura catarinense no ano de 2017.

Operação Perfídia

Polícia Federal acordou algumas pessoas bem cedo nessa quinta-feira em Urussanga, Cocal do Sul, Criciúma e Balneário Rincão. A operação investiga fraudes em depósitos judiciais trabalhistas. O susto deve ter sido grande…

Curtas

– Segundo o vereador Braz o calendário de eventos de Urussanga vai sair. Talvez quando a cidade tiver diretor de turismo saia mesmo.

– Audiência pública sobre a rodovia Genésio Mazon foi mais uma jogada para a torcida em busca de votos para deputado. Se continuar assim as audiências públicas vão ficar vazias no futuro.

– Prefeito de Içara esteve no legislativo urussanguense. Ficou aguardando o término da reunião para conversar com alguns edis sobre a campanha da deputada Ada de Luca.

– Suplente de vereador Luan Varnier está a todo vapor na campanha de Ulisses Gabriel para deputado.

– Angela e João Amin estiveram na Festa do Vinho na quarta-feira e acompanharam a apresentação dos vencedores do concurso de vinho.

– Sábado tem debate com os candidatos a governador na rádio Som Maior em criciúma. Há grandes chances de todos virem para Urussanga depois para almoçar na festa. Mauro Mariani já confirmou essa agenda.

– João Rodrigues, o deputado preso perdeu mais um recurso e continua preso.

– Partido progressista ainda procura uma liderança para substituir Jorge Boeira, que não gostou do jogo e não será candidato nessas eleições.

– Reportagem sobre as falcatruas da União Brasileira de Divulgalção nos títulos de “melhores prefeitos” concedidos por esta entidade fez Urussanga lembrar que esse prêmio já apareceu por aqui.

– Ministros do STF aumentaram o próprio salário em mais de 16%. O judiciário brasileiro é uma grande vergonha e que começa de cima.

– Henrique Meireles tem 1% das intenções de votos em pesquisas e disse que pode vencer no primeiro turno. Isso que é confiança.

– Cada vez que vem alguma notícia da ANEEL os urussanguenses diminuem a sua esperança em pagar menos energia.

Baffone – Edição 691

Correria e Salute!!!

Está chegando a hora. Já estamos na fase da correria final para acertar todos os detalhes para a Festa do Vinho. CCO super entretida em detalhes, entidades no vai e vem frenético da última semana, vinícolas a mil, todos se preparando. Sábado na praça vamos medir a temperatura em um super pré-evento como há muito não se via. O clima toma conta da cidade, a semana será ótima e na segunda-feira seguinte recomeçam as discussões. Salute e boa festa a todos!

Dando grandiosidade

Presidente da Festa do Vinho, Serginho Maccari teve uma iniciativa louvável que é a primeira vez que ouvi. Ele encaminhou convite especial para os italianos em Longarone, prefeito, vice, amicidi Urussanga, representantes do Consulado. Gesto nobre e de valorização à cidade Co-irmã que poucos dão atenção devida. Todos responderam. Além disso, foi encaminhado convite para Sommelier, enólogos, digital influencer, associações ligadas ao vinho e enologia no Brasil e SC. Presidente pensou pra frente de verdade. O jovem é de futuro e já mostrou que tem engajamento forte no país italiano!

Decoração (foto)

Quem também merece os parabéns é essa turma de mulheres que esta mandando ver na decoração da festa do Vinho. Peças diferenciadas, toques simples e sutis, reaproveitamento e criatividade. Ficou show! Nossos mais sinceros cumprimentos a essas voluntárias competentes que nos surpreenderam a cada semana!

Vindima

E a Progoethe está com a Vindima planejada. A entidade pensa um evento com mostra de música sacra e da câmara, a ser viabilizado com recursos da Lei Rouanet. Agora é preciso captar os recursos (alô empresariado que pode destinar parte de seu imposto!). Também é necessário que o município tenha um líder no turismo e cultura para fazer a parte do poder público.

Sonho gastronômico (foto)

Transformar a Avenida Nereu Ramos em uma avenida gastronômica tem sido um objetivo cada vez mais real para alguns empreendedores. O Prefeito Gustavo recebeu os donos de estabelecimento envolvidos no projeto nesta semana e todos estão confiantes na iniciativa. Mas mais importante que isso, é a coisa sair do papel.

Sucessão

CDL de Urussanga em fase de sucessão da diretoria e as conversas andam a mil. Baffone já pegou ao vento conversas em torno dos nomes de Rangel Quaglioto e Leonardo Felippe, dois nomes que pelo menos em algum momento já demonstraram interesse futuro em participar das eleições municipais.

O poder de Esperidião Amin

O maior adversário de Esperidião Amin, o ex-governador Luiz Henrique, disse após uma vitória triunfante sobre ele que político ressuscita e Amin voltaria forte um dia. Pois a convenção do PP tentou demonstrar isso. Amin deu um chega pra lá no candidato Gelson Merísio do PSD e encaminhou o PP para a candidatura própria a contra gosto de muitos deputados da legenda. Sobre Merísio, Amin deu um chega pra lá, mas muito educadamente, pois essa eleição tem segundo turno…

Novidade

A candidatura de Jorge Boeira ao senado foi a grande novidade da semana no meio político. Boeira diz que não quer continuar com mais do mesmo e deixa a “vaga” de deputado federal para outra pessoa, tentando vôo mais alto. Os pepistas agora tentam convencer Márcio Búrigo a ocupar a vaga, enquanto os emedebistas dizem que essa decisão favorece Ronaldo Benedet, que pode agregar mais votos na região.

Disputa

Neste sábado acontece a convenção estadual do MDB, que como de costume deve ser com disputa. Desta vez não é ao governo, mas ao senado. A executiva estadual encaminha um acordo para que o partido não tenha candidato, em benefício de outros partidos, enquanto que Paulo Afonso, Valdir Colato e Edson “Periquito” postulam uma vaga para concorrer à câmara alta.

Por aqui

A disputa acirrada dentro do MDB entre Ada de Luca e Vampiro ainda se expressa em Urussanga. Boatos dão conta que prefeito de Içara Murialdo Gastaldon teria convencido o vereador Marquinhos a apoiar a reeleição de Ada de Luca. Dizem também que Marquinhos andava namorando o time de Vampiro que não teve a “habilidade” de fechar o casamento.

De olho no ninho

Todos os partidos estão de olho nos tucanos. O PSDB bate na tecla da chapa pura, mas parece que ninguém acredita e todos assediam o partido para que entre em sua chapa. Todos menos o PT que anda distante de todo mundo nesse processo.

Prestigiando e participando (foto)

– Prefeito Gustavo e a primeira-dama Thaise participaram ativamente da palestra do Marcos Petry, um menino super especial que tem autismo e que veio falar para os professores durante uma formação continuada. Gustavo e Thaise tem uma filha portadora de autismo e tem o mérito de ajudar na causa há muito tempo.

Rapidinhas

– Brasil de luto. Morreu nesta terça-feira, 31, em São Paulo, aos 96 anos, o jurista Hélio Bicudo, figura histórica do PT que distanciou-se do partido após o mensalão e foi autor do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Descanse em paz.

– O convite da audiência pública sobre a revitalização da SC 445 falava em duplicação da rodovia. A revitalização é muito importante que aconteça, mas analisando holisticamente o nosso mapa rodoviário duplicação ali não é prioridade.

– Uma parte do equipamento acaba de chegar para o consórcio da usina de asfalto do Cirsures. Agora o povo quer saber quantas ruas serão pavimentadas até o final do ano em Urussanga, porque até agora nada se falou a respeito. Só se ouve o planejamento dos municípios vizinhos. Talvez Urussanga faça mais e fale menos. Tomara.

– Birra del Nonno lancará na Festa do Vinho a FESTEGGIARE, sua primeira cerveja em lata, que promete ser um sucesso.

– A primeira Agrifest, realizada pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais foi um sucesso. Deveria continuar e entrar no calendário do município.

– Posse da nova diretoria do Conseg será na próxima terça-feira. Valdecir Casagrande é o novo presidente. Segurança é assunto importante e o Conseg segue em boas mãos.

– Tribunal de Justiça e Santa Catarina está implantando o sistema usado na Justiça Federal em operações como a Lava Jato, para agilizar a tramitação de processos. Agora vai!

– Justiça eleitoral aceitou denuncia de Caixa 2 contra Raimundo Colombo nas campanhas de 2010 e 2014. Essa é a denúncia da Odebrecht.

– 16 pessoas envolvidas em um caso de adulteração de leite no oeste de Santa Catarina foram condenadas a mais de 125 anos de prisão na soma das penas.

– O Carara Chopp esta em clima de Festa do Vinho. Quem aproveita a gastronomia do ambiente já observa a decoração fantástica. Parabéns Equipe!

– Grupo musical Roba da Ciodi, de Nova Veneza está em sua segunda turnê pela Itália. Parabéns Josi Spilere e companhia.

CRIME E CASTIGO

Dias atrás, fui à biblioteca e finalmente tirei da estante Crime e Castigo, a obra monumental de Dostoiévski. Passei a ler doentiamente. A leitura ocupava todos os momentos de folga, e minha mulher, não sem razão, reclamou. Eu estava trocando a convivência familiar por um livro. Mas que livro!

O protagonista, Raskólnikov, mata uma velha usurária. Mata também a irmã da velha, e logo após começa a enlouquecer, sofrer tormentos mentais excruciantes. O castigo é imediato, imposto pelo próprio criminoso. Ele passa as noites ardendo em febre e os dias andando a esmo, ou vice-versa.

A psicologia atual ensina a autoindulgência. Prega o amor próprio a qualquer um, inclusive aos canalhas. Prefiro a psicologia de Dostoiévski. Não acredito em quem não se atormenta nem naqueles que vivem de arranjar desculpas para seus pecados. Desconfio de quem ama a si mesmo acima de tudo em qualquer circunstância.

Raskólnikov entrega-se à polícia, assume a dor e declara: “Matei, sou um assassino”. Só o sofrimento traz a redenção, e as pessoas souberam disto por muito tempo. Já não sabem. Creem cegamente na própria bondade. Qualquer velhaco, qualquer tratante bate no peito para gritar “sou do bem”.

A felicidade dos manuais, das filosofias fáceis, é falsa, é fake. Isto eu já havia descoberto. Agora, descobri que um homem não deve deixar sua família em segundo plano nem mesmo por uma obra monumental. Por outro lado, todos nós precisamos de um livro. Não mais do que um. O meu será Crime e Castigo.

Agricultura Orgânica x Agricultura Convencional: Mitos e Verdades – Parte III –

Nas edições anteriores do jornal Vanguarda, comentamos sobre os Mitos: “ É impossível produzir alimentos sem agrotóxicos” e “O sistema de produção orgânico é mais caro e mais trabalhoso que o cultivo convencional”. A seguir, apresentamos mais um mito atribuído à agricultura orgânica.

Mito: A agricultura orgânica produz menos e, ainda produtos de baixa qualidade e aparência comparado ao sistema convencional (uso de agroquímicos)

O interesse das empresas em tornar o produtor dependente de insumos, a maioria importados e caros, depois de divulgar o mito de que a agricultura orgânica é de alto risco, mais cara e mais trabalhosa, foi ainda mais longe, pois criaram mais um mito: “A agricultura orgânica, além de reduzir a produtividade, proporciona produtos orgânicos de padrão comercial inferior e inadequado às exigências dos consumidores”. A literatura existente, embora ainda escassa, tem mostrado que não é verdade. A Epagri, através de pesquisas realizadas na Estação Experimental de Urussanga, SC, comparando o desempenho de diversas hortaliças nos sistemas de produção orgânico e convencional, revelou que os alimentos produzidos no cultivo orgânico não deixam nada a desejar quanto a produtividade e aparência e, ainda com melhor qualidade. Comparando-se a produtividade nos dois sistemas de produção, verificou-se, na média de 3 safras, que nos cultivos de tomate, cebola, cenoura e couve flor não houve diferenças significativas. No entanto, nos cultivos de alface e batata-doce, o sistema de produção orgânico foi superior em 10 e 19%, respectivamente. Quanto à aparência das hortaliças estudadas, não houve diferenças nos dois sistemas de produção. No entanto, quanto à qualidade verificou-se que os frutos de tomate no sistema de produção orgânico apresentaram apenas 4% de frutos com defeitos (podridão apical e frutos brocados), enquanto que no convencional, houve 12% de frutos com defeitos e não comerciais, na média de 4 safras. O efeito repelente da calda bordalesa à broca pequena devido ao sulfato de cobre e a adubação orgânica com composto orgânico, rico em cálcio, explicam, em parte, os resultados obtidos. Outro trabalho de pesquisa realizado na Estação Experimental de Urussanga com batata, evidenciou que o uso de matéria orgânica à base de turfa aumentou significativamente a percentagem de matéria seca dos tubérculos, quando comparado ao uso de apenas adubos químicos. Ao se comparar a batata industrializada na forma de palitos pré-fritos congelados, produzida em dois sistemas de produção, verificou-se que a cultivada no sistema orgânico apresentou qualidade superior em relação à obtida no cultivo convencional, quanto ao aspecto, à textura, cor e crocância. O maior teor de amido dos tubérculos no cultivo orgânico explicam estes resultados. No sistema convencional, os tubérculos apresentaram menos 10% de matéria seca, ou seja, com menor qualidade e mais aguadas.

CRITICAR…

“Criticar é fácil”, dizem. Concordo, mas nem tanto. Talvez para um vermelho seja simples criticar os azuis, e para um azul seja até gostoso criticar os vermelhos, mas criticar indistintamente, enfrentando ora uma, ora outra metade do universo bicolor não é nada mole.

Vejam bem, meus amigos, escrevo gratuitamente. Claro, existem ganhos secundários, como os afagos recebidos no ego vaidoso e a catarse que alguns textos proporcionam. De resto, portas se fecham, pessoas se afastam, há bastante pressão. Que lucro que dá?

Não quero insinuar coragem, nem qualquer outra virtude, apenas mostrar minha posição desconfortável, difícil mesmo. Provocar os bacanas, os poderosas, nunca facilitou a vida de ninguém, muito menos a minha. Mas, por alguma razão, preciso escrever. Escrevo, logo existo.

Quem, como eu, expõe-se desta forma, flerta com o ridículo, porque ridículos todos somos em alguma medida. Em cima do picadeiro, cada palhaço desempenha o seu papel, e o do crítico sem cores não é dos mais tranquilos, podem ter certeza.

Baffone – Edição 690

Um novo gemellaggio

O italiano Mauro Zardetto esteve fazendo roteiro pela região. Ciceroneado pela Associação Trevisani nei Mondo, ele visitou os principais produtores de uva e vinho goethe da região e se reuniu com a Progoethe e convidados em uma reunião na Epagri. A visita gerou um temporal de ideias e possibilidades e logicamente que ele também ouviu as lamentações da turma, que não foram poucas. Eu diria que muitas até inconvenientes. Contudo, o italiano enxergou por mais da conta que Urussanga tem tudo nas mãos, só não faz acontecer. Antes de dar vôos altos, é preciso organizar os setores do vinho. Agora resta saber se o desânimo também irá aflorar neste planejamento oportuno. Se a Progoethe não aproveitar agora e se mexer …. infelizmente continuará patinando.

Visita empreendedora

O Italiano Mauro Zardetto também fez questão de visitar a empresa Ceusa, onde foi recebido pelo …. Menegon. Visão para engrenar o Goethe não faltam. O pedido foi para que a empresa também ajude nesse processo de forma a propagar o nosso vinho no país e exterior. E ainda, sugeriu a produção de uma Linha Goethe de pisos e azulejos.

Pessoa que tem faro é outra dinâmica de negócio. É o tal da faca e o queijo na mão, mas ninguém explora..

Cobrança

Aproveitando a oportunidade, a presidente da Progoethe cobrou o prefeito na frente de todos em meio a reunião na Epagri. Sem cerimônias, mas sem faltar com a educação ela deu o recado muito bem dado, dizendo que o município precisa de uma definição quanto aos setores de cultura e turismo.

Invertendo as vias

Emerson Jeremias tem cuidado das vias de transporte do município e essa função sempre foi complicada e polêmica. Agora, além de ir às vias do interior; uma liderançado interior foi às vias de fato com ele em plena garagem. Coisas que acontecem, mas não deveriam.

Fartou letra

A coincidência é a mãe de muitas piadas. E não é que logo depois de assistirmos a aprovação da redução da escolaridade exigida para alguns cargos na prefeitura apareceu um veículo escrito “TRASPORTE”, assim mesmo, sem o “N”. Mas vamos lá, errar é humano!

Substituição

Mariana Boneti trocou de função na CCO da Festa do Vinho, passando a cuidar da parte burocrática dos recursos públicos. Entrou na CCO para cuidar da apresentação do parque mais uma vez Joelson Zuchinali, popular Essinho, que vem fazendo um excelente trabalho, mostrando que a bandeira partidária fica abaixo do dever e da responsabilidade com o município e não acima.

Números

A Câmara de vereadores divulgou seus números do primeiro semestre, expondo que foram analisadas 127 proposições e criadas diversas comissões do interesse do município. Agora que o levantamento quantitativo foi feito, o Baffone sugere um levantamento qualitativo, porque a Câmara custa uma boa grana ao contribuinte urussanguense e a qualidade das proposições é fundamental.

Outros números

Segundo o Portal da Transparência, a Câmara Municipal custou de janeiro a junho de 2018 a bagatela de R$ 850 mil reais. Considerando que ainda falta o mês de julho é bem provável que cada proposição analisada pela Câmara tenha tido um custo de mais de R$ 7 mil reais.

Investimento

A Ceusa Revestimentos Cerâmicos receberá, em breve, um importante investimento para a ampliação de sua capacidade produtiva. Segundo a Revista Exame, o Conselho Administrativo da Duratex, proprietária da empresa urussanguense, aprovou a destinação de R$ 94 milhões para a unidade. O comunicado ao mercado ocorreu nessa segunda-feira, 23. Os recursos serão investidos até 2019 e serão destinados à modernização das linhas existentes e à criação de uma nova. Essas melhorias resultarão em um aumento de 83% da capacidade produtiva da Ceusa.

Cenário estadual

Chegando a reta final das definições para as eleições estaduais e os partidos vão fazendo suas convenções. O PSD reuniu uma série de pequenos partidos ao seu redor e aprovou a indicação de Gelson Merísio para concorrer ao governo e Raimundo Colombo ao senado. O PP trabalha com duas possibilidades. As chances de Amin ser candidato ao governo vão diminuindo e aumentam as de Jorge Boeira, do Sul do estado, ser candidato a vice. No PSDB todos os ventos levam para uma chapa pura. Parece que os tucanos estão corajosos. O MDB ainda tenta atrair os tucanos, mas por enquanto só tem mesmo o PR e o PPS, que não tem lá tanto peso assim. João Paulo Kleinubing, do DEM é o grande mistério das composições por enquanto.

Rapidinhas

– Manoel Dias esteve em roteiro pela cidade. O brizolista mais famoso de Santa Catarina, vai concorrer a deputado federal pelo PDT, partido integrante da Internacional Socialista.

– Vinícola de Urussanga imprimiu o símbolo dos Vales da Uva Goethe no rótulo ao invés de usar os selos. Isso pode? Não tinha toda uma regra?

– Instituto Brasileiro do Vinho e Sebrae estão com um projeto milionário em conjunto para fortalecer as indicações geográficas de vinhos brasileiros. Os Vales da Uva Goethe estão dentro.

– Delegado Ulisses Gabriel, de Orleans teve o nome confirmado como candidato a deputado estadual pelo PSD.

– Secretário de saúde foi participar de um congresso na área da saúde em Belém, no Pará. Com certeza um excelente passeio.

– O Baffone ouviu umas queixas de pessoas que acham que o setor vinícola de Urussanga deveria se fazer mais presente em algumas atividades, como por exemplo, o desfile da Festa do Vinho.

– Vereador Daniel Freitas de Criciúma que perderia o mandato por infidelidade partidária renunciou antes que a decisão chegasse a Câmara, assim pode fazer um discurso de despedida.

– Amici dela Polenta fez sucesso em Maracajá na Festa do Colono, que por sinal foi um show de organização e valorização da cultura.

– Sinal da rádio Marconi em FM realmente “invadiu” todo o sul de Santa Catarina.

– Carmem Lúcia, como presidente interina, sancionou a lei que obriga empreiteiras de obras públicas a contratarem presidiários. A Câmara dos deputados já cumpre isso há algum tempo.

– Conforme o previsto, Ciro Gomes já começa a perder apoios devido a sua falta de educação. O que não se previa é que isso aconteceria ainda antes da campanha começar.

Baffão da Semana

Você votaria em um candidato urussanguense para o Senado?

Baffone – Edição 689

Erro de avaliação

Algumas pessoas estão propagando que Urussanga não abraçou a Festa do Vinho deste ano. O Baffone sugere que nesse tipo de avaliação se tenha menos paixão, quem não gostou da proposta da festa ou tem qualquer outro motivo para criticar pode ficar a vontade para fazê-lo, pois estamos em uma democracia. Só quem faz as críticas tem que lembrar que Urussanga é muito maior que um grupo de pessoas. Dizer que a cidade toda não está abraçando o evento é um exagero muito absurdo.

Descontentes sim

Também não vamos tapar o sol com a peneira. Há entidades descontentes, há setores descontentes, há pessoas descontentes. Sim há muitos. Porém, há uma série de voluntários trabalhando para superar o que for possível e há uma CCO muito trabalhadora se empenhando diuturnamente. O Baffone deseja Força e Sucesso e que a Festa seja maior que o jogo de interesses e egos que a circunda.

Banheiros

Os banheiros ainda estão em obra e não poderão ser utilizados para a festa. A morosidade do setor público sempre aprontando as suas e com dinheiro em caixa para a execução desde o ano passado. Precisamos repensar muito o país, o estado e o município. As coisas precisam andar com mais dinâmica. Nesse caso pior para a festa e para o município, pois a locação de banheiros em contêineres é mais um custo a ser honrado.

De olho no lixo

Quando todos os holofotes estão voltados para a usina de asfalto do Cirsures, a consciência nos alerta que o aterro sanitário do consórcio só “aguenta” mais um ano. Pois é, o lixo nosso de cada dia ainda é um problema grande. Precisamos pensar nisso, precisamos discutir isso. Precisamos reduzir isso. Mas no momento, já que não diminui, precisamos aumentar o aterro pois o tempo corre…

Lamentável

Lamentável a polêmica entre o suplente de vereador Luan Varnier e a filha do prefeito. Lamentável envolver crianças em política, lamentável um adulto não saber separar as coisas. Mas principalmente, é lamentável que pessoas que tem pretensões políticas futuras não saberem se portar diante de uma divergência de ideias e não preservarem a inocência de uma criança. Os adultos envolvidos precisam amadurecer com urgência.

Réplica

A Capela São Luiz, na Linha Rio Carvalho esta uma tetéia. A comunidade em breve irá entregá-la e pode ser considerada até um ponto turístico para a cidade, pois trata-se da réplica de uma capela vinda da Itália. Os detalhes são surpreendentes, é literalmente de cair o queixo. Parabéns aos envolvidos.

Convenções estaduais

Neste sábado começam as convenções estaduais para homologar os candidatos do pleito de outubro. Quem dá a largada é o PSD, que fará sua convenção na ALESC com mais uma penca de partidos pequenos que estão fechados com o projeto do deputado Merísio para o governo do estado. O PDT também fará sua convenção na ALESC neste dia. Alguns peessedistas e pedetistas de Urussanga estarão fazendo parte das decisões de seus partidos na ALESC.

Subindo

O vice-prefeito Décio Silva estará na convenção do PDT e foi convidado pelo deputado Minotto para fazer parte da executiva estadual do PDT. É um fato raro em Urussanga. Dificilmente um Urussanguense é lembrado para tal posição. Tivemos alguns urussanguenses em diretórios estaduais de partido, mas na comissão executiva o Baffone só lembra do ex- prefeito Ruberval Pilotto, na época deputado federal. Provavelmente o deputado Minotto deve ter sentido o assédio de outros partidos no vice-prefeito urussanguense e resolveu valorizar o correligionário dentro do PDT estadual. Isso mostra que o PDT aposta no seu futuro político em Urussanga.

Na região

Raimundo Colombo em sua pré-campanha ao senado esteve na região de Criciúma. Além de espalhar seu discurso calmo e tranquilo pela região participou de um encontro organizado pelo deputado estadual Ricardo Guidi com lideranças do PSD de toda Amrec. Na oportunidade, a mãe do deputado estadual e ex-senadora Sandra Guidi, integrante do Conselho Estadual de Educação, entregou uma moção de aplauso aprovada por unanimidade pelo órgão a Colombo. A reunião foi um sinal de fortalecimento da parceria entre o Deputado Estadual e Pré-candidato a Deputado Federal Ricardo Guidi e o ex-governador, pré-candidato ao Senado. Na foto os urussanguenses presentes no encontro, vereador Jair Nandi, presidente do PSD Luiz AntonioFabro, Colombo e o vereador Alex Michels de Içara.

Academia deu rolo…

A Rolinha do Centro do facebook voltou a atacar. Depois de um tempo sumida, ela voltou para falar de uma mídia da academia do Clube que esta vendendo um pacote família para a academia e usou uma mídia com uma família acima do peso e uma família mais “fitness”. Ficou esquisito e a Rolinha não perdoou. Em tempos de politicamente correto, o Baffone acha que o Clube precisa tomar mais cuidado na propaganda.

Pesquisa histórica

Está circulando em Urussanga o professor do IFSC de Gaspar, Givaldo ….., doutorando pela UFSC. O rapaz que é baiano está fazendo uma pesquisa com foco na Indicação Geográfica dos Vales da Uva Goethe e tem o Jornal Vanguarda como uma de suas fontes de pesquisa. Esta semana ele já repassou uma série de exemplares da coleção do Vanguarda em uma pesquisa muito trabalhosa. A informação de hoje é o registro histórico do amanhã. Simples assim.

Rapidinhas

– Vereador Nandi esteve acompanhando equipe do Deinfra que vai dar aquela garibada no trevo do Bom Jesus e instalar faixas elevadas na SC 108 no Bairro Brasília.

– Vereador Beto continua batendo na tecla da cultura e turismo, cobrando que o município tenha mandatários nessas pastas.

– Mas por falar nisso, o Baffone já sabe quem será o novo diretor de Cultura que provavelmente deverá ser nomeado, infelizmente, só depois da festa. Pelo menos o nome tem gabarito e por incrível que pareça é de Urussanga.

– No lançamento oficial, na noite de quarta-feira (18), da Rádio Marconi 99,9 FM, teve deputado federal que não foi muito prestigiado, ao contrário da simpatia da deputada Geovania de Sá que também circulou pelo evento toda bela e formosa.

– Segundo a vereadora Vanir uma família do interior teve que alugar uma casa porque a estrada que eles usavam para chegar na residência está intransitável. Alô garagem!!!

– Vereador Bonetinho que chegou a criticar duramente a gestão municipal na última sessão, mostrou-se 100% alinhado, fazendo com muita ênfase o papel de defensor do governo.

– O Rotary de Urussanga fez um grande evento de troca de diretoria na última quinta-feira. Stela Maris Talamine passou o cargo para o atual secretário de Saúde, Ademir Becker.

– Vereador de Criciúma Daniel Freitas perdeu o mandato por infidelidade partidária. Ele saiu do PP para ser candidato a deputado no partido do Bolsonaro. Em Urussanga a lei de fidelidade partidária está segurando a atual formação de pelo menos três das cinco bancadas da Câmara.

– A ACIU diante de sua forte bandeira em prol da revitalização e ampliação da Rodovia Genésio Mazon irá realizar uma audiência pública no dia 2 de agosto, por meio da Assembleia Legislativa. A associação empresarial tem o objetivo de mobilizar as autoridades para que esse projeto saia do papel. A audiência acontecerá por intermédio do deputado Cleiton Salvaro e será presidida pelo presidente da comissão, deputado João Amin. Anote na agenda e participe.

– Parecia impossível, mas o deputado Manoel Motta do MDB abandonou as disputas eleitorais. Anunciou sua saída da disputa e o apoio ao colega de partido Volnei Weber, ex prefeito de São Ludgero.

– Acontece hoje em Içara um grande evento do MDB regional em torno da pré-candidatura de Mauro Mariani ao governo do Estado. Muita gente está de olho no “tamanho” do evento.

– Deputado Vampiro circulou em Urussanga acompanhado de seu assessor Vânio Comin e do ex-prefeito Johnny, o que causou desconforto em outros setores do MDB, principalmente na base da deputada Ada de Lucca.

– Evento da rádio Marconi foi muito prestigiado. A Marconi é um grande patrimônio de Urussanga e pelo visto vai continuar sendo assim, talvez até maior.

– Em Siderópolis a volta da palavra Belluno ao nome da cidade voltou a pauta. Essa discussão já foi reacendida e deu em nada diversas vezes. Vamos ver agora.

– E o Paraíso da Criança se prepara para celebrar os seus 70 Anos de trabalho e dedicação ao próximo. Para marcar a data, a diretoria esta preparando a noite da minestra que será realizada no dia 15 de agosto, às 20h, no Centro Comunitário da igreja Matriz. Ingressos à venda no valor de R$ 15,00.

DIÁRIO DA BENEDETTA

Acabou a Copa, temos de voltar às nossas ocupações comezinhas. Não sobraram subterfúgios para contornar o dia a dia irritante do noticiário político, a rotina e a convivência precária. Ou melhor, subterfúgios sempre há, ainda bem, mas chega uma hora em que a banalidade emerge, impõe-se, teimosa, inexorável. Vamos aos fatos.

Foi publicado edital de concurso público. Demorou. Porém as vagas são poucas e o certame não chegou a empolgar muita gente. Existem na administração tantas vagas preenchidas por “QI”, pratica-se (sempre se praticou!) tanto empreguismo, que concursos são realizados a contragosto, depois de muita pressão do Ministério Público. Este não deverá mudar nosso perfil colonial.

Nomeada nova secretária de administração. Seu nome é Dalvania, veio de Içara. Já passou por diversas prefeituras governadas pelo PP, foi e será candidata à prefeita de sua cidade. Chegou para vestir a camisa 10 e colocar ordem no meio-campo, dizem. Eu nada posso dizer. Posso sim: entre os partidos que compõe o governo não devem existir urussanguenses aptos ou dispostos a assumir os cargos mais importantes. Formou-se um time de “estrangeiros”.

Outra situação: a Maçonaria faz parte do “conselho de gestão” do município. Sim, a própria, a sociedade fechada, secreta, indecifrável. Não tenho nada contra os maçons, mas ninguém sabe o que eles conversam ou almejam, e por isso não têm legitimidade alguma para integrar o conselho que for. Saudades da Copa do Mundo!

AGRICULTURA ORGÂNICA X CONVENCIONAL: Mitos e Verdades – Parte I –

MITO: É impossível produzir alimentos sem o uso de agrotóxicos!

Existe um discurso muito difundido de que os agrotóxicos seriam uma necessidade para garantir a produção de alimentos para a população e, de que sem eles “o mundo morreria de fome”. Usando os agrotóxicos, não resolvemos o problema da fome, nem o problema da qualidade dos alimentos e ainda estamos destruindo os recursos naturais necessários para a produção e, o que é pior, a nossa saúde! Continuamos tendo quase um bilhão de desnutridos ou subnutridos no mundo, e por isso, está claro que não é uma crise que seja explicada pela subprodução, mas sim pela má distribuição.

A humanidade tem cerca de 8 mil anos de história conhecida na agricultura, e nós vivemos e nos alimentamos por todos esses milênios sem os agrotóxicos. A primeira coisa importante de tomarmos consciência é que já vivemos muitos anos como humanidade sem os venenos, e que depois do uso a produtividade da agricultura certamente elevou-se, mas a segurança e a soberania alimentar da humanidade, não. A utilização dos agrotóxicos, juntamente com os adubos químicos e sementes híbridas, forma um círculo vicioso, interessante apenas para as multinacionais da agroindústria que ainda são favorecidas com a isenção de impostos. As sementes ditas melhoradas necessitam mais adubação para se desenvolverem. A utilização do adubo químico torna as plantas mais fracas e mais suscetíveis ao ataque de pragas e doenças. E se tem que utilizar cada vez mais adubos químicos, inseticidas e fungicidas para manter o nível desejável de produção.

A agricultura “moderna” está baseada no uso intensivo de insumos, na adoção do sistema de monoculturas, o uso desequilibrado e altas doses de fertilizantes químicos e de agrotóxicos. Para reduzir as perdas provocadas pelas doenças e pragas, o controle químico através da aplicação de agrotóxicos foi a principal ferramenta utilizada durante muitos anos. No entanto, a partir da publicação do livro Primavera Silenciosa, de Rachel Carson, em 1962, os cientistas e a sociedade perceberam a necessidade de buscar alternativas para diminuir a utilização de agrotóxicos na agricultura. A agricultura orgânica é uma das opções. A agricultura orgânica vai além das técnicas de cultivo, pois inclui elementos ambientais e humanos e busca a sustentabilidade da agricultura familiar resgatando práticas que permitam ao agricultor produzir sem depender de insumos como agrotóxicos e fertilizantes químicos. É um modo de vida que busca resgatar e valorizar o conhecimento tradicional da agricultura de base familiar. Pesquisas real zadas no mundo inteiro comprovam que é possível produzir alimentos orgânicos com boa qualidade e, que não deixam nada a desejar em relação à produtividade e, o que é melhor, com a vantagem de serem mais nutritivos, mais baratos e, ainda sem riscos para a saúde das pessoas e ao meio ambiente e, sem compromete as atuais e futuras gerações!

PISTOLA

Estou de volta. Quando fico uma semana sem aparecer, alguns se animam, mas ainda não foi desta vez que desisti de cometer semanalmente estas mal traçadas. Voltei pistola com a eliminação do Brasil, mas antes perder para a Bélgica do que para a França. De qualquer modo, não vai ter hexa, e nós não vamos festejar nada. Vamos baixar a cabeça, trabalhar e tentar lidar com um fato: em outubro também não haverá motivos pra comemorar.

Menino Neymar saiu da Copa com a imagem arranhada. É menino no sentido de infantil. Futebol, ele tem, mas tem também um ego monumental, uma vaidade indomável, e a vaidade já derrubou muita gente do cavalo e do poder. Ela infesta as redes sociais, contamina as relações, deixa as pessoas feias, antipáticas e frágeis. Parodiando o dito popular, e pedindo desculpas pelo palavrão, afirmo convicto: a vaidade é uma merda.

Apesar dos que se animam com minhas ausências, alguns me param pra dizer que gostam bastante dos meus textos. Pedem para eu não deixar de escrever. Por um instante, fico envaidecido feito um Neymar. Penso em publicar livros, mas logo caio na real. Não sou tolo, sei bem onde é o meu lugar. Como disse Borges, “enquanto alguns se orgulham dos livros que escreveram, eu me orgulho dos livros que tenho lido”. E eu tenho lido como um Lula na cadeia.

Para quem não vai ser hexa nem tem esperança nas eleições, a literatura é um ótimo refúgio. É também um apoio no cansativo esforço que tenho feito para afastar-me da superficialidade vaidosa de nosso tempo e viajar por outras épocas, nas quais havia mais sabedoria e menos pose, e quando os jogadores de futebol (e não somente eles), mesmo adolescentes, já eram homens feitos. Semana que vem, prometo, tentarei estar menos pistola. Tchau!

O USO SEGURO DOS AGROTÓXICOS É UM MITO!

É comum entre os técnicos ligados à agropecuária e que são adeptos do uso de agrotóxicos, que quando aplicados corretamente e, utilizando-se os cuidados necessários, não prejudicam a saúde dos agricultores e consumidores e, não trazem riscos ao meio ambiente. .A minha experiência, ao longo de 33 anos de trabalho na Epagri, apesar da preocupação constante desta empresa no sentido de orientar os agricultores através de cursos sobre a aplicação correta dos agrotóxicos, diz que realmente não tem como fazer o uso seguro de agrotóxicos. Pode-se apenas minimizar os riscos, mas nunca eliminá-los. Recentemente, a Comissão Especial da Câmara dos deputados aprovou o relatório do projeto 6.299/02 que abranda as regras para liberação de novas substâncias, sob o argumento de “modernização” e maior segurança no uso de agrotóxicos.

O pesquisador Pedro Henrique de Abreu defendeu na Unicamp, dissertação de mestrado que investigou a viabilidade do uso seguro de agrotóxicos, visitando 81 unidades de produção familiar em 19 comunidades no município de Lavras, MG. A conclusão é taxativa: “[não existe] viabilidade de cumprimento das inúmeras e complexas medidas de “uso seguro” de agrotóxicos no contexto socioeconômico dos trabalhadores rurais.

A doutora Raquel Rigotto, professora do Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC), ao participar como palestrante em Seminário Nacional Contra o Uso de Agrotóxicos, também criticou a ideia de que é possível utilizá-los de forma segura e justificou a sua opinião baseado nos seguintes argumentos:

1 O receituário não funciona. Pode-se chegar numa agropecuária e comprar um veneno e usar conforme as instruções;

2. Há pouquíssimos laboratórios para análises (contaminação da água e pessoas); 450 ingredientes ativos de agrotóxicos registrados no Brasil em mais de 5.000 municípios;

3. Assistência técnica deficiente: 5 milhões de estabelecimentos agrícolas (16 milhões de trabalhadores rurais, inclusive crianças com escolaridade baixa), conforme censo agropecuário; maior assistência é feita em propriedades maiores de 200 ha;

4. Fiscalização deficiente: Como fiscalizar a forma correta de aplicar, o uso de EPI – Equipamento de Proteção individual, a carência dos agrotóxicos e, o que é pior, aqueles não registrados e proibidos num país de dimensões continental?

5. DDA – Dose Diária Aceitável : “Quantidade diária segura para o consumo de alimentos com resíduos de agrotóxicos (mg/kg de peso da pessoa)”. A DDA nos leva a crer que podemos comer um pouco de veneno (“cientificamente calculada”) todos os dias; Será que nós temos mecanismos biológicos, fisiológicos ou químicos capaz de garantir que não haverá danos à saúde se ingerirmos a DDA? Em geral, quem diz qual a “dose diária aceitável” é a própria multinacional dos agroquímicos!

Você sabia que seu pet também pode doar sangue?

Muita gente não sabe, mas a doação de sangue é também um ato de amor entre os pets. Cães e gatos saudáveis podem ser doadores e ajudar a salvar a vida de outros pets – claro, desde que atendam a alguns pré-requisitos, como estar com a saúde, vacinação e vermifugação em dia, ter pulgas e carrapatos controlados e ser um animal dócil. Assim como acontece com a doação de sangue humano, os bancos de sangue de animais sofrem com os baixos estoques.

Segundo a MSD Saúde Animal, além de anemias, doenças crônicas e perdas de sangue causadas por acidentes, um dos principais problemas que podem levar a transfusão de sangue são as doenças transmitidas pelo carrapato, que muitas vezes atingem a medula óssea do pet. Por isso, o cuidado com a saúde do animal deve incluir consultas periódicas com um veterinário e adoção de medidas preventivas prolongadas contra parasitas – como comprimidos ou coleiras – essenciais para evitar casos que exijam uma transfusão sanguínea.

Cada animal requer um tipo diferente de doação. Alguns precisam de sangue total, outros apenas de alguns dos seus componentes (hemácias, plasma, plaquetas, albumina, leucócitos, fatores de coagulação etc). Por isso é importante que os centros de doação tenham um bom estoque. O procedimento ajuda na recuperação e em muitos casos é essencial para que o animal não perca a vida.

Antes da doação, o veterinário realiza alguns exames e avalia os requisitos básicos para confirmar a viabilidade do procedimento, que não causa nenhum prejuízo à saúde dos pets saudáveis. A quantidade de sangue extraída de cães de grande porte, por exemplo, não ultrapassa 450 mililitros. Muitas vezes, o animal recebe um sedativo leve para que se mantenha tranquilo durante a extração.

É importante ressaltar que os animais também têm diferentes tipos sanguíneos. Por isso a importância de haver mais pets doadores. Atualmente ocorrem muitos casos de tutores que recorrem às redes sociais para conseguir doadores para seus bichinhos. Muita gente não tem a informação de que é possível doar sangue do pet, por isso a conscientização é fundamental.

Normalmente, hospitais veterinários universitários realizam o procedimento de coleta e mantêm em suas estruturas bancos de sangue. Vale lembrar que cães e gatos têm pré-requisitos diferentes para a doação. Confira abaixo quais são e saiba se seu pet pode ajudar a salvar outras vidas:

Cachorros
– Pesar mais de 27 kg
– Vacinação e vermifugação em dia
– Estar com o controle de pulgas e carrapatos em dia
– Ter entre um e oito anos
– Ausência de doenças e transfusões prévias
– Fêmeas não devem estar prenhas, amamentando ou no cio

Gatos
– Pesar mais de 4 kgs
– Vacinação e vermifugação em dia
– Estar com o controle de pulgas e carrapatos em dia
– Ter entre um e sete anos de idade
– Ausência de doenças e transfusões prévias
– Fêmeas não devem estar prenhas, amamentando ou no cio

Baffone – Edição 688

PASSAPORTE PROMOCIONAL

Oportunidade para garantir… Foi liberado um número limitado de PASSAPORTES SOLIDÁRIOS PROMOCIONAIS. Para aproveitar as cinco noites de shows da XVIII Festa do Vinho, de 8 a 12 de agosto, o valor é de R$ 140,00. Mas atenção: preço limitado e os passaportes estarão disponíveis somente a partir do dia 16 de julho nos pontos o_ ciais de Urussanga e no site: www.minhaentrada.com.br/x9promocoes – Corram…

Dança das cadeiras

Victor Novaresi está de malas prontas para deixar sua cadeira na Secretaria de Educação do município. O serviço secreto do Baffone ficou sabendo que o prefeito o chamou para conversar e entregou o bilhete azul com uma série de argumentos voláteis e dizendo que a decisão era da Secretária Jane Possamai, e olha que quem indicou a Jane foi o próprio Victor para a pasta.

Especulando

Victor compôs a equipe da secretaria de educação no mandato do ex-prefeito Zen, sempre foi próximo ao ex-gestor, faz parte do PP Jovem, tem bom trânsito com o vice-prefeito Décio. Olhando de fora esses dois fatores somados ao tradicionalismo partidário de sua família (Pepista de berço) seriam indicativos excelentes para que ele permanecesse no governo. Mas não é bem assim que a roda gira. Na prática, a teoria é outra e pode ser ainda mais ardilosa quando a imagem de um profissional é denegrida. O Baffone entende que exonerar é um direito, mas denegrir a imagem é dano moral.

Pior

Até ontem serviu, e hoje? Pior do que toda essa falta de consideração pelo profissional que no ano passado conduziu a secretaria de educação como diretor, ganhando como diretor e trabalhando como secretário, é o fato de estar na rua o possível nome substituto. O sopro do vento que vem do oeste do município indica a entrada de Edson Manoel na pasta. Pura especulação, mas o Baffone vai mais longe. A atual secretária deve ser candidata a vereadora em 2020.

Falta dinheiro e deixa-se de ganhar dinheiro

Segundo o governador Eduardo Pinho Moreira o estado de Santa Catarina terá um déficit de R$3 bilhões de reais no ano que vem. Há um cálculo de que o governo deixa de arrecadar mais de R$ 6 bilhões de reais por ano em isenções fiscais concedidas pela secretaria da fazenda. Não há uma lista de quem são os beneficiários desta renúncia de receita, mas se sabe que há desde setores completos, como o têxtil, até empresas isoladas que se sabe lá porque tem beneficio. Está na hora de mudar isso, ou pelo menos tornar esse processo transparente. Não podemos ter benefícios públicos escondidos em pleno ano de 2018, até por que no Brasil tudo que não tem transparência precisa ser lavado com a lava-jato…

Fato interessante

O Baffone já leu nos principais colunistas políticos de Santa Catarina que o pré-candidato a governador Gelson Merísio vem para a campanha com a cartucheira carregada. Dizem que tem dinheiro para gastar e por isso tantos deputados o apoiam. O cunhado de Merísio foi secretário da Fazenda quase todo o governo Colombo.

Formando a chapa

Dizem nos bastidores que Merísio, Amin e Kleinubing acertaram os ponteiros numa reunião em Brasília nesta semana e estarão juntos na eleição estadual. Se isso for verdade resta saber como ficam PMDB e PSDB, visto que os demais partidos pouco influenciam no processo. Vale lembrar que na eleição passada as coisas só se definiram na véspera.

Projetando

“Se eu tivesse a oportunidade de concorrer ao cargo de executivo pelo PSD gostaria de ter a Geórgia como vice.” – A frase é de Luan Varnier. Entre querer e poder tem uma diferença grande, mas tem tempo para trabalhar e correr atrás do sonho.

Problematizaram a Copa

Simplesmente estava impossível frequentar as redes sociais enquanto o Brasil estava na copa. Muita gente falando do que não sabe, compartilhando bobagens e cada opinião que só ganha publicidade porque rede social é aberta a praticamente qualquer coisa. Para o Baffone, a Copa está sendo um espetáculo e os melhores times foram para as semifinais. O Brasil não foi porque não mereceu. Simples assim.

Dinheiro chegando

A deputada federal Geovania da Sá (PSDB) esteve no dia 7 em Urussanga e oficializou a entrega de R$ 100 mil para o Hospital Nossa Senhora da Conceição e fez mais um anúncio de emenda parlamentar. Ela indicou mais R$ 400 mil para a cidade. Desta vez, o recurso será empregado na aquisição de máquinas para a agricultura, um rolo compactador e uma prancha para o carregamento de equipamentos. Secretário Tita ficou contente com a promessa.

Cooperativismo

Está pipocando em Urussanga a criação de uma cooperativa de agricultores familiares para viabilizar a comercialização de produtos da agricultura local. No município de Cocal do Sul ao invés de criarem uma cooperativa só para o município os produtores se associam na Cooperbelluno, de Siderópolis e está funcionando bem.Vale lembrar que Urussanga já tem uma cooperativa de produção agroindustrial familiar, que é a Coofasul, que tem sede própria e tudo.

RAÇÃO

Os cachorros da Dona Maria estão completamente sem ração. Ontem ela misturou os últimos grãos ao arroz que cozinhou. Infelizmente continuam abandonando animais no caminho da casa dela. Quem deseja contribuir pode procurar o casal Iraci e José Celso, na Feira Livre hoje, que moram perto dela. Os cachorros comem no mínimo 25 quilos ração por dia. Vamos ajudar?

Rapidinhas

– O pré-candidato a Deputado Estadual Ulisses Gabriel esteve em Urussanga na segunda-feira, 09para expor suas propostas, na Câmara.

– Flanelinhas e proprietários de estacionamento podem se cadastrar para trabalhar na XVIII Festa do Vinho. O cadastro dos interessados é realizado antecipadamente no escritório da CCO no Parque Municipal.

– Urussanga terá o II Festival da Cerveja que promete ser um grande evento. A cidade precisa surfar em todas as ondas possíveis para que um dia seja turística de verdade.

– Ordem de serviço para a continuidade da construção da Casa do Colono é assinada.Mais uma novela cujos capítulos seguem lentamente.

-Saiu na imprensa que Manoel Motta iria reavaliar a sua candidatura. O Baffone duvida.

– O deputado estadual Coruja volta e meia usa os microfones da ALESC paradar uns petelecos no seu conterrâneo Colombo. Coruja é um deputado muito crítico. Deveriam ter mais como ele.

– Partido do Bolsonaro vem crescendo em Santa Catarina. O Baffone aposta que elegem um deputado federal e dois estaduais. Anotem aí.

– Conselho de ética da câmara dos deputados arquivou processo contra João Rodrigues e ele permanece deputado e candidato a reeleição mesmo estando no semiaberto da papuda.

-Secretaria de Assistência Social de Urussanga recebeu um dos veículos que originaram a polêmica pra saber quem é que mandou comprar.

– Depois de muitos anos os débitos trabalhistas do Móveis Pérola serão quitados. Aleluia. Pra muitos é um dinheiro que faz a diferença.

– Fernando Collor de Melo é pré candidato a presidência da república pelo PTC. Parece piada, mas Collor é melhor que muitos que aí estão.

– O Brasil elegeu a presidente da OIV – Organização Internacional do Vinho. Trata-se de Regina Vanderlinde, professora da Universidade de Caxias do Sul e natural de Braço do Norte. Será que ela toma vinho Goethe?

Baffone – Edição 687

Parabéns APAE!

Poucas instituições atuam tão bem em uma seara tão desafiadora quanto as APAEs. A de Urussanga está completando 40 anos e com certeza merece o reconhecimento de toda a sociedade pelo belo trabalho que realiza. Parabéns aos que sustentam essa instituição e a fazem tão eficiente. Contem com nosso apoio!

Modernizando (foto)

A rádio Marconi já não é nenhum jovem na idade, mas é no espírito e agora também na estrutura. Estúdios novos e a sintonia do FM vão impulsionar mais ainda a Voz dos Vinhedos. Parabéns!

Inútil

Toda a algazarra em torno do projeto do deputado Edinho Bez sobre orgânicos é perda de tempo. É fake News dizer que será proibido vender os orgânicos em supermercados, pois o projeto diz que podem ser vendidos em propriedades particulares (supermercados são propriedades particulares). As pessoas precisam aprender a ler e os deputados precisam aprender a legislar sobre coisas úteis. Segundo especialistas o projeto é desnecessário, pois o setor já é regulado.

Cargos de confiança na mira

Enquanto o Tribunal de Justiça trabalha para criar mais de 800 cargos comissionados a serem pagos com dinheiro do estado, o Ministério Público investiga os cargos comissionados que não deveriam ter essa classificação nos municípios. Cargo comissionado deveria ser só para funções de chefia e liderança e não para operários segundo o MP. Urussanga está na lista dos municípios investigados.

Coringa do PP

Dalvânia Cardoso, que perdeu a última corrida para a prefeitura de Içara e já passou pelo poder público municipal de praticamente metade dos municípios da AMREC sempre em gestões do PP agora deve aportar na Casa Branca de Urussanga, provavelmente dando as tintas no governo Gustavo.

Dê sua opinião

O site e-cidadania que é vinculado ao senado está fazendo uma consulta sobre o assunto mais polêmico da área de saúde neste momento no país, que é a legalização do aborto. Por enquanto a disputa entre sim e não está empatada.

Proibindo o óbvio

A câmara aprovou projeto que proibi a inauguração de obras inacabadas no município de Urussanga. Para nós isso deveria ser óbvio. Não está pronto não inaugura. Agora já que teve que virar lei, que se cumpra.

Carga e descarga

Diretor de trânsito colocou novas placas de carga e descarga na praça. A ideia é que isso ajude no rodizio de carros. Nas rodas de fofoca da própria praça gerou um pouco de polêmica o fato de uma das placas estar em frente a uma certa loja. Mas é assim mesmo, nada se faz sem polêmica, nem placa de carga e descarga.

Carros da assistência social

A Secretaria de Estado da Assistência Social comprou veículos para distribuir aos municípios. Deputado Comin diz que é fruto de seu trabalho enquanto secretário. Deputado Cleiton Salvaro diz que participou desta aquisição indicando os municípios que receberão. Já a atual secretária Romana Remor se limita a dizer que a compra dos veículos estava no planejamento e ela está cuidando para que os veículos sejam distribuídos sob critérios técnicos. O Baffone acha que o dinheiro é público e espera que os carros sejam bem utilizados.

Tesourada

Entre os cortes de gastos do governo do estado está a diminuição de vagas para o ensino técnico nos CEDUPs. O governo alega que há um histórico crescente de baixa adesão a estes cursos. Funcionários e alunos dos CEDUPs agora protestam contra o governo. Interessante que não falavam nada quando abriam turmas para poucas pessoas. Achavam normal.

Exemplo

Prefeito de Joinville UdoDöhler esteve na ACIC proferindo palestra sobre a modernização que ele promoveu na gestão pública de Joinville e sobre o histórico de luta pelo desenvolvimento que é travado há muitos anos por lideranças do setor empresarial da região. Na plateia ninguém da prefeitura de Urussanga.

Influência

O jornalista Adelor Lessa vem alertando muito que falta representatividade do sul do Estado na política e nas grandes entidades. Recentemente inclusive ele citou a falta de dirigentes sulistas na FIESC. Adelor sempre cobra a falta de criciumenses protagonizando ações a nível estadual. O baffone vê muitos criciumenses e sulistas nas baladas de Jurerê, em Balneário Camboriú, em Miami, etc. Talvez o foco seja outro.

Rapidinhas

– A corte da XVIII Festa do Vinho já recebeu uma Moção de Congratulação e Aplausos na Câmara de Urussanga

– Mutirão de castração foi um sucesso. Foram castrados 75 animais com 100% de sucesso em todos os procedimentos. FAMU, Ong Raça e demaiscolaboradores merecem os parabéns!

– Vereador Zé Bis não gostou da reunião com a CELESC sobre o custo da energia em Urussanga. Não viu chances de melhorias concretas

– Bonetinho anunciou que esta semana sai o edital do concurso. São Baffone Tomé só acredita vendo, porque a promessa é antiga.

– Vereador Marquinhos quer esclarecimentos sobre uma verba para um britador em Orleans. Ele acha que deveria ser instalado em Urussanga.

– Nenhum comentário na câmara sobre o índice FIRJAN de desempenho dos municípios divulgado nos últimos dias.

– Baixa adesão dos produtores de vinho ao desfile da Festa do Vinho tem sido citada nas rodas informais de conversa.

– Círculo Italiano de Cocal do Sul está com nova diretoria, mesclando experiência e juventude. Tomara que dê certo.

– Sindicato dos servidores municipais aceitou a proposta de reajuste de 1,37% apresentada pela prefeitura de Urussanga.

Bafão

Enquanto isso, a caseira da semana foi dentro de um partido da cidade por causa de um cargo. Suplente quer colocar alguém que não é do partido, titular ameaça voltar e o presidente têm que descascar o abacaxi. Ambos estão errados. Respeitar os colegas integrantes e a cúpula é o primeiro passo da coerência e bom senso. Já que o foco é crescer e somar, eles podiam se reunir e decidir o que é melhor para o partido.