Objeto desconhecido assusta moradores de Urussanga

Um objeto, aparentemente explosivo, encontrado por um jovem na noite de sbado, dia 07, no Centro de Urussanga, por volta das 21h30min, mobilizou policiais do Batalho de Operaes Policiais Especiais (Bope) e tropa de elite da Polcia Militar. O grupo de segurana se deslocou de Florianpolis a Urussanga entre a noite de sbado e a madrugada de domingo, para eliminar o artefato.
A guarnio da Polcia Militar de Urussanga foi a primeira a chegar no local, realizando o seu isolamento. Seguindo o procedimento operacional padro da PM, a equipe acionou o Peloto de Patrulhamento Ttico (PPT) de Cricima, que acompanhou a ao, fotografou e enviou a imagem por e-mail ao Bope, que se deslocou at Urussanga.
Perto das 3 horas, a viatura do Bope chegou cidade. O artefato foi analisado, porm no foi possvel identificar a substncia contida. Para segurana da populao, ele foi encaminhado dentro de uma mala para uma regio afastada, no bairro Pirago, onde foi realizada a destruio do mesmo. O procedimento levou aproximadamente meia hora e contou com o apoio de seis policiais militares de Urussanga.
Segundo o Capito da Polcia Militar da 2 GEIC, Sandi Muris Medeiros Sartor, foram vistos objetos semelhantes sendo jogados nas ruas no 7 de setembro atravs das cmeras de segurana, no sendo possvel identificar em que momento este artefato foi deixado devido a movimentao de pessoas no local. Constatamos se tratar de uma granada de festim, ou seja, um detonador de papis que foi utilizado durante o desfile cvico. O que preocupou aparentemente foi a base do artefato. O objeto era um simulacro de uma granada utilizada pelas foras militares, explica.
Outro artefato tambm foi encontrado por um menino de 11 anos durante o desfile que ocorreu na cidade, no ltimo sbado, dia 7. O objeto foi identificado como uma granada de festim, utilizado para a exploso de confetes. A me do menino, ao ver as notcias nos jornais e redes sociais identificou o produto como semelhante ao artefato que era divulgado. Logo aps, a me ligou para a Polcia Militar de Urussanga e informou sobre o objeto que foi recolhido pela PM e detonado em um local isolado. De acordo com o Capito, os dois objetos encontrados podem ter a mesma procedncia. A aparncia pode confundir as pessoas e na dvida o melhor a se fazer acionar a polcia. Contudo, o detonador de papel de confetes s oferece riscos se utilizado incorretamente. Se a pessoa que fizer a detonao no souber faz-la, ela pode sofrer leses, explica.

O que uma
bomba caseira
A bomba caseira um artefato explosivo feito por um popular, que contm uma mistura de elementos qumicos que reagem causando uma exploso, onde pode conter vrios objetos dentro, como por exemplo, pregos. Uma granada caseira no pode ser identificada, pois pode ter vrios formatos e tamanhos. Percebendo que existe a possibilidade de um objeto haver algo que possa explodir, pode-se estar diante de uma bomba caseira, explica Capito Sandi. Essas granadas geralmente so colocadas em embalagens de vidro, com produtos qumicos dentro, que reagem aps a quebra do vidro ou contato com fogo.
As bombas tradicionais possuem mecanismos de segurana para sua exploso, e os elementos so dosados para os mais diversos tipos de granadas, como a de gs lacrimogneo, gs pimenta, efeito moral, para locais fechados e abertos, sendo que o uso equivocado tambm pode causar danos no desejados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *