Valor da energia eltrica questionado

A tarifa cobrada pela Empresa Fora e Luz de Urussanga (EFLUL) foi tema de debate na noite de tera-feira, durante a sesso da Cmara de Vereadores. Representantes da empresa foram convocados e atenderam a solicitao do presidente do Legislativo, Marcos Roberto Silveira (PT). Durante uma hora, o gerente da EFLUL, Jander Jos de Agostin, apresentou os dados que justificam o reajuste e aumento da energia eltrica neste ano, que oscilou entre 25,5% e 31,72% nas categorias de consumidores do municpio.
O valor cobrado estabelecido pela Agncia Nacional de Energia Eltrica (ANEEL) e o reajuste j possui regra definida e clculo pronto. Alm disso, a ANEEL oferece subsdios para permissionrias de distribuio como a Cermoful, de Morro da Fumaa, e a Coopercocal, de Cocal do Sul, e esta situao explica o motivo das cooperativas no repassarem o aumento para seus consumidores. No caso da EFLUL, ns compramos a energia da Celesc, frisou.
De acordo com Jander, a tendncia que os nmeros piorem e aumentem devido a poltica do Governo Federal de extinguir pequenas distribudos de energia eltrica. Atualmente, as cooperativas pagam um preo 46% menor pela energia eltrica fornecida para clientes residenciais em relao ao preo pago pela EFLUL e outras distribuidoras similares. Esta diferena de preos repassada aos consumidores das demais distribuidoras que acabam pagando os custos da tarifa mais barata das cooperativas, afirmou. Conforme o representante da Eflul, a falta de chuva em todo o Brasil diminuiu a produo de energia nas hidreltricas, aumentando a dependncia do setor nas termeltricas onde o preo de gerao bem mais alto.
O presidente do Legislativo, Marcos Roberto Silveira (PT), demonstrou preocupao com o alto custo da energia no municpio. Para o vereador, essas distores nos valores criam uma concorrncia desleal entre as cidades, retirando o poder de competitividade das empresas e tornando Urussanga menos atrativa para a instalao de novos empreendimentos industriais. Comparando uma empresa em Urussanga que paga R$ 7 mil de energia, se fosse em Cocal do Sul seria R$ 4 mil. Isso nos deixa preocupado porque o consumidor est pagando esta conta e tambm gerando impacto na economia. Coloco o legislativo urussanguense a disposio da empresa para juntos buscarmos alternativas para diminuio das tarifas eltricas na cidade, finalizou.

Vereadores solicitam segurana na agncia dos Correios

Um requerimento de autoria das bancadas do PT e PMDB solicitando a colocao de um segurana em horrio de expediente da agncia dos Correios de Urussanga, bem como a implantao de portas giratrias equipadas com detector de metal, foi aprovado durante a sesso. Segundo os vereadores, o local no dispe das mesmas estruturas de segurana dos bancos. A solicitao ser enviada a gerente administrativa da Empresa Brasileira de Correio e Telgrafos de Urussanga, Saionara de Ftima Qualioto da Silva, e ao gerente da Regio de Vendas do Litoral Sul Catarinense, Marciano da Silva Vieira.

Saldo da Cmara ser destinado escolas

O vereador Marcos Roberto Silveira (PT) sugeriu ao Poder Executivo a viabilizao de aplicao de R$ 50 mil do saldo de 2014, referente ao duodcimo da Cmara de Vereadores, nas instituies de ensino infantil Srgio Teixeira, no bairro Santana, e Sementinha do Futuro, no bairro Rio Maior. Considero necessria a reforma de toda cobertura do CEI Srgio Teixeira, pois esta se encontra em nvel avanado de degradao e ataque de cupins, tornando o ambiente perigoso. O CEI Sementinha do Futuro necessita de troca das caixarias, forros e de pintura interna e externa, pontuou.

Uso gratuito de espao no Centro Social Urbano sugerido

O vereador Rozemar Sebastio (PSD) sugeriu ao Poder Executivo a viabilizao de estudos para a realizao de um convnio com o Conselho Comunitrio de Urussanga. O objetivo transformar em uso gratuito espaos no Centro Social Urbano como o salo de eventos construdo pela diretoria, a churrasqueira, rea de servio e cozinha. O perodo de utilizao do espao seria de dez anos.

Estilo: homens apostam em bermudas

O vero ainda no chegou, mas os ltimos dias j esto dando sinais de muito calor. Os homens aproveitam as altas temperatuas para deixar um pouco as calas de lado e escolhem as tradicionais bermudas. Elas so sinnimos de conforto e casualidade e so usadas em diversas situaes. Alm disso, a pea acrescenta muito estilo aos homens.
Na hora de escolher, o homem deve optar pela bermuda que mais combina com voc. Se ele deseja um estilo mais jovem e moderno, combine com camisetas e blazer. Se quer estar mais elegante o homem deve apostar em sapato casual e camisas para ser usado de dia ou a noite.
Um estilo que est ganhando espao e caindo no gosto de todos a bermuda com barra dobrada, que deixa o visual descontrado e super jovem.
Cada vez mais homens esto usando bermudas para utilizar durante o trabalho. Alis, de uns anos pra c, algumas empresas adotam no vero o uso da mesma e esto mais flexveis com a roupa masculina. Mas esta situao ocorre de acordo com as normas de cada empresa, profisso ou cargo que ocupa.
Fora do trabalho, use e abuse da bermuda, crie mix de estampas, texturas e ouse um pouco. Confira os estilos que separamos para vocs!

Abertura da Festa em Honra a N.S. da Conceio acontece neste domingo

No prximo domingo, dia 23, acontecer abertura da Festa em Honra Nossa Senhora da Conceio, padroeira do municpio de Urussanga. O evento que tradicional na cidade ter vrias comemoraes at o dia 08 de dezembro. A abertura contar com uma procisso motorizada com sada do Hospital Nossa Senhora da Conceio de Urussanga. Aps, haver Santa Missa com a entrega das imagens para os representantes das comunidades. Sero nove dias de novena, durante os dias 29 de novembro a 07 de dezembro. O encerramento acontece no dia 08, com a tradicional Festa no Centro Comunitrio da Igreja Matriz de Urussanga. Este um momento de agradecer e mobilizar a cidade, diz o Proco Jiovani Manique Barreto.

Candidatos
Os candidatos e candidatas a Rei e Rainha da Festa da Igreja Matriz sero apresentada s 20 horas na Santa Missa que acontece no prximo domingo. As sete crianas participantes j esto vendendo seus votos atravs de rifa. A coroao ser no dia 06 de dezembro, s 21 horas no Centro Comunitrio da Igreja Matriz de Urussanga.

 

OAB realiza reunio itinerante

Dando continuidade ao projeto de realizar reunies itinerantes nas Comarcas que fazem parte da subseo criciumense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a diretoria da instituio realizou mais um encontro, na noite de ontem, no auditrio da Cmara de Vereadores de Urussanga. Contando com a participao de advogados e integrantes do Conselho, a reunio serviu para debater ideias e explanar sobre as conquistas e pleitos da subseo e da seccional da Ordem.
Na oportunidade, o presidente Luiz Fernando Michalak lembrou alguns pontos importantes. Um deles, que atinge diretamente aos profissionais urussanguenses, a construo do novo Frum no municpio. A OAB teve participao destacada na deciso do Tribunal de Justia (TJ) de edificar o prdio. Em breve, ele ser iniciado, dando mais condies de trabalho aos profissionais que aqui atuam. Tambm pleiteamos, junto ao TJ, a vinda de uma fora-tarefa para agilizar o trabalho no atual Frum, conta.
Outro assunto abordado foi a defesa das prorrogativas dos advogados. Posicionamos-nos no sentido de que, sempre que o Estado Democrtico de Direito no for respeitado, defenderemos nossos profissionais, ou quando soubermos de algum ato infracional. Afinal, de forma alguma compactuamos com o desrespeito nossa atividade, comenta Michalak.
O vice-presidente da subseo, Fabio Jeremias, tambm enfatizou, na oportunidade, a construo da nova sede da Ordem, em Cricima. Comportaremos melhor os advogados, que j totalizam mais de 1,6 mil na subseo. Outra novidade que os computadores de todas as salas da OAB foram trocados, tendo em vista que precisamos de agilidade e modernizao na realizao do processamento eletrnico, complementa.
Informaes sobre as atividades realizadas pela Caixa de Assistncia aos Advogados (Caasc) foram levantadas. Campanhas como Novembro Azul, Outubro Rosa e de vacinao tiveram destaque durante a reunio, conforme foi explanado pelos delegados Rafael Brigo Serafim e Rosana Guimares Corra. Jeremias enfatizou, ainda, as propostas e desafios conquistados pela seccional em prol dos associados instituio.
Fazendo uso da palavra, o advogado urussanguense e conselheiro da subseo, Hlio Florentino agradeceu a presena dos diretores. Este um projeto inovador, pela primeira vez recebemos a diretoria da OAB no nosso municpio com uma reunio itinerante. Apesar de sermos interior, foi daqui que nasceram todas as demais comarcas do Sul do Estado. Urussanga tem histria e sempre teve muita importncia no desenvolvimento regional. Por isso mesmo, sentimo-nos honrados pelo reconhecimento e pela presena de vocs aqui, pontua.

Dr. Cirilo homenageado pelo Hospital Nossa Senhora da Conceio

A direo e colaboradores do Hospital Nossa Senhora da Conceio de Urussanga prestaram homenagem ao mdico Cirilo de Castro Faria na noite da ltima sexta-feira, dia 14, na sede da instituio. Neste ms, o profissional completou 50 anos de atuao na entidade hospitalar. Na ocasio, em nome da diretoria, o presidente do HNSC, Arnaldo Bez Batti, agradeceu o mdico pela prestao de servios, dedicao e profissionalismo.

SYSDATA TECNOLOGIA recebe prmio estadual

A empresa urussaguense Sysdata Tecnologia participou da entrega do prmio estadual Top 45 de Marcas 2014, da Master Pesquisas, no ltimo sbado, dia 15, em Florianpolis. A Sysdata conquistou a meno honrosa na categoria Solues e servios de tecnologia para empresas atravs de uma pesquisa de mercado.
O diretor executivo da Sysdata Tecnologia, Srgio Vendramini, recebeu a premiao e dedicou o reconhecimento a equipe de profissionais, aos clientes e colaboradores.
As aes da nossa empresa e dos nossos profissionais, voltadas exclusivamente para atender nossos clientes com comprometimento e qualidade, resultaram nesta premiao. E este prmio evidencia o trabalho que estamos fazendo em territrio catarinense, salienta.

JV inaugura nova sede nesta sexta-feira

Urussanga bem informada. Este o objetivo da atuao da equipe de profissionais do Jornal Vanguarda. Semanalmente, h 11 anos, jornalistas do veculo de comunicao atuam com o intuito de transformar os principais fatos da cidade em histrias interessantes que agradem o leitor.
Aps permanecer dez anos em um imvel reconhecido como Patrimnio Histrico de Santa Catarina, o Jornal Vanguarda presta atendimento ao pblico e elabora as edies semanais do veculo de comunicao em uma nova sede localizada no edifcio Sunshine, sala 306, na Praa Anita Garibaldi. A inaugurao da nova estrutura acontece nesta sexta-feira, dia 21, das 16 s 20 horas.
A proprietria e editora-chefe do Jornal Vanguarda, Maria Luiza Da Rolt, idealizou um projeto estrutural visando melhorar o atendimento aos leitores, clientes e colaboradores e proporcionar uma integrao entre a redao e o setor administrativo. Esta mudana representa no somente um novo espao fsico, mas a expanso da empresa. O mais importante o resultado gerado para nossos clientes e para o nosso pblico, pois todos ganham com uma comunicao de qualidade e construda com profissionalismo e competncia. Vale ressaltar ainda o empenho e o envolvimento de uma equipe capacitada e apaixonada pela informao. Nosso objetivo estar perto de voc leitor, das causas da comunidade, dos momentos mais alegres aos mais difceis. S temos a agradecer a todos os nossos leitores e colaboradores pela confiana. Estaremos esperando por vocs nesta sexta-feira, comemora.

Epagri avalia plantio de tomate em Rio Deserto

Uma reunio tcnica no ltimo ms avaliou a unidade de plantio direto de tomate implantado na propriedade dos agricultores Joo Scremin e Ruth Terezinha, na comunidade de Rio Deserto. Participaram da reunio produtores de tomate de Urussanga e Pedras Grandes, alm de tcnicos da Epagri de Urussanga e da Regncia de Cricima. Na oportunidade, os participantes puderam conhecer a unidade de plantio direto de tomate, analisar o estado das plantas, sanidade e desenvolvimento, bem como discutir aspectos relacionados aos fundamentos do sistema de plantio direto como a produo de hortalias com foco no tomate, a fertilidade do solo e nutrio das plantas. Dentro deste trabalho esto previstas a implantao de unidades de plantio direto de tomate em outras propriedades de Urussanga para se ter mais informaes sobre o sistema em diferentes condies. A avaliao do plantio direto foi muito positiva. Pude notar a diferena para melhor o desenvolvimento das plantas, sanidade e reduo na aplicao de adubos qumicos e produtos necessrios para o controle de doenas, pontuou a agricultora, Ruth Teresinha.

Advogado urussanguense lana LIVRO DE POESIAS

O advogado Mauro Felippe prepara para o dia 9 de dezembro, em Urussanga, o lanamento do livro Nove: Poesias, Reflexes e Crnicas. O primeiro livro do autor ser apresentado em um grande evento cultural, com a valorizao do talento de artistas locais: artesos, escultores, pintores, bordadeiras, msicos, cantores e escritores, alm de personalidades e convidados especiais de vrias regies do pas. O local escolhido foi o Centro Comunitrio da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceio, com solenidade prevista para s 20 horas. O evento ser aberto ao pblico em geral, com entrada gratuita.
O livro uma produo independente do advogado e ter os recursos arrecadados com a venda, na noite do evento, revertidos para entidades beneficentes a serem escolhidas na regio. A publicao conta com 400 pginas e cerca de 200 poemas, todos com base no cotidiano, no relacionamento humano e suas questes interpessoais, com foco no lado vivencial positivo. Entre os textos, ilustraes vo ajudar o leitor a compreender o imaginrio do escritor.

Reflexes inspiradas na profisso

Mauro Felippe comeou a escrever cedo, com 16 anos, em uma fase de conflitos adolescentes. Foi para a universidade acompanhado do inseparvel caderno de poesias, no qual produziu, naquela poca, cerca de 150 textos. Alguns podero ser lidos em Nove, cujo nome foi inspirado em datas marcantes da vida de Mauro e seus familiares, sempre relacionadas com o nmero.
Mas a grande inspirao para escrever veio da profisso, o Direito, em que completa 21 anos de atividades, em dezembro. O intermdio dos mais diversos conflitos influenciou seu modo de ver, pensar e se relacionar com a vida. Com um jogo de palavras inteligente e penetrante, o autor consegue, ao mesmo tempo, ser sagaz e sensvel. A filosofia e a psicologia despertaram meu interesse na busca pela compreenso do comportamento humano. Com pitadas de romance, minha poesia traz crticas construtivas ao modo como vivemos, lidamos com receios e encaramos conflitos, explica Felippe.

Noite de autgrafos

Na semana aps o lanamento oficial de Nove: Poesias, Reflexes e Crnicas, em Urussanga, Mauro Felippe vem a Cricima para uma noite de autgrafos na Livraria Ftima, no dia 17 de dezembro, s 19h30min.

Associados aprovam chapa da prxima diretoria da CDL

Nota

Associados da Cmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Urussanga se reuniram em uma assembleia geral ordinria na segunda-feira, dia 17, para participarem de uma eleio por aclamao. Na oportunidade, comerciantes homologaram a nica chapa inscrita para administrar a entidade no binio 2015/2016.
Devido aprovao, Sheila Bosa ser a nova presidente da entidade nos prximos anos. Sheila j participava da entidade como diretora financeira na gesto de Amarildo de Brida. A apresentao da nova diretoria aos associados e posse dos membros dever ocorrer no dia 7 de janeiro de 2015.
Alm da presidente, a diretoria da CDL de Urussanga conta ainda com a participao dos profissionais Wilian Bonomi, como vice-presidente, Aires Frozi, diretor financeiro, Jamile Duarte, secretria, Angela Bosa, diretora de SPC, Amarildo De Brida, Douglas Dassoler e Marco Antonio Apolinrio, como titulares do conselho fiscal, e Eduardo Brighente, Luiz Fernando Serafin e Marlon Bez Batti, como suplentes.

Recomendaes gerais para cultivo de hortalias orgnicas Parte XIX – Manejo das principais pragas

A maior parte das pragas ataca geralmente na primavera, estao do ano de fertilidade e de grande atividade na natureza. Plantas saudveis produzidas em ambientes equilibrados, normalmente so menos atacadas por pragas. Em ambientes desequilibrados, as pragas podem causar vrios danos nas plantas, alm de favorecerem o surgimento de doenas, principalmente as fngicas. Neste caso, quando as medidas preventivas, o controle mecnico e cultural no tenham sido suficientes, pode-se utilizar os produtos alternativos naturais (inseticidas e fungicidas caseiros), mas somente quando realmente for necessrio. Lagarta rosca – corta as hastes das plantinhas rente ao solo. So escuras, enroscam-se quando tocadas e, durante o dia, ficam escondidas no solo prximo planta cortada; para encontr-la e destru-la, basta cavar o solo ao redor da planta cortada cerca de 10 cm de profundidade. Brocas – os adultos so pequenas borboletas que pem os ovos nas plantas, originando pequenas lagartas que se introduzem nos frutos em formao. Grilos – cortam as plantinhas ainda pequenas noite e se escondem em tocas profundas no solo, especialmente quando esse no revolvido a cada cultivo (plantio direto). Como controlar lagarta rosca, brocas e grilos? O cultivo de abobrinha caserta (abobrinha de moita) atrai as brocas que atacam principalmente o pepino, devendo-se tomar o cuidado de elimin-la quando muito atacada para no haver disseminao. O preparado com pimenta malagueta (Capsicum spp), alm de controlar a lagarta rosca e grilos, tambm controla vaquinhas, pulges, cochonilhas e paquinhas. Preparo: coloque a pimenta em uma vasilha e soque-a at triturar bem. Cubra com gua e deixe em repouso durante 24 horas. No dia seguinte, mexa bem e coe para no entupir o pulverizador. Pulverizar as plantas atacadas, utilizando 1 colher de sopa para 1 litro de gua.

Agentes de Sade recebem novos uniformes em Urussanga

Os Agentes Comunitrios de Sade (ACS) receberam da Prefeitura de Urussanga os novos uniformes para visitar as casas no municpio. Os 50 colaboradores que atuam na funo de cuidar da sade das pessoas ganharam uma nova camiseta, cala, bon, colete, alm da balana digital para auxiliar nos trabalhos. Queremos padronizar o trabalho na sade comeando pela facilitao na identificao dos agentes, comentou o prefeito Johnny Felippe.
Segundo a secretria da Sade, Maringela Dal B, a balana digital entregue aos profissionais vai facilitar na pesagem das crianas acompanhadas pelo Sistema de Vigilncia Alimentar Nutricional (Sisvan). Os dados colhidos pela balana vo fornecer uma base para as decises no planejamento e gerenciamento de programas relacionados com a melhoria dos padres de consumo alimentar e do estado nutricional em Urussanga, disse.

Governo Municipal de Urussanga lana programa de melhorias e obras

O Governo Municipal de Urussanga ir lanar o novo programa de melhorias e obras com investimentos de mais de 25 milhes de reais realizado pela Prefeitura, em parceria com o Governo Estadual e Federal. A apresentao do programa aos urussanguenses ser nesta quarta-feira, 26/11, s 20h, no restaurante San Genaro do Parque Municipal Ado Cassetari Vieira. No pacote de obras inclui pavimentao de ruas, revitalizao do terminal rodovirio, construo de unidades de sade, ampliao da capacidade de distribuio de gua, entre outros.
Muitas destas obras j esto em fase de concluso e vo ser entregues ainda este ano. um presente de natal antecipado que vai causar impacto no municpio e melhorar a vida de muitas pessoas, comentou o prefeito de Urussanga, Johnny Felippe.
um momento nico para os urussanguenses conhecerem as obras realizadas na cidade, e uma forma da administrao municipal prestar contas do que est fazendo para resolver os problemas da populao, completou o vice-prefeito Luiz Henrique Martins. As primeiras inauguraes no cronograma de obras da Prefeitura incluem os bairros Estao, Rio Salto, Rio Barro Vermelho, Centro, Morro da Glria, De Brida, Nova Itlia, Santana, Bom Jesus e Rio Amrica. Alm das melhorias inseridas no lanamento do programa do Governo Municipal, Urussanga se prepara para o incio do Natal Encantado realizado pelo Ministrio do Turismo em parceria com a Prefeitura.

III Mostra Cultural agrada o pblico e revela talentos em Urussanga

Pais, alunos, professores e a comunidade em geral lotaram a Sociedade Recreativa para acompanhar a III Mostra Cultural, nesta quarta-feira, 19/11, promovida pelo Governo do Municpio de Urussanga. Mais de 100 alunos participantes das oficinas culturais da Secretaria de Educao, Cultura e Desporto se revezaram com apresentaes no palco para mostrar o conhecimento adquirido nas aulas de msica e teatro.
A dona de casa Leda Durante levou sua neta de quatro anos, Marina Meneghel, para prestigiar o evento e ficou maravilhada com o desempenho das crianas na pea infantil Sem p, nem cabea que abriu a III Mostra Cultural. Como bom ver estas crianas gostando de teatro to cedo. J trouxe a minha neta para estimular o bom gosto pela cultura tambm, comentou.
Segundo a coordenadora do Departamento de Cultura, Maria Aparecida, foram meses de ensaio e aprendizado para expor o trabalho na III Mostra Cultural.
uma alegria ver os alunos colocando em prtica aquilo que aprenderam nas oficinas culturais. Ver o pblico marcar presena em peso para prestigiar os nossos talentos serve de estmulo para que este trabalho prossiga e seja reforado, conta.
Alm da pea Sem p, nem cabea, tambm foram apresentadas Sorria e Hoje tem espetculo no pas dos preguetes envolvendo a participao de crianas e adolescentes de sete a 16 anos, com a coordenao de Nichele Antunes. J a apresentao musical teve a participao de jovens e adultos com instrumentos de acordeo, violo, piano e teclado. Durante as apresentaes, houve exposio de trabalhos dos artesos de Urussanga.

Decorao de natal ganha forma e cor em Urussanga

Um lao amarrado aqui, outro presente colocado ali, um retoque na pintura l e assim os colaboradores intensificam os trabalhos para deixar o cenrio pronto para o Natal Encantado, que comea no domingo, 30/11, s 19h30 em Urussanga. O evento promovido pelo Ministrio do Turismo com a participao da Prefeitura de Urussanga vai trabalhar este ano com o tema ldico, trazendo brinquedos e guloseimas que relembram o sabor da infncia.
Quem estiver no sul de Santa Catarina, pode colocar Urussanga no roteiro de visitas que sair da cidade profundamente encantado. Vamos ter uma extensa programao de natal e um dos cenrios natalinos dos mais bonitos j vistos na regio, destacou o prefeito Johnny Felippe. Segundo Felippe, a ideia do Natal Encantado resgatar o esprito natalino, de celebrao da vida e reafirmao de valores universais, como fraternidade, respeito e solidariedade, alm de buscar integrar aes para fortalecer o comrcio e o turismo na cidade.
De acordo com o secretrio de Planejamento, Jorcio Zuchinalli, diversas atraes artsticas e culturais tambm vo fazer parte do calendrio deste evento.
O pblico que prestigiar o Natal Encantado em Urussanga vai contar com uma rica programao envolvendo corais, grupos de danas, artistas das escolas de msica do municpio, grupos musicais e outros talentos provenientes das cidades vizinhas, declarou.

Condutor foge aps abastecer a moto

No ltimo domingo, 16, um jovem de iniciais E.J.N., de 22 anos, foi abastecer em um posto de combustvel de Urussanga e fugiu sem pagar a conta. Como a placa do veculo estava coberta, os funcionrios do Posto no conseguiram registrar, porm, chamaram a Polcia Militar de Urussanga que atravs das cmeras de segurana localizaram a direo em que o condutor estava indo. Aps a perseguio, E.J.N. foi encontrado perto da cidade de Orleans. O jovem foi encaminhado para a Delegacia de Polcia Civil da Comarca de Urussanga e encaminhado ao Presdio Santa Augusta de Cricima.

Autor de invaso em residncia condenado

Em maio do ano passado, D.R.N. invadiu uma residncia, abordou a vtima A.D.S. e mediante o emprego de violncia desferiu diversos golpes contra a vtima para roubar objetos no local.
O acusado D.R.N. confessou espontaneamente a prtica do delito. Com base nesta prova, no incio deste ms, a Juza de Direito Dra. Bruna Canella Becker Brigo, julgou parcialmente procedente e condenou o ru D.R.N. a pena de seis anos e seis meses de recluso, em regime fechado, alm do pagamento de 60 dias-multa, pela prtica do crime de roubo.

Acusados de roubo em farmcia so julgados

No ms de janeiro deste ano, trs indivduos foram presos aps roubarem R$ 1,3 mil e produtos em uma farmcia no bairro Estao. Em novembro, o Ministrio Pblico, por meio do juiz substituto Dr. Rodrigo, julgou procedente a punio e condenou o ru C. C. S. a pena de cinco anos, sete meses e seis dias de recluso, no regime inicial semiaberto, mais pagamento de 14 dias-multa.
O julgamento tambm condenou o ru D. de O. G. a seis anos, oito meses e 19 dias de recluso, no regime inicial fechado, mais pagamento de 14 dias multa e a r J. V. a pena de seis anos, seis meses e 12 dias de recluso, no regime inicial semiaberto, mais pagamento de 15 dias multa. Foi concedido r J. o direito de recorrer em liberdade, visto que respondeu ao processo solta.

Executores de tentativa de homicdio so condenados a seis anos de priso

O Ministrio Pblico realizou, no incio deste ms, no Frum da Comarca de Urussanga, uma Sesso Ordinria do Tribunal do Jri referente tentativa de homicdio ocorrida na cidade no dia 9 de fevereiro de 2010. Na poca, o acusado L. R. I., foi contratado pelo outro acusado M. P., mediante pedido do co-autor dos fatos I. Z., para matar F.P.Z. Segundo depoimentos, os acusados teriam se dirigido ao estabelecimento comercial onde trabalhava a vtima e desferiram trs disparos de arma de fogo, dos quais dois atingiram a regio abdominal e o brao esquerdo da vtima.
Em um julgamento anterior, L.R.I. e M.P. foram absolvidos. Aps recurso do Ministrio Pblico, o Tribunal de Justia acatou a tese de que o julgamento seria manifestamente contrrio prova dos autos, determinando a realizao de novo Jri. Na oportunidade, no incio deste ms, o acusado L. R. I. insistiu em suas testemunhas, as quais no foram localizadas e por isso foi determinada a realizao da Sesso do Jri apenas para o acusado M. P. e redesignado o Jri para julgamento do crime imputado ao acusado L. R.
O conselho de sentena composto pelos jurados reconheceu a prtica do crime de homicdio duplamente qualificado tentado, na forma da denncia. O ru M. P. foi condenado ao cumprimento da pena de seis anos e nove meses de recluso, em regime inicialmente semiaberto, cuja sentena ainda no transitou em julgado.

Baffone

Programa
O Governo de Urussanga ir lanar na prxima semana um pacote de obras em todas as reas. Sero R$ 25 milhes em investimentos que j esto em andamento ou sero executados. Urussanga um dos municpios da regio que mais receberam recursos dos governos federal e estadual. Ponto para o empenho da Administrao!

Recurso
O Cirsures de Urussanga trabalha para conseguir um recurso para a aquisio de mais um caminho para a coleta seletiva no valor de R$ 200 mil. O presidente do Cirsures, prefeito Ademir Magagnin juntamente com o ex-deputado, Ruberval Pilotto esto intermediando a verba com o deputado Esperidio Amin. O recurso tem tudo para dar certo…

Livro
Fiquei lisonjeado essa semana ao ver o livro confeccionado pelo Sebrae e INPI que tem como ttulo Indicaes geogrficas Brasileiras. Um belo trabalho que traz em suas centenas de pginas os Vales da Uva Goethe. O livro foi apresentado durante o Congresso Brasileiro de Indicao Geogrfica e conceitua nosso produto em nvel de Brasil.

Vinho
Em por falar em vinho e uva, em comemorao aos 50 anos da Unisul, a universidade mandou fazer garrafas de vinho alusivas data. A uva, de Brao do Norte, foi transformada em vinho na Estao Experimental da Epagri em Urussanga.

Complexo esportivo
Prefeito Johnny apertou a empreiteira responsvel pelo Complexo Esportivo, no bairro Estao, nos ltimos dias. Alguns trabalhos no local j foram feitos, como a compactao do terreno. O prefeito quer agilidade e nisso ele tem total razo. As obras iniciam com tudo nos prximos dias e a empresa ir realizar simultaneamente trs frentes de trabalho, como a construo da pista de skate, campo de futebol e a quadra esportiva.

Caf
Esse trio de mulheres talentosas e de tirar o chapu de Urussanga so s alegria. Mais uma vez, elas inovam e trazem o melhor do caf e suas variedades, alm de alimentos frescos. Tudo feitinho na hora como tapioca, pastel, quibe, entre outros. Delcias mesa tambm na hora do caf. Vale a pena conferir e valorizar. De tera a sbado, das 8h30 s 19h e aos domingos, das 13h s 19. Parabns Dona Rosa, Leke e Amanda e muito sucesso!
Estrada
A situao das estradas de interior continua ainda sem receber a ateno devida do poder pblico, contudo a equipe est na ativa e realizando os trabalhos. O fato que falta maquinrio para atender a demanda e final de ano sempre um momento de conter gastos. Por esta razo no h possibilidade de se contratar terceiros. Contudo, a boa notcia que o Governo Municipal j planeja a atuao para atender as estradas de interior em 2015. Segundo o prefeito, esse servio ter total ateno. A situao da barreira de areo j est praticamente normalizada e ele espera adquirir uma patrola com recurso do Governo Federal.

Venda de terrenos
A venda de trs terrenos pelo Governo Municipal voltou a ser assunto na Cmara. A oposio s ir aprovar o projeto se o investimento for para uma rea industrial. Tudo bem, eu tambm acho que um timo investimento para a gerao de renda. Mas concordo com a ideia da atual administrao em investir na cultura e turismo. A inteno utilizar parte do dinheiro na compra de um imvel tombado: o casaro Nichele. O que eu sou de total acordo. transformar esta casa em um Centro Cultural integrando a revitalizao da Praa Central e a Biblioteca Pblica que passar a ser onde hoje o Cras. Acho que os vereadores tem que rever essa ideia, porque s o Poder Pblico capaz de dar um destino certo para aquele patrimnio histrico. Ainda est no planejamento, construir uma ponte atrs do casaro sobre o Rio Urussanga que ligar uma rua na outra. Louvvel e nossos edis tambm tem que ter a noo de que turismo e cultura tambm negcio e oportunidade de emprego na cidade.