Sem estudo – Coluna Luciano Schimidtz

Lula passou a vida jactando-se da baixa escolaridade, orgulhoso da própria ignorância. Para ele, o conhecimento técnico nada vale, tanto que apesar de ter chegado à presidência da república jamais procurou concluir os estudos, fazer um curso de inglês, adquirir cultura, aperfeiçoar-se em alguma área. A postura de Lula, desdenhosa da formação escolar, prestou grande desserviço ao país.

A atual administração municipal parece concordar com o ex-presidente, e pretende aprovar lei para reduzir a escolaridade necessária ao preenchimento de diversos cargos de direção. São funções cuja ocupação pede engenheiros e técnicos, mas o executivo acredita que nem mesmo o ensino médio completo é necessário possuir para desempenhá-las bem. Talvez o problema seja que, nos partidos integrantes da gestão, ou entre aqueles que fizeram a campanha eleitoral, não haja técnicos, apenas “práticos”.

Gostaria de ver um engenheiro civil na diretoria de obras, um agrônomo na de agricultura e assim por diante. Mas até hoje, aos 38 anos, o que tenho testemunhado é a aprovação de leis oportunistas, destinadas a reduzir a qualificação exigida dos burocratas a fim de dar vez a credores políticos. Quem tem boa memória deve lembrar: não é a primeira vez que isto acontece na Benedetta.

Segundo Lula não é preciso ter estudos para governar. A administração local parece comungar da ideia. Nossas chances de andar pra frente são bem remotas. Bons estudos a todos!

Católicos celebram ápice da Semana Santa no Tríduo Pascal

A Igreja Católica vive a semana mais importante. O ponto alto da Semana Santa, que recorda toda a trajetória da Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus Cristo concentra-se no Tríduo Pascal, celebração única que inicia nesta Quinta- Feira Santa, dia 29, e só se conclui no Sábado Santo, na Eliana Maccari solenidade da Vigília Pascal.

“Nesta quinta-feira santa, celebra-se a Instituição do Sacerdócio Ministerial e também da Santa Eucaristia, que nos acompanha durante toda a nossa vida, pois é a presença real de Cristo, além de recordarmos o serviço ao qual somos chamados a prestar em nossa vida, com gesto do lava-pés”, destaca o Bispo da Diocese de Criciúma, Dom Jacinto Flach.

Para o padre Daniel Pagani, pároco de Urussanga, com o gesto do lava-pés Jesus deixou o exemplo de humildade e serviço a Deus. “Na sexta-feira da Paixão seguimos seus passos nos acontecimentos dramáticos da prisão, julgamento, tortura, condenação à morte e crucificação, nossa Fé e fidelidade a Cristo são postas à prova”, salienta o pároco.

O bispo Dom Jacinto ressalta que se celebra a paixão e a morte de Cristo fazendo penitências, visitando as igrejas, celebrando com as comunidades a cerimônia da paixão e a procissão do Senhor morto. O pároco de Urussanga salienta que o Sábado Santo nos conduz à sepultura de Jesus. “Devemos prestar nossa homenagem a ele, cheios de gratidão e amor. A Vigília Pascal é a solene, reconhecida, tocante, alegre proclamação das maravilhas de Deus na criação e na obra da salvação, que tem seu momento culminante na vida, paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo”, frisa.

De acordo com o bispo, no sábado à noite celebraremos o grande momento: a Ressurreição do Senhor. “Através dela, percebemos que a morte e o pecado perdem toda a força que tinham sobre a humanidade”, pontua.

Festa de Páscoa

De acordo com o Bispo, a festa da Páscoa é a mais importante solenidade da Igreja, marcada como grande momento para a fé e a esperança dos que crêem em Cristo. “Rompendo o túmulo, quebrando a pedra, Jesus quebra toda a força do mal que quer sempre nos empurrar para dentro da escuridão. Cristo, a luz, vence isto. Para todos nós cristãos, que temos fé, sabemos que, mesmo que em nossa vida, muitas vezes, possamos nos sentir abatidos pelos sofrimentos e limitações, no fim, o amor e a misericórdia de Deus acabam vencendo, e isso se manifesta, plenamente, no Cristo Ressuscitado”, ressalta.

Para o pároco de Urussanga, o Domingo de Páscoa é o grande momento de viver o grande mistério da Fé que é a Ressurreição de Jesus e sua vitória sobre o pecado e a Morte. “Todos os católicos são convidados a celebrarem sua caminhada de Fé a partir da Palavra de Deus e de celebração litúrgica na Igreja. Não é um feriadão para fazer o que me satisfaz, mas de meditar sobre a Fé e olhar com esperança para o dia de amanhã. Desejo a todos os leitores um Feliz e Santa Páscoa, que a Luz do Ressuscitado sempre ilumine seus caminhos”, finaliza.

Goethe e Prosecco mais próximos de um acordo na Itália

As regiões do Prosecco, na Itália, e do Goethe, no Sul de Santa Catarina, estão cada vez mais próximas de um acordo. As tratativas iniciaram em 2014 envolvendo
o Comitato Veneto di Santa Catarina (COMVESC) e Associazione Trevisani Nel Mondo di Urussanga junto com as cidades de Valdobbiadene e Conegliano, bem como as seccionais nestes locais da associação cultural Trevisani.

A manutenção desta aproximação para um pacto de amizade ocorreu em 2017 com a entrega de cartas de intenção da Prefeitura de Urussanga aos prefeitos de Conegliano e Valdobbiadene por intermédio da Associazione Trevisani. Recentemente, a intenção por este acordo também foi demonstrada pela Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (Pro- Goethe).

Patricia Mazon, secretária da ProGoethe, permaneceu na Itália durante um mês para aperfeiçoamento da língua e conhecimento da cultura. Patricia foi acolhida na região do Prosecco por representantes das associações Trevisani Nel Mondo di Valdobbiadene e Conegliano, bem como pela Veneto Brasile di Conegliano.

Na Scuola Enologica di Conegliano, ela participou de uma aula de degustação e conheceu o museu em homenagem ao pesquisador italiano Luigi Manzoni. Em seguida, Patricia explanou a 100 alunos da escola enológica uma breve apresentação sobre a uva Goethe e a associação ProGoethe, mostrando a paisagem, o início do cultivo pelo imigrante italiano Giuseppe Caruso Mac Donald, as fragilidades e os potenciais da região, enaltecendo que o produto é até reconhecido pelo movimento internacional Slow Food.

“Por ser uma variedade híbrida, eles se emocionaram e respeitaram a nossa história, visto que a Goethe seria resultado também de um cruzamento e o início possui ligação direta com o pesquisador italiano Luigi Marzoni. Eles entenderam o valor da nossa uva, o vínculo que temos e acompanharam os nossos potenciais, bem como nossas fragilidades como, por exemplo, sensibilizar Santa Catarina sobre a importância nesta uva para a sociedade, investir em estrutura para elaboração e engarrafamento de espumantes, estimular pesquisas, capacitar para o enoturismo, entre outras”, explica Patricia. Segundo Patricia, os estudantes ficaram surpresos com a valorização dada aos Vales da Uva Goethe através da Indicação Geográfica de Procedência (IP), já que a variedade é originária de um cruzamento com Moscato D’Amburgo, objeto de estudo e pesquisas na Itália.

Patricia Mazon também entregou cartas de intenção aos prefeitos de Conegliano e Valdobbiadene, bem como às associações Trevisani Nel Mondo instaladas nestas cidades. “Senti uma grande abertura para essa aproximação. Me comprometi a receber produtores de uva e vinho do Prosecco aqui em Urussanga. Eles valorizaram nossa uva e tomaram conhecimento dela, podendo agora fazer essa aproximação com novos caminhos. Percebe-se uma abertura para intercâmbios e troca de informações, não somente missões técnicas, mas também tecnológico. Eles especialistas no Prosecco”, frisa.

Para Fabíola Cechinel, ex-presidente do Comvesc, este acordo poderá proporcionar novos projetos. “Este é um trabalho de muito tempo pela Trevisani Nel Mondo, seja de Tubarão como a de Urussanga. Elas foram muito fortes neste âmbito de buscar este pacto de amizade e desenvolver projetos. E sempre que a ideia é boa acontece o resultado positivo e a integração de outras associações. Agregar agora outras entidades, pois as da Itália se abriram e abraçam estas oportunidades. Estamos idealizamos quatro projetos dentro da área de gastronomia. Vamos ver a nossa história ser mantida em nossa região”, finaliza.

Luto: Urussanga se despede do visionário Hedi Damian

Um manto preto com o sentimento de luto e desolamento cobriu Urussanga na noite de terça-feira, dia 27, com a notícia do falecimento de Hedi Damian, aos 89 anos. Ele era referência em diversas áreas nas quais atuou como, por exemplo, cultura, social, empreendedorismo, política e vitivinicultura.

A Prefeitura de Urussanga decretou luto oficial de três dias em homenagem ao cidadão urussanguense. A despedida à Hedi ocorreu na Câmara de Vereadores, que na última sessão prestou um minuto de silêncio e prestou homenagem póstuma ao final do velório. Em seguida, uma missa na Igreja Matriz foi marcada pela emoção, oração, reflexão e reconhecimento.

“Hedi foi o homem que honrou o título de político, empresário, pautado pelos valores como respeito, ética, e o grande compromisso com a cultura. Tinha o vinho em seu sangue. Provocou o renascimento da uva Goethe em Urussanga. E desta forma elevou a identidade cultural de nosso município. Foi incentivador do projeto ProGoethe. E como disse o enólogo Stevan Arcari, agora as vinhas do céu produzirão melhores frutos. Ele é operário da vinha do Senhor. Hedi fez um grande resgate da nossa história preservando documentos, fatos e fotos. E ajudou a alargar as fronteiras de Urussanga através do Gemellaggio. Permanecerá agora o legado de Hedi e um brinde de vinho Goethe em nossas taças.

Ele foi daqueles homens que lutam a vida toda, unindo presente, passado e futuro”, disse em nome da Epagri e ProGoethe, Sérgio Maestrelli. Hedi deixa os filhos Renato, Beatriz e Luciana e sete netos: Mariana, Matheus, Stefano, Júlia, Matteo, Francesco e Maria Laura. A família se completa com os genros Stefano e Augusto e a nora Thais.

“Perdemos um importante nome da nossa cidade. Hedi Damian sempre foi muito ativo na sociedade, demonstrou amor em tudo o que realizou. Lutou pelas causas do município e merece todo reconhecimento pelo o que desenvolveu em Urussanga. Tenho a certeza que deixará não só um legado cultural, mas também de comprometimento com as causas que lutou. Será para sempre lembrado e merece todas as homenagens”. Gustavo Cancelien, Prefeito de Urussanga

 

Um grande urusanguense, pensador, idealizador, projetista. Um grande pai, filho, amigo. Um sonhador, historiador, político, líder nato. Um trabalhador que deixou marcas, inspirou, alertou, registrou e lutou, muito. Um exemplo de homem integral que eu sempre admirei e aprendi muito”. Décio Silva, Vice-Prefeito de Urussanga.

Conheça a história de Hedi Damian

Hedi Damian nasceu em 6 agosto de 1928, na localidade de Rio Carvão, em Urussanga. A origem da família era integralmente italiana. Os avós paternos, Giovanni Damian e Lucia De Bona Marchet vieram casados da Itália com uma  – filha de dois anos. Já os avós maternos, Matteo De Brida e Catarina Feltrin se encontraram apenas no Sul do Brasil.

Hedi era filho de Privato Damian e Catarina De Brida, os quais constituíram família com a chegada dos filhos Elio, Olga, José Hilo e Hedi, o caçula. Órfão de pai e mãe com apenas 5 anos de idade, a família possuía uma pensão na área central. Depois de morar em Santana com o tio Damião, Hedi retornou para o Centro para ficar com os irmãos na pensão onde hoje está localizado o estacionamento da Panificadora Urussanga. Entre 8 e 9 anos, elaborava puxa puxa para comercialização e engraxava sapatos.

Ele estudou no Tibúrcio de Freitas, onde atualmente é o Paraíso da Criança, até os nove anos. Posteriormente ingressou na escola isolada de Rio Carvão. Depois Hedi retornou à escola Tibúrcio. Na inauguração da escola Barão do Rio Branco, fez parte das homenagens literárias recitando o patriotismo com a presença do governador Nereu Ramos. Em 1944, conclui os estudos sendo a segunda turma a se formar na escola nova. Neste período, ajudava o tio Viatore Damian na fábrica de torrefação de café com apenas 15 anos.

O talento exposto por meio de um desenho na escola abriu as portas para uma bolsa de estudos ofertada pelo prefeito Zeferino Búrigo na escola técnica industrial em Florianópolis. Com 16 anos, Hedi se aventurou na Capital, prestou exame e passou. Na escola estudou entre 1945 e 1947 e nas férias vinha para Urussanga trabalhar de balconista na loja de secos e molhados BNichele & Cia. Aos 18 anos foi convocado para servir o exército no Rio de Janeiro. Ele ingressou no Batalhão de Guardas do Presidente da República, que naquele tempo tinha a responsabilidade de proteger o Palácio do Catete, Ministério da Guerra, Arcenal de Guerra e Conselho de Segurança Nacional. Ele serviu de janeiro a outubro de 1948 com o título de Cabo e 3º Sargento da Reserva.

Com 20 anos, Hedi optou por não seguir carreira e retornou à Urussanga. Garantiu emprego fixo na loja BNichele & Cia. Entre 1950 e 1964, atuou na Subestação de Enologia de Urussanga, atual Epagri.

Hedi constituiu família com Amabile Mariot em julho de 1953, sendo os frutos dessa união os filhos Renato, Beatriz e Luciana. Dois anos depois, ele e o sogro Olívio Mariot fundarama Construtora Urussanguensse LTDA, que após algumas mudanças tornou-se a atual Mariot Damian Materiais de Construção.

Ao longo das décadas, Hedi participou da criação da Associação Comercial e Industrial de Urussanga (ACIU), implantou a Vitivinícola Urussanga – Casa Del Nonno, fundou as associações Bellunesi di Urussanga e Veneta SC, Rotary Club de Urussanga e foi protagonista no pacto de amizade (Gemellaggio) entre Longarone (IT) e Urussanga.

Respeito e amor por Urussanga

Com o desejo e a missão de integrar a classe empresarial de Urussanga, o empresário e comerciante Hedi Damian foi um líder entusiasta no apoio ao desenvolvimento sócio-econômico da região através de parcerias e do associativismo.

Em 8 de outubro de 1973, com a intenção de unir e organizar as ações dos setores comerciais, industriais e profissionais liberais de Urussanga, surgiu o conselho deliberativo para formação da Associação Empresarial de Urussanga com dez efetivos e dez suplentes atuando sob a presidência de Hedi Damiani e o vice, Bruno Renato Mariot. Uma história de 45 anos que apresenta muitos nomes e grandes conquistas para a população urussanguense.

Hedi organizou e atuou para buscar aperfeiçoamento e qualificação da mão-de-obra disponível. “Um pessoa entusiasta do associativismo. Desde 1973, nunca se furtou das participações em nossa instituição, inclusive de todas as gestões. Cidadão e empresário atuante, ele estava conosco nesta atual gestão de 2016 a 2018. Nos deixa um legado gigante. Obrigado pelos ensinamentos e toda a dedicação”, salienta o presidente da ACIU, Adroaldo De Brida.

Com uma visão empreendedora além de seu tempo, em 1950, Hedi foi convidado para trabalhar na Subestação de Enologia de Urussanga, hoje Epagri. Até 1964 atuou no serviço de acompanhamento dos primeiros anos de desenvolvimento de videiras, percorrendo os parreirais diariamente.

Hedi, o rotariano que fez diferença

“Dar de si sem pensar em si”. Essa é a expressão que pautou a vidado rotariano Hedi Damian que dedicou quase 60 anos de sua vida aos serviços do Rotary Clube em Urussanga. Não é à toa que essa mesma expressão foi criada por Hedi para ser o lema do Clube, uma de suas paixões e amor pelo trabalho social. Seu comportamento, perfil e compromisso perante aos companheiros, o define como um grande incentivador, conselheiro e homem realizador e empenhado às causas sociais. Quase sócio-fundador do Clube, ele ingressou dois meses depois da fundação da entidade, em fevereiro de 1959.

Através do Rotary Club, Hedi conheceu dezenas de municípioscatarinenses levando as cores da participação comunitária, os projetos do clube e também o vinho urussanguense. As constantes indagações de rotarianos de todo o estado pelo vinho branco de Urussanga, motivou-o a fundar a Vitivinícola Urussanga. Também teve participação ativa e constante na luta por inúmeras bandeiras do Rotary, dentre elas a fundação do Colégio Rainha do Mundo, as campanhas visando o asfaltamento das rodovias SC 108 e Genésio Mazon e a doação do terreno para a construção da sede da polícia militar.

“Seu Hedi era a pessoa mais velha no Rotary. Sempre foi muito atuante. Uma pessoa empenhada em elevar o nome do Clube. Sempre levou muito a sério nosso regimento, um exemplo de disciplina. Todas as reuniões em que ele participava, sempre acrescentava ao nosso conhecimento quando pedia. Nunca era a crítica pela crítica. Era sempre algo positivo e engrandecedor. Um observador, sempre atento ao cenário regional e nacional. Uma pessoa culta e rica em sabedoria e no compartilhamento da mesma”, Stela Maris Talamini, presidente do Rotary Clube de Urussanga.

Ainda entre as iniciativas desenvolvidas e motivadas por Hedi, o Rotary montou uma padaria visando facilitar a alimentação de centenas de crianças órfãs no auge do funcionamento do Paraíso da Criança, bem como o apoio à montagem de uma malharia. Além disso, ergueu o Monumento aos Pioneiros defronte ao Paço Municipal, realizou as campanhas em prol ao Hospital Nossa Senhora da Conceição em benefício das pessoas menos favorecidas na vida e ainda, a entrega de enxovais às crianças recém-nascidas de famílias carentes, ação desenvolvida até hoje pelo Clube através da Casa da Amizade.

Segundo o rotariano, Sérgio Maestrelli a partir de 2005, o Rotary através do incentivo de Hedi assumiu como bandeira o resgate do Vinho Goethe para fortalecer a nossa identidade cultural. “Hedi foi um exemplo de atuação e referência pelas causas sociais. Diante de seu perfill comunitário, ele recebeu o título “Paul Harris” concedido aos rotarianos de todo o mundo que com seu trabalho fazem a diferença em prol do ser humano, que fazem aflorar a diferença numa comunidade. Para Hedi Damian, o Rotary era um eficiente instrumento para consolidar amizades e fortalecer os laços entre todos os homens de boa vontade”, finaliza Maestrelli

Lideranças municipais lamentam a morte de Hedi

Político firme em suas posições e com votação à causa pública, Hedi Damian atuou com zelo e dedicação enquanto representante dos munícipes no Poder Legislativo. Ingressou na vida pública quando eleito vereador de 1970 a 1973, pela sétima legislatura e não recebia salário para legislar. Exerceu neste período a presidência da Câmara entre os anos de 1972 e 1973.

Na vida pública também atuou no cargo de secretário municipal de planejamento em 1989 e foi candidato a prefeito, em 1992.

Amor e paixão pelo vinho

O trabalho na Estação Experimental da Epagri, como funcionário público estadual, ascendeu ainda mais o amor e a paixão pelo vinho. Uma forte ligação com o passado que o fez empreender e fundar a Vitivinícola Urussanga – Casa Del Nonno. As famílias Damian e Mariot foram pioneiras no fim do século XIX, trazendo consigo a paixão pela videira e pela vinificação dos seus frutos.

No ano de 1975 nasce, ao lado do descendente Flávio Antonio Mariot, o empreendimento que apresenta ao mercado uma variação de vinhos e espumantes de elevado padrão de qualidade, dando desta forma, continuidade àquele trabalho com muito amor e paixão, buscados na força exuberante dos seus próprios vinhedos, ratifi cando o que dizia o grande poeta alemão Johann Volfgang Von Goethe: “A vida é muito curta para consumir vinhos ruins”. A tradição familiar ainda está presente na vinícola, hoje administrada por Renato Mariot Damian, filho de Hedi, contando com a assessoria de Matheus Damian, filho de Renato, formando assim, três gerações de amor pelo vinho.

Cultura: o maior legado

É imensurável a herança que Hedi Damian deixou para a cultura de Urussanga restabelecendo também o elo com a Itália. A atuação nesta área tomou força com a fundação da Associazione Bellunesi Nel Mondo Famiglia di Urussanga, em novembro de 1988, na qual foi o primeiro presidente e sócio-fundador.

Em maio de 1978, Urussanga recebeu uma delegação enviada pelo prefeito Gioachino Bratti e também pelo prefeito Giovani Canever, dos municípios de Longarone e Erto e Casso, de onde vieram a grande maioria dos fundadores de Urussanga. Na década 90 ocorreram as primeiras viagens de cidadãos urussanguenses à Itália para conhecer a terra dos seus antepassados.

Mas em 1987, a ida de Hedi Damian foi marcante. Chorando dizia que queria ver todos os seus parentes e gostaria de trazer para Urussanga o espírito que ele sempre conservou dentro de si. Foi a partir deste momento que ele começou a buscar um pacto de amizade entre as cidades de Urussanga e Longarone.

Em 23 de novembro de 1988, na praça de Urussanga, ocorreu o primeiro encontro entre o italiano Marcello Mazzucco e Hedi Damian. “Fomos apresentados e ele me convidou para ir até a vinícola. Conversamos e trocamos muitas ideias. E ele também me disse que tínhamos que fazer algo pelas pessoas, pela nossa gente, nosso povo daqui e de lá. Eu continuei conhecendo a cidade e visitei o cemitério. Ao passar pelo cemitério e sair dele, eu comecei a ter uns sentimentos. Conversando com Hedi fizemos esse acordo de irmandade e foi o que se seguiu pelos quatro anos seguintes até chegar o dia do Gemellaggio, primeiro em Longarone no ano de 1991 e depois em Urussanga no ano de 1992″ recorda.

O pacto de amizade firmado abriu as portas para os urussanguenses trabalhem no exterior, resultando também na conquista de duplas cidadanias e, posteriormente, numa troca de experiências entre estudantes e cidadãos das duas cidades. Após o Gemellagio, em 1993, Hedi também fundou a Associazione Veneta dello Stato di Santa Catarina, com sede em Urussanga, e juntamente com a Dona Ana Maria Mariot Vieira, na época secretária de educação, implantaram a escola de língua italiana Padre Luigi Marzzano.

Hedi Damian também atuou como consultor do Vêneto para o Sul do Brasil, abrangendo Santa Catarina e Rio Grande do Sul, entre 1991 e 1995.

Quer emagrecer? Durma bem

Quando se pensa emagrecer, a maioria das pessoas usa a famosa receita “dieta e atividade física”. Mas há ainda outro importante fator que pode colaborar – e muito – nesse processo: dormir com qualidade. Isso porque é durante o sono que o organismo se recupera das atividades diárias e o ciclo vigília-sono é primordial para o funcionamento do organismo, tanto que a privação do sono está relacionada ao surgimento de várias doenças, como o diabetes e a obesidade.

Para conseguir dormir melhor, é importante se atentar aos principais distúrbios do sono: a insônia e apneia obstrutiva do sono. Cerca de 33% da população adulta mundial apresenta apneia obstrutiva do sono, que são pequenas paradas respiratórias provocadas pelo contato das paredes da faringe, e está relacionada, principalmente, ao aumento dos casos de obesidade e à vida sedentária. Além disso, as mudanças no comportamento e estilo de vida das pessoas, que estão cada vez mais ativas e conectadas, aliadas às preocupações diárias com segurança, saúde e problemas financeiros, vêm elevando o índice de pessoas com insônia: cerca de um terço da população sofre desse mal.

Homens, pessoas obesas, mulheres na menopausa e idosos são os mais acometidos pela apneia. Já a insônia é mais frequente em mulheres e idosos. “A privação do sono ou o sono inadequado trazem sérios riscos à saúde, que incluem redução de atenção e aprendizado, prejuízo da memória, risco de depressão e de acidentes, potencial aumento de hipertensão arterial e infarto de miocárdio, propensão à obesidade e ao diabetes, entre outros”, alerta a neurologista Márcia Assis. “Por isso, é tão importante diagnosticar e tratar esses distúrbios”, completa.

Os principais sintomas são sonolência excessiva, insatisfação em relação à quantidade ou qualidade do sono, ronco, que pode ser acompanhado de pausas respiratórias, e fenômenos físicos como sonambulismo, sonilóquio (fala durante o sono) e terror noturno. “A relação entre obesidade e qualidade do sono é clara. A obesidade pode causar distúrbios do sono e esses, por sua vez, também podem dificultar o processo de emagrecimento. É um círculo vicioso”, esclarece Dra. Salma Ali El Chab Parolin, endocrinologista e diretora da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Paraná (SBEM-PR). Em 2017, foi publicada uma metanálise que demonstrou que trabalhadores do turno da noite apresentam maior incidência de obesidade, se comparados a pacientes que trabalham durante o dia. A provável causa é a alteração no ritmo circadiano (período de 24 horas no qual se baseia o ciclo biológico), responsável pela regulação da secreção de hormônios como o cortisol, a insulina e a leptina.

 

Dia Mundial de Conscientização do Autismo: música auxilia no desenvolvimento

No dia 2 de abril, celebra-se o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. A data chama atenção para o Transtorno do Espectro Autista (TEA), um conjunto de síndromes que se caracteriza por problemas no desenvolvimento da linguagem, nos processos de comunicação, na interação e comportamento social da criança. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), estima-se que, hoje, 70 milhões de pessoas no mundo possuem algum tipo de autismo; no Brasil, esse número chega a 2 milhões. Com causas ainda incertas, o TEA não possui cura, mas os pacientes podem ser reabilitados e tratados para que possam se adequar ao convívio social da melhor forma possível.

Entre as terapias a musica é uma das indicadas para auxiliar no desenvolvimento dos autistas. Segundo a terapeuta ocupacional, Dayane Sanches de Castro, do Grupo São Cristóvão Saúde, estudos mostram que a musicoterapia abre o canal de comunicação em diversos sentidos sensoriais, “além de auxiliar na atenção e autonomia, desenvolvendo suas habilidades de comunicação, cognitivas, motoras e sociais”, completa.

E o Projeto Guri, maior programa sociocultural brasileiro mantido pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, é um desses lugares procurados por responsáveis de crianças e jovens com TEA. O programa recebe jovens de 6 a 18 anos independentemente de qualquer deficiência, síndrome ou transtorno. Segundo pesquisa de perfil dos alunos, dos cerca de 47 mil alunos atendidos pelo Guri, 857 possuíam alguma deficiência. Destes, 8,4% têm algum tipo de Transtorno do Espectro Autista.

“O TEA apresenta uma multiplicidade de gradações. O que quer dizer que cada criança atingida pelo autismo tem características muito particulares que devem ser observadas pelos educadores para o seu melhor desempenho. É por esse motivo que contamos, na nossa equipe pedagógica, com alguns prossionais engajados com o tema”, pontua a gerente pedagógica da Amigos do Guri, Valéria Zeidan.

A trajetória de Maria Clara Oliveira, 11 anos, mostra como a música pode auxiliar no processo de desenvolvimento. Filha única, Maria Clara teve dificuldades com a fala até os 9 anos. Após a investigação de vários profissionais de saúde, a mãe, Maria
de Fátima Oliveira, recebeu o diagnóstico do Transtorno do Espectro do Autismo. Foi a própria filha que se interessou pela música ao tomar conhecimento do Guri, mas a mãe acreditava que a dificuldade motora seria um impeditivo.

Há um ano no Projeto, a aluna de violoncelo do Polo São Roque se esforça cada vez mais para avançar nos níveis de aprendizado. “Faz pouco tempo que ela voltou a falar e ainda assim se comunica com todos no Guri, faz amizade. No começo, ela gritava na aula, era muito hiperativa e tímida. Agora, está centrada, disciplinada e se esforça cada vez mais por conta da dificuldade motora”, comemora Maria de Fátima.

OS 10 MANDAMENTOS PARA PRODUZIR HORTALIÇAS SAUDÁVEIS, MAIS NUTRITIVAS E, EM PAZ COM A NATUREZA

Nas três edições anteriores comentamos sobre as três primeiras recomendações para implantar e conduzir uma horta orgânica: 1. Escolha do local, análise e correção do solo, confecção e preparo dos canteiros; 2.Escolha das espécies, variedades, sementes e mudas de acordo com o tamanho do terreno e a época de cultivo; 3.Adubação orgânica do solo. Nesta edição, trataremos da quarta recomendação importante para o sucesso da horta.

4 – Sistema de semeadura e plantio

Semeadura direta: consiste na semeadura uniforme das sementes em sulcos, no canteiro, na profundidade de 1 a 2cm, utilizando-se marcadores ou sacho, cobrindo-as com a própria terra; pode ser feita também em covas ou em sulcos, sem preparo de canteiros. Como regra geral, as sementes devem ficar enterradas numa profundidade de cinco vezes o seu tamanho.

Plantio direto: consiste no plantio de tubérculos, raízes, rizomas, bulbilhos, ramas, filhotes e estolhos em sulcos, em covas, ou em camalhões, na profundidade de 5 a 10 cm, utilizando-se enxada ou sacho, no espaçamento indicado para cada espécie; pode ser feito também em sulcos, ou em covas, diretamente no canteiro.

Transplante de mudas: consiste na mudança das plantas que cresceram na sementeira ou em recipientes, para o local definitivo em sulcos ou em covas, enterrando-as até à profundidade em que estavam na sementeira ou em recipiente, no espaçamento indicado para a espécie. Deve ser feito, preferencialmente, em dias nublados ou à tardinha para garantir melhor pegamento, principalmente no verão. Quando as mudas são produzidas em copinhos ou em bandejas, o pegamento é de 100%, pois a maioria das raízes estão intactas no torrão formado nesses recipientes. Para retirá-las da bandeja basta umedecer um pouco e bater de leve no fundo.

Plantio direto e cultivo mínimo: o sistema de plantio direto e cultivo mínimo são práticas importantíssimas no cultivo orgânico de hortaliças, tendo em vista que a maioria dos nossos solos estão sujeitos a processos de erosão causado por chuvas intensas, aliado a baixos teores de matéria orgânica. Outra vantagem dessas práticas é o fato do solo estar sempre preparado para semeadura/plantio, mesmo em períodos chuvosos que não permite o revolvimento do mesmo devido a umidade excessiva. Para o plantio direto ou cultivo mínimo, bastar fazer uma roçada utilizando uma foice ou roçadeira manual para áreas maiores e abrir as covas ou sulcos. O plantio direto é um método que não revolve o solo. A camada de cobertura vegetal(adubos verdes ou “mato”) é mantida e se faz apenas a abertura de um pequeno sulco ou cova onde é colocada a semente ou a muda. O cultivo mínimo é a mínima manipulação do solo necessária para a semeadura ou plantio de mudas.

IFSC oferece novos cursos de qualificação em Urussanga

A Administração Municipal de Urussanga por meio da Secretaria de Educação do município e em parceria com o Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) abriu novas inscrições para cursos gratuitos de qualificação profissional que serão ministradas em Urussanga.

São oferecidos os seguintes cursos: NR-10, Soldador, Desenhista Mecânico e Maquiador. “A qualidade do ensino IFSC é comprovada pelo desempenho de seus estudantes onde a maioria já está atuando profissionalmente em suas áreas de conhecimento. Em 2017 foram 87 formandos e para este ano queremos aumentar significativamente este número. Os cursos de qualificação são ofertados na modalidade formação inicial e continuada e são voltados para o aperfeiçoamento prossional em diversas áreas. São cursos rápidos, com cerca de três meses de duração e inteiramente gratuitos. Uma ótima oportunidade para quem quer qualficação prossional”, garante a diretora de educação de Urussanga, Janea Possamai.

As inscrições para os cursos são gratuitas e devem ser feitas pela internet, no endereço sistemadeingresso.ifsc.edu.br . O prazo vai até o dia 8 de abril.

Mais informações podem ser obtidas junto ao Naes (Rua Almirante Barroso, s/n Bairro Das Damas, telefone 3465-3518 ou 99622-3660 com Julia) e na Secretariade Educação de Urussanga (Rua João Maria Cancelier, 85, Bairro da Estação, telefone 3465-1503).

 

Comunidade recebe nova unidade de saúde no Bairro da Estação

A comunidade do bairro da Estação, em Urussanga, participou na noite de segunda-feira, dia 26, da inauguração da Unidade Básica de Saúde Antônio Gonzaga Nunes. O evento contou com a participação de autoridades, comunidade, imprensa e representantes do setor da saúde da região.

“Esta é uma forma de mostrarmos à sociedade o resultado de um ano intenso de realizações. Estamos dando continuidade ao cronograma de dez obras que serão inauguradas no município de Urussanga e que teve início com a abertura da Escola Rosalino de Nez, em Palmeira do Meio. Com esta inauguração estamos demonstrando o quanto Urussanga está investindo em saúde. Somente em 2017, nosso investimento foi de 19,41%. Voltamos com o atendimento dos médicos especialistas, estamos trabalhando com os mutirões para zerar as filas de espera em 2018 por consultas nos especialistas, ampliamos o repasse ao hospital e a inauguração desta UBS só reforça este nosso compromisso com a saúde dos urussanguenses”, garante o prefeito Gustavo Cancellier.

Em setembro de 2013, o município de Urussanga foi contemplado com uma portaria do Ministério da Saúde que autorizou a construção da UBS no Bairro da Estação. A obra que teve início em julho de 2014, foi finalizada em 2018, graças à substituição da empresa vencedora da licitação pela segunda colocada no certame. O local conta com 302,63 M² de área construída e investimentos de R$ 408.000,00, provenientes do Ministério da Saúde e R$ 63.721,40 de contrapartida da Prefeitura Municipal.
“Estamos felizes de contribuir com a saúde das pessoas e acredito que este novo espaço irá facilitar o acesso às pessoas desta comunidade aos serviços desta área. É uma grande honra estamos à frente de uma administração que entrega à comunidade esta importante obra”, garante o vice-prefeito Décio Silva.

A equipe que irá trabalhar na nova UBS, também foi apresentada na noite de inauguração pelo secretário de saúde do município, Ademir Becker. “Estamos buscando fazer a diferença na saúde e melhorar cada vez mais o atendimento aos moradores do nosso município”, garante Ademir.

Campeonato Quaresma – Decisões do masculino e feminino serão realizados neste sábado

Serão conhecidos neste sábado de Páscoa (31), os campeões do Campeonato da Quaresma de Futebol Society de Urussanga, dos naipes masculino e feminino. Os jogos decisivos serão realizados no Poliesportivo do bairro Estação, a partir das 18 horas. A primeira final da noite, será do feminino, entre as Gladiadoras e o Pink Ball. Nas semifinais realizadas no último final de semana, as Gladiadoras venceram o Sky Boards, por 3×2. E, o Pink Ball derrotou o Juventus por 7×3. Mais tarde, às 20 horas, será a vez da final masculina. Uma das equipes finalistas, é o Sem Nome, que na semifinal superou a Ceusa, por 3 a 0. Na final ela enfrentará o Banguzinho ou o Belvedere/ Nova Itália, que jogaram a semifinal na noite de ontem, e que até o fechamento desta edição, o resultado não havia sido ainda divulgado. Nestas nais, caso haja empates, os vencedores serão definidos nas penalidades.

Atleta é destaque em prova regional

Claudio Rodrigues é um dos corredores de rua destaque em competições regionais. No último final de semana, ele garantiu o primeiro lugar geral dupla masculina nos 8 quilômetros da Corrida no Parque, em Capivari de Baixo. Em sua rede social, Claudio afirmou que deve o resultado ao apoio de muitas pessoas e profissionais.

“Conto com o auxílio de competentes profissionais como a equipe do personal trainer Marcelo Zanella, incluindo Jean Carlos Barbosa, da assessoria esportiva F3, de Felipe Costa da Silva, patrocínio da NutriBlue, e apoio da minha esposa Ana Carolina Hammel e dos meus filhos. Quando você aprende a acreditar em você mesmo, tudo começa a ficar mais fácil. O negativismo sempre foi meu adversário. E a cada dia que se passa ele está ficando cada vez mais distante. Hoje posso dizer que te venci”, frisa.

CCTU garante terceiro lugar em SC

Entre os dias 23 e 25 de março, a equipe de tiro ao prato do Clube de Caça e Tiro de Urussanga (CCTU) sediou a segunda etapa do campeonato catarinense de tiro ao prato, que vale também como a 2ª etapa expressa da Liga Nacional de Tiro ao Prato e a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Tiro ao Prato. A etapa foi realizada na sede do Clube de Tiro Josefense, em Governador Celso Ramos, pois a nova estrutura do CCTU ainda não estava disponível a tempo para a realização da prova em Urussanga.

A equipe do CCTU levou o clube ao terceiro lugar a nível estadual, perdendo apenas para Chapecó e Rio do Sul, por nove pratos de diferença. “É uma equipe jovem com muito empenho dedicação ao esporte. E em pouco tempo de participação estar já na terceira colocação nacional demonstra claramente isto. Esperamos as próximas etapas e que com certeza serão novas etapas ganhas”, explica um dos integrantes do CCTU, Johnny Pereira.

A equipe do CCTU conta com os atiradores Aci Zuchinali, Boris Brandão, Clarisdamiane, Cristiano de Souza Costa, Delton Baggio, Edmilson Martins, Giovane Anacleto Corrêa, Ivan Serafin, Janio Francisco Sávio, José Carlos Mayer Wensing, João Darella, Julio Cechinel, Ludson Amaro Bittencourt, Marielen Madeira de Costa, Marcelo Satorno, Marcel Dacoregio Ballmann, Nilton Vicente Porto filho, Raul Antônio Sávio, Rogerio Nichele Rocha, Rogerio Stuart e Tales Godinho. Os atiradores recebem o apoio das empresas Serafin Agromotores, Alumasa, WF Paletes, Minaplast e Infinity System.

Karatê garante vice-campeonato na primeira etapa do estadual

A Equipe Alpha de Karatê de Urussanga cumpriu o objetivo na primeira etapa do estadual série B. No último sábado, dia 24, mais de 30 atletas e o sensei Luiz Fernando Rodrigues da Silva participaram da competição em Blumenau, que contou com aproximadamente 30 associações e academias de Santa Catarina.

Nesta etapa do campeonato, o grupo conquistou o título de vice-campeão geral, somando 234 pontos na categoria kumite (luta). “Pegamos a estrada em mais um ano em busca de representar o município de Urussanga e trazer um bom resultado. E esta nova conquista é sinal de que estamos no caminho certo. Nossa base está vindo tão forte quanto nossos atletas que já trouxeram tantas conquistas para nossa cidade. Nesta competição muitos alunos novatos se saíram muito bem e o nível dos estaduais de nossa federação estão cada vez mais elevados. Obrigado a toda população de Urussanga que torce por nós e vibra a cada resultado. Agradecemos também os patrocinadores, as parcerias e os apoiadores por investirem no esporte”, explica Luiz Fernando.

A Equipe Alpha de Karatê de Urussanga recebe o apoio de WF Madeiras, Isul – Instituto Sul de Línguas, Construtora Sacchet, Barbearia Belvedere, Prefeitura Municipal de Urussanga, DME de Urussanga, Drogaria Estação e Panificadora Urussanga.

Nesta terça-feira, dia 27, o grupo viajou para mais um desafio. Eles estão na disputa do nacional, em Minas Gerais.

Baffone – edição 673

Exemplo a ser seguido

O assunto que abre a coluna de hoje não poderia ser outro. Hedi Damian, que partiu nesta terça-feira, nos deixou muitas lições durante toda a sua vida e tem um legado de exemplo a ser seguido. Hedi também teve uma participação importante na política urussanguense, tendo sido vereador, presidente da Câmara, secretário municipal e candidato a prefeito. Hedi não conseguiu ser prefeito porque era íntegro, era contra a compra de voto. Mas mesmo assim fez mais por Urussanga do que muitos dos que conseguiram se consagrar nas urnas. Talvez essa seja uma das principais lições por ele deixada, de que para ajudar a comunidade não é preciso ser eleito, apenas é preciso ter vontade e viabilizar condições.

CIRSURES

Na terça-feira, 27, os engenheiros do cirsures, Tiago Maragno e Lindomar Cacciatore Jr. receberam os presidentes das associações de moradores de Rio América, Rio Carvão e Rio América Baixo para definir como será a forma de divisão da compensação ambiental. Antes o estatuto previa que era só para a comunidade onde estava inserido o aterro e quem ganhava era o Rio Carvão. Com a alteração do estatuto do consórcio, criou-se um artigo conforme solicitação do prefeito de Urussanga, Gustavo para ampliar e benficiar todas as comunidades próximas ao aterro que sofrem com o impacto, como a de Rio América, Rio Carvão e Rio América Baixo. Esse ano, um valor de 60 mil será dividido entre as três partes. Todos entraram em acordo e poderão usar o recurso para melhorias nas comunidades.

HOSPITAL

A diretoria do Hospital Nossa Senhora da Conceição recebeu o secretário de Saúde do Estado, Acélio Casagrande, o deputado federal, Ronaldo Benedet e o diretor de saúde da ADR de Cricicúma, Fernando De Fáveri, no último sábado na instituição. Segundo o presidente, Arnaldo Bez Batti a expectativa é grande em cima do que foi debatido no encontro tendo como esperança um convênio com o estado de repasse de verbas para os próximos meses. Não há nada garantido, tanto é que até a divulgação do encontro não foi muito grande, pois se tratando de verba pública só se acredita quando está na conta. Até mesmo os deputados mais responsáveis não divulgam mais nada antes de ter garantia real do dinheiro à disposição.

NA PRÓPRIA CARNE

Vereador Deco foi muito feliz quando disse que a exigência de escolaridade mínima deveria valer para secretários e também para vereadores. O Baffone acha a ideia muito boa, mas a constituição prevê que todos podem votar e ser votados, fazendo ressalva apenas para alfabetização mínima.

PARECER REJEITADO

A oposição conseguiu um parecer de inconstitucionalidade na Comissão de Constituição e Justiça quanto ao projeto que baixa a escolaridade mínima para diretores da Prefeitura. A bancada governista e o vereador Marquinhos votaram pela constitucionalidade do projeto, que segue tramitando na casa.

NOME AOS BOIS

Ao final da sessão o suplente, ainda em exercício, Luan Varnier explicou que acha o projeto inconstitucional pelo princípio da impessoalidade, pois segundo o edil as cartas estão marcadas. É só conferir o áudio…

CONSEG

O Conseg tem um novo presidente. Trata-se de Valdecir Casagrande. Alemão ficou no cargo por dois mandatos, tendo ampliado a ação do Conseg e dando grande visibilidade ao conselho. Parabenizamos alemão pelo passado e desejamos sucesso a Casagrande no futuro!

PSD DE JULIO GARCIA 

O PSD de Urussanga participou no último sábado, 24, do ato de filiação de Júlio Garcia ao Partido Social Democrático. A acolhida reuniu centenas de lideranças de praticamente todos os municípios da região, inclusive muitos urussanguenses que apostam na vitória de Júlio Garcia nas urnas, provavelmente para deputado estadual. Júlio Garcia já foi um deputado muito atuante e com grande participação em Urussanga. Nesta eleição, ele volta ao PSD em momento conturbado no partido que tem que decidir se segue na cabeça de chapa ou compõe com seus tradicionais parceiros em uma eleição estadual muito indefinida.

O HOMEM DA MELANCIA

Assim ficou conhecido um vendedor ambulante que vendia batatas e melancias na beira da rodovia em Urussanga depois de jogar várias melancias no meio do asfalto em protesto por não ter obtido o alvará da Prefeitura. Segundo a Prefeitura, o alvará estava em trâmite normal de análise, por ter sido requerido a “apenas” três dias.

SÓ SEMANA QUE VEM

Foi a frase mais ouvida na Prefeitura por munícipes que buscavam serviços antes executados pelos funcionários que foram transferidos para o Parque.

INAUGURAÇÃO

A inauguração da UBS do bairro Estação foi uma bonita homenagem à família de Antônio Gonzaga Nunes, que compareceu em peso e fez jus a grande figura que foi seu Antônio. Para não perder o costume algumas pessoas reclamaram que a prefeitura não os convidou. Dessa vez houveram convites.

BAFFINHOS

– Nesta semana, uma palestra foi realizada aos recicladores da Cooperamerica que teve como tema “Tipos de resíduos reciclados e segurança no trabalho”. Capacitação sempre é bom, em todos os níveis de trabalho.

– Vereador Luan deixa a Câmara e na próxima sessão, o titular Nandi retorna à casa. Luan mostrou muito trabalho nesses trinta dias, demonstrando vontade política de ser titular na próxima.

– Vereador Beto sugeriu ao vereador Nandi que deixasse o suplente Luan Varnier mais um mês na tribuna, deixando claro que o PMDB gostou do estilo agressivo de Luan na tribuna.

– Nunca na história desse país se destilou tanta hipocrisia em discursos políticos quanto na caravana de Lula pelo Sul do Brasil. Lula está condenado e estaria preso se o Brasil fosse um país sério, agora mesmo não tem mais limite para falar besteira.

– Deputado Cleiton Salvaro esteve no Rio América na última sexta-feira, 23, e foi muito bem recebido por ter conseguido viabilizar a reforma do ginásio da escola.

– Reflexão de cunho religioso e pessoal do vereador Braz não agradou muito a outros vereadores, que acham que a Câmara é lugar para debate e não para reflexão.

– Atualização do portal da transparência foi novamente cobrada na Câmara. É lei, tem que cumprir.

– Udo Döhler confirmou aos peemedebistas que segue na Prefeitura de Joinville e não será candidato em 2018. Caminho livre para que Eduardo Pinho Moreira seja candidato. Falam em PMDB unido no estado. Outras siglas estão prestando atenção nos movimentos.

– Já Napoleão Bernardes de Blumenau anunciou a renúncia da Prefeitura no dia 5 e buscará vaga na majoritária de 2018, provavelmente como senador ou vice-governador.

– PDT de Santa Catarina selou apoio a Gelson Merísio para governador. Segundo fontes do PSD Merísio não terá o apoio interno necessário.

– Comissão Central Organizadora da Festa do Vinho está trabalhando e já recebeu elogios por ter chamado as vinícolas para conversar logo no início dos trabalhos.

Núcleo da ACIU promove curso de aperfeiçoamento sobre cervejas

O Núcleo Gastronômico da Associação Empresarial de Urussanga (ACIU) realizou na noite de segunda-feira, dia 26, um curso de aperfeiçoamento sobre cervejas artesanais. A capacitação ocorreu nas dependências da cervejaria Birra Del Nonno, no bairro Pirago. O treinamento foi ministrado por Jeorge Amaral, um dos sócios-proprietários da cervejaria. Participaram do curso profissionais do setor de alimentação como garçons, baristas, atendentes, caixas, gerentes, entre outros. Na oportunidade foram abordados assuntos como conceitos básicos sobre produção de cerveja, estilos Ale e Lagers, escolas cervejeiras, finalizando com harmonizações e degustação.

“O segmento das empresas participantes do Núcleo são da área de gastronomia e por este motivo decidimos focar em treinamentos. A cervejaria Birra Del Nonno é uma associada e por isso idealizamos dar este curso de aperfeiçoamento a estes profissionais e oportunizar mais conhecimento. A intenção é fazer novos cursos em outras áreas. O próximo será sobre vinho e, futuramente, de acordo com a necessidade dos nucleados novos treinamentos serão oferecidos”, explica a secretária executiva da ACIU, Gerusa Fontanella.