Fim de ano leva a momentos de reflexo e planejamento para 2016

Mais um ano est encerrando e o simbolismo deste perodo apresenta o fechamento de um ciclo e abertura de um novo. Por isso, a maioria das pessoas vislumbra no final de ano uma oportunidade de revisar e replanejar suas vidas. Percebo que existe a sensao de obrigao por parte das pessoas de fazerem uma reviso ou planejar o ano novo, e isso pode causar uma sensao de inquietao. Ao invs de ficar com temor do que est por vir o indivduo poder amenizar esta ansiedade fazendo um mapeamento do ano que est terminando e um planejamento para o prximo, explica o psiclogo Alex Cambruzzi (CRP 12/10108).
Quem tiver interesse de realizar uma reviso ou um planejamento pode seguir algumas dicas elaboradas pelo psiclogo. A reviso anual e o planejamento podem ser feitos por meio de uma diviso do ano em dois semestres. Nesta diviso, em cada semestre, a pessoa precisa rever ou planejar os aprendizados, o nvel de realizao profissional (remunerao, ascenso, estabilidade e satisfao), a vivncia afetiva (relao com familiares, amigos e companheiros conjugais) e a estrutura do lazer (momentos de descanso, de divertimento e hobbies).
Este um exerccio. Uma proposta de mapeamento do ano que passou e tambm em relao ao prximo que est por vir. uma maneira das pessoas planejarem o recebimento dos 366 novos dias de 2016, objetivando aproveitarem melhor as novas oportunidades que iro se apresentar. Nesta avaliao, ao invs de focar em aes que no foram realizadas, os indivduos podem enxergar onde pararam de perseguir seus sonhos e quais so as estratgias que iro utilizar para tentar reconquist-los, salienta.
Conforme Cambruzzi, em um prximo momento do exerccio, a pessoa far uma tabela contendo trs colunas com as seguintes descries: metas de curto prazo, metas de mdio prazo e metas de longo prazo. Neste planejamento, ao construir a tabela, o indivduo ir identificar nela quais os objetivos que iro nortear suas aes durante o prximo ano.
Tambm existe um exerccio onde traamos as estratgias para alcanarmos nossos sonhos, onde pegamos os itens e os dividimos em objetivos menores. Focando gradualmente por meio de pequenas conquistas, vamos aproximando a pessoa das metas maiores. Outra ao seria incluirmos na tabela os recursos que a pessoa precisar ter para atingir seus objetivos e a rede de apoio que lhe ajudar na conquista deles. importante ressaltarmos que as pessoas precisam fazer progressos ao invs de ficarem tentando a perfeio, frisa.
O psiclogo pontua que no atendimento no consultrio, as pessoas podero encontrar maior suporte na construo deste mapeamento e planejamento, bem como trabalhar inmeras outras questes emocionais que estejam causando bloqueios e impedindo o avano nas conquistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *