Palestra gratuita sobre Problemas Circulatórios tem nova data

Por conta dos efeitos da greve dos caminhoneiros, a palestra gratuita sobre Problemas Circulatórios, que seria realizada no dia 2, às 10 horas, na Clínica Levittá/ITC Vertebral, no Centro de Criciúma, precisou ser transferida para o fim do mês, no dia 23, no mesmo horário e local. Gratuito, o chamado Tour Levittá é um evento de conscientização sobre saúde e bem estar, realizado pela equipe multidisciplinar da clínica, a cada dois meses, com turmas de no máximo 20 pessoas. Interessados podem garantir vaga pelos telefones: 3430-0404 ou 99683-1166.

Considerado um dos grandes males do século XXI, o sedentarismo é um estilo de vida perigoso. A inatividade física está diretamente ligada a inúmeros problemas de saúde, como as doenças circulatórias. As sanguíneas são as mais comuns e podem causar varizes, dormência, formigamento, inchaço ou ainda dores nas mãos e pernas.

Colocar o corpo em movimento é a melhor forma de tratar ou prevenir esses incômodos, segundo a fisioterapeuta Laís Nazário, da Clínica Levittá/ITC Vertebral. Ela indica o Pilates como alternativa. “É uma atividade que auxilia a circulação sanguínea na medida em que trabalha, de forma conjunta, os movimentos e a respiração. Ao exercitar os músculos, as veias são comprimidas empurrando o sangue para as partes superiores do organismo, melhorando assim o retorno venoso”, afirma.

A fisioterapia dermatofuncional também pode ajudar quem sofre com problemas circulatórios. A drenagem linfática é um dos procedimentos mais indicados, segundo a especialista Manuella Barato. “Apesar de estruturas diferentes, a circulação sanguínea e a linfática estão interligadas. Com a drenagem de toxinas e líquidos acumulados, é possível promover a melhora da oxigenação, vascularização e retorno venoso. Isso sem falar no reforço do sistema imunológico, estímulo à renovação celular, melhora da função intestinal e, consequentemente, do contorno corporal”, explica a fisioterapeuta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *