Baffone

Sindicato
A primeira Assembleia do ano do Sindicato dos Servidores Pblicos de Urussanga foi meio tumultuada, disseram algumas lnguas. Mas aqui fao uma pausa para o que realmente importa: a pauta do encontro. Os servidores este ano iro lutar pelos 100% do INPC mais ganho real, plano de carreira para cargos e salrios dos funcionrios (reivindicao antiga dos funcionrios), piso mnimo, manuteno do abono de frias, vale alimentao, formao continuada, bolsas de estudo (graduao e especializao), entre outros. Uma anlise jurdica est sendo feita em cima das propostas para, na sequncia, serem encaminhadas ao Executivo. Discusso que ser o assunto da prxima semana.

PT
Dcio Lima, Deputado do PT da regio de Blumenau, garantiu o valor de R$ 250 mil, por meio de emenda parlamentar a Urussanga. Recentemente, o vice-prefeito Luiz Henrique Martins esteve em Braslia onde aproveitou para estreitar os laos com o deputado. Esta mais uma conquista para o municpio que ir utilizar o recurso para a rea de infraestrutura. Nesta quarta-feira, durante entrevista na rdio Marconi, o vice-prefeito aproveitou para motivar os vereadores, indiferente de partido, para que busquem recurso junto a seus deputados para a cidade.

Exonerada
Explicamos, na ltima semana, o caso das palavras mal interpretadas do vice-prefeito por parte de uma funcionria da sade. O fato repercutiu na cidade de tal forma que foi concludo com punio, e das mais severas. Ele culminou na exonerao da enfermeira do ESF de Palmeira do Meio.

Abaixo-assinado
O encaminhamento administrativo da Secretaria de Sade com relao a enfermeira que atuava h 11 anos na unidade de sade causou revolta por parte de algumas pessoas da comunidade que utilizaram at a Rdio Marconi para protestar. Um abaixo-assinado tambm estaria sendo organizado para que a profissional continue na Unidade de Sade. Ao que tudo indica, a secretaria no ir voltar atrs.

Nova Secretria
Aps trs meses da nova gesto em Urussanga, Lucir Zatta nomeada a nova secretria de Administrao do governo de Johnny Felippe e Luiz Henrique Martins. At ento, quem respondia pela pasta era o secretrio de Infraestrutura Jorcio Zucchinalli. No atual governo, quatro dos cinco secretrios fazem parte do efetivo da Prefeitura. Lucir trabalha h 18 anos no setor administrativo do poder pblico municipal. Lucir, parabns e sucesso neste novo desafio. Ela com certeza uma das mulheres que far toda a diferena, afinal de contas, a sua competncia indiscutvel.

Central fechada
Chegou a este colunista que desde Janeiro deste ano, a Central de Turismo no abre suas portas nos finais de semana e feriados. Pessoas querem saber dos motivos, j que so nos finais de semana e feriados que a Central tende a fazer toda a diferena quando o assunto turismo. Esta uma contradio para uma cidade que deseja ser um plo turstico. Atentti!

Alvars
A polmica dos alvars, continua rondando as ruas da cidade. Espero que resolvam esta questo para o prximo ano, j que os valores realmente foram um despropsito ao contribuinte. s comparar com os valores do ano passado e e constatar.
Literatura
Quero estender aqui, com todo respeito e admirao, os parabns escritora Silvia Vidoto que assumiu como presidente da seccional de Urussanga da Academia de Letras do Brasil. Pessoa simples e talentosa que com certeza far um belo trabalho em prol da literatura em nosso municpio. Um exemplo de que a Academia, que tida como elitizada, est caminhando para a valorizao dos nossos escritores como um todo.

PEC 37
Parece que querem criar a ditadura na investigao da criminalidade. Prestei muito ateno nas palavras dos Promotores durante a audincia que tratou sobre a Campanha contra a PEC 37do Mnistrio Pblico. Se realmente assim for um despropsito e desrespeito do Congresso Nacional a aprovao deste projeto. Os delegados do Brasil dizem que a PEC no probe a investigao do MP. Agora se proibir, coitado do Brasil… Iro acabar com o pouco da seriedade que ainda existe nas investigaes deste pas. E no esqueam: as polcias so rgos ligados ao Poder Executivo e a Promotoria no tem mandato poltico. E o controle externo da polcia? A polcia ir investigar ela mesma?

E a maternidade?
O Governo do Estado, por meio do vice-governador, Eduardo Pinho Moreira garantiu um convnio de R$ 3 milhes para o trmino das obras no hospital Regional Santa Catarina. O valor ser pago em nove parcelas de R$ 333 mil a partir deste ms. E a pergunta : e a maternidade do Nossa Senhora da Conceio? Alm disso, um convnio de R$ 9 milhes ser assinado pelo Governador e o valor ser destinado ao Hospital So Jos. Enquanto isso, a maternidade continua fechada para o atendimento via SUS. A diretoria perdeu a esperana de conseguir algo por meio do Governo Estadual e alimenta uma luz no fundo do tnel com o Poder Municipal e a aprovao da PEC em nvel federal.

Do Leitor
Estava fotografando a regio de Rio Caet domingo de manh com meu filho quando ele avistou um enorme pneu sob a ponte prxima bela igreja. Foi algo no muito agradvel nem bonito de se ver. No bastasse o rio poludo, ainda tem gente que faz dele um depsito de lixo e poluio visual.
E a reciclagem? E o amor natureza? Assim nosso municpio vai demorar a se tornar um plo turstico. Registrado e acatada as palavras de indignao. Realmente uma falta de respeito e ignorncia!

Druzio Varella
Com o tema Qualidade de Vida na Infncia, Meia Idade e Melhor Idade, o mdico, escritor e apresentador Druzio Varella, profere palestra na prxima segunda-feira, dia 22, s 20 horas, no Teatro Elias Angeloni, em Cricima. A realizao do evento uma parceria entre Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina (Alesc), Amrec, Betha Simplescidade e Eyecomm Comunicao e Eventos, e faz parte do ciclo de palestras Grandes Nomes um grande nome no centro de tudo. Os interessados podem adquirir os ingressos na Alcidino, do Shopping Della, ou pelo telefone (48) 3433-4813.
PMDB
Os membros da Executiva Estadual do PMDB se reuniram esta semana em Florianpolis. O aniversrio de 47 anos do PMDB catarinense foi pauta da reunio. Uma Sesso Especial est sendo organizada para o prximo dia 22, pela bancada estadual, com apoio do Diretrio do partido em Santa Catarina. Ex-governadores e lideranas indicadas pela bancada estadual recebero homenagens.

Coloca na agenda
O Procurador da Repblica, Darlan Dias, estar em Urussanga no dia 21 de maio para debater sobre as reas degradas pelo carvo no municpio, bem como os investimentos que devero ser feitos a partir de agora em todo o pas para a recuperao ambiental. Vale a pena se fazer presente.

Hora Extra
Senhora bem conhecida na cidade, moradora do centro, protocolou uma ao contra o Bar Hora Extra, a sensao do momento no municpio. Outro fato que tambm ir repercutir o abaixo-assinado que est sendo realizado em favor da abertura do bar na cidade. Sou totalmente favorvel a abertura do bar, mas que tambm se chegue a um consenso com a moradora, para acabar de vez com essa falao.

Esgotado
Lamento informar, mas os ingressos para o cover argentino dos Beatles esto esgotados. Grande Bicudo. Mais uma noite de sucesso e para ficar na histria. Depois deste, s se preparar para o cover do Elvis em novembro.

Frias
Delegada de Urussanga tirou frias de um ms. Quem est no comando da Delegacia o delegado de Lauro Mller, que ir responder pelos dois postos. Portanto, a delegada no se desligou da cidade, continua sendo a titular. Mas se encontrar um substituto para a funo, assim o far.

Com a moral
Santa Catarina escolheu no incio desta semana no Globo Esporte, o melhor gol dos jogos do catarinense disputados no final de semana. O gol do Lins, do Cricima, na voz do narrador da rdio Marconi, Joel Bernardes, foi o selecionado. A divulgao aconteceu em cadeia estadual. Parabns!

Urussanga receber etapa do Campeonato Catarinense de Tiro Prtico

Atiradores de Santa Catarina e do Paran intensificam os treinos nos prximos meses com o intuito de participar das etapas do Campeonato Catarinense de Tiro Prtico. Nos dias 1 e 2 de junho, Urussanga receber a quarta etapa do campeonato. O Clube Caa e Tiro, localizado no bairro Pirago, ser o local de realizao das provas.
Segundo o presidente do clube, Johnny Pereira, aps algum tempo demonstrando a inteno de trazer um campeonato para a cidade, a Federao Catarinense de Tiro Prtico aprovou a ideia. Em conversa com os representantes da Federao, mostramos o nosso interesse e eles mostraram os critrios para fazer esta competio. Entre eles, a construo de uma rea para a prtica da modalidade, explica.
Com recursos prprios, o Clube Caa e Tiro de Urussanga iniciou em 2012 a construo de uma rea de 1.500 metros quadrados. A rea foi provada pela Federao neste ano e a regio Sul de Santa Catarina receber pela primeira vez um campeonato estadual de tiro prtico. A modalidade de tiro prtico constitui na movimentao do atirador, aproximao do alvo e na execuo dos tiros. O atirador avaliado com a maior pontuao e o menor tempo.
Em junho, mais de 90 atiradores conhecero Urussanga e percorrero oito pistas durante o campeonato. Vinte competidores urussanguenses participaro das provas. A competio ser aberta ao pblico. Os atiradores esportistas federados podem obter as fichas de inscries no site da Federao e enviar para o e-mail cctu.sc@gmail.com.

Orientao Psicolgica Online inova atendimento

Um novo tipo de atendimento psicolgico est disponvel em Urussanga. a chamada consulta virtual. O novo servio disponibilizado pelo Psiclogo Alex Cambruzzi Da Silva, que possui autorizao do Conselho Federal de Psicologia para a realizao do procedimento online. Minha solicitao foi avaliada por trs comisses, duas federais e uma regional. H trs semanas, o servio est disponvel e o trabalho comea a ser divulgado, explica.

A Orientao Psicolgica Online comum em pases como Argentina e agora passa a ser oferecida no Brasil. O psiclogo Alex o primeiro profissional da AMREC e AMESC a ter autorizao para fazer este tipo de atendimento.
O site totalmente focado, simples e com carter orientador. A facilidade de acesso e a comodidade de poder estar em casa no horrio de atendimento so uma das principais vantagens. Outra vantagem para os pacientes que se sentem inibidos, diz.
H duas formas de atendimento: via Skype ou via email. Por Skype o cliente pode estar marcando um horrio de atendimento para conversar com o psiclogo, com durao mxima de 50 min por sesso. J por email, o cliente manda suas dvidas, elas so respondidas e o psiclogo finaliza a sesso. O horrio de atendimento 24h por dia, porm necessrio agendamento.
Cada paciente pode fazer no mximo vinte sesses de orientao online. Havendo necessidade de um contato maior, o psiclogo sugerir o atendimento no consultrio, j que alguns casos no podem ser solucionados somente online.
Para uma das pacientes, Servidora Pblica de Florianpolis que prefere no se identificar, o mtodo ajudou muito em sua vida. Realizei cinco sesses com o psiclogo Alex Cambruzzi via Skype. Soube do site por busca na internet. A partir disso eu entrei em contato com o psiclogo. Estou morando sozinha e tenho uma agenda muito cheia, no tenho tempo para ir ao um consultrio psicolgico. Este mtodo foi de grande ajuda para resolver algumas questes importantes do meu dia a dia, conta a paciente.

Como marcar
uma sesso
A compra da sesso de Orientao Psicolgica Online pode ser feita pelo PAG Seguro ou depsito em conta, diretamente pelo site, ou pelo telefone. Quando a compra feita virtualmente, o Psiclogo recebe um email de aviso e, na sequncia, agendando a data e a forma de atendimento. O paciente poder comprar apenas uma sesso por vez, com um valor menor do que atendimentos em consultrios. Eu preferi investir nessa modalidade por ser um mtodo novo e por ser uma novidade na regio. A Orientao Psicolgica Online uma oportunidade para quem est em outros pases e tambm para quem no tem tempo para estar indo ao consultrio. Contudo, importante lembrar que ela no substitui o atendimento psicolgico em clnicas. Ela utilizada para casos pontuais, como responder dvidas, dar orientaes, revalorizao da vida, desenvolver maior autonomia pessoal e outros fatores, conta o Psiclogo Alex Cambruzzi.

Sigilo
importante lembrar que o sigilo acontece da mesma forma que na psicoterapia. Apenas sites com o Selo CFP (Conselho Federal de Psicologia), esto autorizados a realizar a Orientao Psicolgica Online. Confira o site: www.alexcambruzzi.com

The Beatles: O quarteto fantstico

Pensar no gnero musical rock dos anos 60 nos remete aos garotos de Liverpool. O quarteto fantstico, conhecido como The Beatles e composto pelos msicos John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr, levou multides a apreciarem as canes e a acompanharem a carreira do grupo. O sucesso aumentou a cada ano em funo da qualidade musical e da popularidade dos garotos. Mas, o grupo The Beatles decidiu encerrar a carreira definitivamente em 1970. Aps a separao, cada msico seguiu para uma carreira independente. Lennon foi baleado e morto em 1980, e Harrison morreu de cncer em 2001. McCartney e Starr continuam ativos. E mesmo depois da dissoluo do quarteto fantstico, o sucesso do grupo supera as dcadas, geraes e permanece at hoje no cenrio musical. Em vrios pases, fs buscam dar continuidade ao trabalho do grupo e formam bandas covers, que alm de tocarem as msicas, usam roupas e se apresentam da mesma forma que o quarteto original. No prximo sbado, dia 27, a banda Argentina The Beetles se apresentar em Urussanga, no Centro de Eventos da Igreja Matriz. Fs da regio aproveitaro o momento para relembrar as canes e a performance do grupo.

ENCONTRO
COM PAUL
E se voc tivesse a oportunidade de falar por 30 segundos com Paul McCartney? Uma oportunidade nica e apenas para 400 convidados. O urussanguense e beatlemanaco Larcio Caruso conseguiu esta proeza em dezembro de 2008. Morador de Londres na poca, Caruso foi avisado por uma amiga paulista que Paul McCartney iria lanar um disco na loja HMV, no centro de Londres. Em apenas quatro minutos, os 400 ingressos foram vendidos e a amiga garantiu um para Larcio.
No dia, Caruso chegou fila uma hora da madrugada e esperou por mais de dez horas para chegar perto de McCartney. Havia um palco com uma tela passando cenas do disco. Lembro que ele apareceu de tnis, cala escura e camisa vermelha representando o fogo, que fazia parte do nome do disco. Ele entrou, subiu no palco e por alguns minutos ficou fazendo caretas e micagens. E depois disse: Agora vamos comear, retirando uma caneta do bolso, comenta Caruso entre risos.
Os seguranas do msico proibiram filmagens, fotos e alertaram os convidados sobre o tempo mximo de meio minuto para permanecer com Paul. E logo chegou a vez de Caruso. Nervoso e suando frio, apertou a mo de McCartney e permaneceu sem falar, emocionado, fixando os olhos no rosto do cantor. Neste momento, Caruso recordou dos anos que antecederam a chegada dele em Londres. Em Urussanga, o f decidiu compor msicas pensando em um dia oferec-las ao dolo. Em um gesto tmido, Caruso falou seu nome e retirou do bolso um envelope com cinco msicas para entregar a McCartney. Ao observar com certa desconfiana do gesto, Caruso explicou para o cantor o que representava aquele momento. Paul, hoje a realizao do maior sonho da minha vida. Agora tudo terminou. E ele me respondeu: No Caruso, seu maior sonho de vida comea hoje. Emocionado, expliquei a ele que dentro do envelope continha msicas que eu havia feito para ele us-las e entre elas estava uma especialmente elaborada para Linda, o grande amor da vida dele. Surpreso com a atitude, Paul aceitou o envelope e entregou ao segurana, relata Larcio.
Passado mais de dois minutos, McCartney autografou o disco com um desenho e um agradecimento ao urussanguense. Foi o dia mais feliz da minha vida, conta emocionado.

Amor dividido

A paixo de Caruso pelos Beatles iniciou na adolescncia, no incio da dcada de 60, incentivado pelo irmo a conhecer a banda. O que me impressionou foi a afinao deles cantando juntos e as msicas com muito ritmo. Ao longo dos anos fui comprando os discos e outros itens do grupo, explica. Hoje, Larcio Caruso possui mais de 250 objetos relacionados banda como, por exemplo, 40 LPs, camisetas, canecas, CDs, DVDs, calendrios e chaveiros. Em trs oportunidades, Caruso acompanhou shows de Paul McCartney no Brasil e em Londres e conheceu o museu da banda em Liverpool.
A esposa de Caruso, Alice, permite a conciliao do amor do esposo por ela e pelo grupo The Beatles. Acompanho ele quando d certo, pois se no d divrcio, conta entre risos. O casal iniciou o namoro no final da dcada de 60 j com a paixo de Caruso pela banda. O Larcio jogava futebol na poca. Um dia fui ao campo com um toca disco porttil com um LP que comprei de presente para ele e aumentei bem o volume para ele escutar durante o jogo. Desde este dia, a msica The ballad of John e Yoko a cano que, quando toca, recordamos do nosso namoro, relata Alice.
Caruso ir, pela primeira vez, ao show da banda cover The Beetles. Esta apresentao em Urussanga nos far relembrar as msicas e recordar timos momentos. As canes so passadas para as geraes e nunca iro morrer, frisa Caruso.

PAIXO ENTRE AMIGOS

Vilton Damiani e Francisco Tadeu De Csaro compartilharam da mesma paixo que o amigo Larcio Caruso. O apreo de Damiani pelo rock comeou em funo do grupo The Beatles. Vi na televiso algo sobre a banda na poca, mas eu no curtia nenhum gnero. Mas quando os vi na televiso cheguei a concluso que era este tipo de msica que eu procurava, recorda. Atualmente, Damiani canta msicas do grupo em bandas na cidade e divide com o pblico o amor pelo quarteto. Quanto mais eu ouo, mas eu gosto dos Beatles, ressalta. Entre quadros espalhados pelas paredes da residncia e miniaturas do grupo, Francisco Tadeu De Csaro guarda mais de 20 LPs, DVDs, revistas e camisetas da banda e se sente privilegiado em ter acompanhado a poca do auge dos The Beatles. A msica de qualidade me influenciou a gostar deles. Fui testemunha do sucesso deste grupo e no me canso de escutar. Eles so o clssico do rock que nunca acabar, conta De Csaro. Os amigos nunca foram em shows de integrantes dos The Beatles e de bandas covers, e esto ansiosos para acompanhar a apresentao do grupo em Urussanga.

Nova gerao

O aparelho toca disco dos anos 50 reflete o gosto musical do jovem Igor Henrique. Desde criana, os objetos e as canes das dcadas de 50 e 60 fascinam Henrique. Meus avs e tios influenciaram no meu gosto musical porque eles possuem um envolvimento com a msica. Mas sempre curti rock, comenta. A coleo com mais de 500 LPs guarda discos do grupo The Beatles, uma das bandas preferidas de Igor. O quadro do quarteto exposto na parede e a quantidade de shows de bandas covers que o jovem j acompanhou o resultado do apreo dele pela msica. No sou beatlemanaco, mas curto a banda, as msica, o estilo. J fui a seis shows de covers dos The Beatles nos ltimos dez anos, incluindo este que se apresentar em Urussanga, que tambm de um nvel bom, frisa.

Dia D contra o vrus H1N1 ser neste sbado

Quem ainda no se vacinou ter a oportunidade de fazer a vacina contra trs tipos de vrus, a Influenza A H1N1, Influenza H3N2 e Influenza do tipo B neste sbado, dia 20. Nesta etapa, apenas as pessoas com mais de 60 anos, com doenas crnicas, crianas com mais de 6 meses e at 2 anos, agentes da sade e as purperas, mulheres em quarentena, podero ser vacinadas. A meta imunizar mais de cinco mil pessoas em Urussanga.
Segundo a Coordenadora da Vigilncia Epidemiolgica, Robertina Goulart Nunes, importante fazer a vacinao, para estar prevenindo infeces e evitar as doenas respiratrias. Na tera-feira, dia 16, contabilizamos 1.081 vacinaes. A expectativa que no Dia D este nmero aumente, ressalta.
Apenas as pessoas que possuem alergia a ovos, que esto com febre e que j tiveram alguma reao alrgica no ano anterior no podero ser vacinadas. Pessoas com doenas crnicas devero passar por uma avaliao mdica antes de fazer a vacina. Aps este perodo de vacinao, caso o Governo libere mais doses, uma nova data ser divulgada para a vacinao da populao.

Cronograma
Neste sbado, dia 20, o Dia Oficial da Vacinao, os postos de sade estaro abertos das 8 s 17 horas. importante lembrar de levar a carteira de vacinao, pois sem ela no possvel fazer a vacinao. Os grupos de pessoas com doenas crnicas devem levar uma prescrio mdica autorizando a vacinao. As vacinas estaro disponveis at o dia 26 de abril, explica a Coordenadora da Vigilncia Epidemiolgica, Robertina Goulart Nunes.

Casos de doenas respiratrias aumentam com a chegada do Outono

Com a estao do Outono e a diminuio da temperatura, inicia-se tambm o perodo do ano em que mais casos de doenas respiratrias so registradas. certo que os problemas podem ocorrer em qualquer poca do ano, mas as caractersticas do Outono e Inverno so ideais para a ao dos viles nestas estaes. A m ventilao, poluio atmosfrica e baixa umidade relativa do ar influenciam no ressecamento das mucosas nasais que podem causar inflamaes.

As doenas mais comuns nesta poca so gripe, rinite alrgica, sinusite, bronquite, otite e, principalmente, doena pulmonar como asma e pneumonia. Segundo a Dra. Saionara Correa De Carvalho Bora, no correto afirmar que so doenas do frio, porm ficam mais suscetveis pelas caractersticas desta poca. Tambm importante a incidncia de diarreia causada pelo Rotavrus, devido manipulao de objetos contaminados, afirma.
A mdica lembra ainda que a intensidade de cada doena depende de cada paciente. Qualquer doena depende do estado nutricional do paciente. As infeces podem ser a porta de entrada para outras doenas mais graves, j que diminuem a imunidade e deixam o organismo debilitado. A pneumonia, causada por bactria, a maior preocupao dos mdicos nesta poca, explica.
Alguns grupos tm mais chances de desenvolver complicaes como crianas, idosos, portadores de doenas crnicas, gestantes, profissionais da sade e pessoas HIV Positivo. Os idosos apresentam imunidade mais baixa, diabetes, doenas cardacas, enfisema e bronquites crnicas. J as crianas so mais suscetveis devido ao convvio em creches. O resto do grupo mais susceptvel pelo comprometimento imunolgico ou pelo maior contato com pessoas e reas contaminadas.

Cuidados para
evitar as doenas
respiratrias
Nesta poca do ano, necessrio tomar alguns cuidados. Deixar sempre os ambientes ventilados, evitar o acmulo de poeira em casa, lavar as mos frequentemente durante todo o dia, beber bastante gua, mesmo sem sentir sede. Tambm evitar aglomeraes, manter uma alimentao equilibrada, lavar e secar ao sol todas as roupas guardadas por muito tempo. Estas medidas so eficientes para a preveno, alerta a Dra. Saionara Correa De Carvalho Bora
No caso das crianas, alguns cuidados especficos devem ser realizados, pois convivem em creches onde a contaminao passa de uma criana a outra, alm do ambiente ser geralmente mais fechado. Os pais devem fazer uma limpeza semanal nos brinquedos com gua e sabo, que pode auxiliar a interromper a transmisso em escolas e creches, pois comum as crianas levarem os brinquedos boca contaminando-os, explica a mdica.
Quem tem alergia deve procurar um mdico para manter um tratamento preventivo como imunizaes, pois o inverno o perodo em que o vrus ataca com mais frequncia. essencial a procura de um mdico para deteco da doena exata e a indicao do melhor tratamento, evitando automedicao.
Com as quedas na temperatura e os lugares mais fechados, vale ressaltar tambm os passos indicados pela etiqueta da tosse, entre eles cobrir a boca e o nariz com lenos de papel ou com a parte superior da manga da roupa. Quando tossir ou espirrar, lavar sempre as mos com gua ou lcool.

Negra Li ser a principal atrao na noite desta sexta-feira na Vigna Mazon

Uma festa para sair da mesmice. esse o objetivo da Jet Black, que acontecer no prximo dia 19, na Vigna Mazon, em Urussanga. A atrao principal ser a cantora Negra Li, que far seu primeiro show na regio. Segundo o proprietrio da Vigna Mazon, Antnio Carlos Freitas, a festa ser temtica, e uma faixa etria bem abrangente.

O Black estar em todo o ambiente. Nas roupas, copos, mesa, pista e no palco com a diva da Black Music. Fizemos um ambiente que remetesse o clima ao pblico, vai unir moda, gastronomia, bebidas finas e mulheres deslumbrantes. O objetivo uma opo de entretenimento diferente do que est a hoje, para jovens de 16 a 60 anos, afirma Freitas.
A festa que ter o tema Black tem o apoio tambm do usque Johnnie Walker Black. O preto e o dourado fazem parte da festa e so as cores tambm do Johnnie Walker Black. Ser uma festa em um ambiente sofisticado e glamuroso, at por isso a escolha desse show indito. Ser uma noite diferente, ressalta o proprietrio da Vigna.

ambiente mgico
e abenoado
Localizada em Urussanga, a Vigna Mazon alia a natureza dos Vales das Uvas Goethe com uma construo histrica. O local abriga uma capela de Nossa Senhora Delle Grazie, e tambm nomeado como templo de Baco e Dionsio, as divindades somadas a natureza e a cultura vitivincula transformam em um local nico. O espao tombado pelo patrimnio histrico brasileiro desde 1993. Conseguimos abranger uma vasta regio com essa localizao, de Tubaro a Ararangu. Por isso resolvemos realizar esses eventos, para proporcionar aos jovens curtirem um ambiente mgico e abenoado, conta Antnio Carlos.

O currculo
da diva
Uma das principais vozes femininas da atualidade, Liliane de Carvalho, a Negra Li, comeou a cantar na igreja, quando ainda era criana. Interessou-se pela Black Music na adolescncia quando imitava Whitney Houston e se lanou profissionalmente no grupo de rap RZO, e lanou sua carreira solo em 2004, com o lanamento do CD Guerreiro, Guerreira, o primeiro de trs j lanados. O lbum alcanou o Disco de Ouro, com 50 mil cpias vendidas, j o seu segundo lbum, Negra Livre, chegou as 200 mil cpias e ganhou Disco de Platina, o terceiro lbum, Tudo de Novo, foi lanado em 2012, e j possui 25 mil cpias vendidas.
Negra Li ainda atuou como atriz, na Srie da Rede Globo Antonia, e depois no filme de mesmo nome. Em 2010 atou no filme 400 contra 1. Alm disso, a cantora fez participaes especiais com outros nomes de sucesso da msica nacional, como Nando Reis e Charlie Brown Jr.

Registros valiosos

A histria de uma comunidade est relacionada aos objetos e costumes cultivados pelos antepassados. O modo de vida dos cidados analisado de acordo com os utenslios utilizados e alimentos consumidos diariamente. A partir de documentos que contenham estes registros, historiadores buscam entender como se vivia em uma determinada poca e os descendentes procuram orientao para concretizar o presente e idealizar o futuro.

Com cuidado e carinho, Hedi Damian guarda nove livros que registram o movimento financeiro de estabelecimentos comerciais de Urussanga no final do sculo 19 e incio do sculo 20. Em 1998, Hedi recebeu da prima-irm Iva Damian os registros com o compromisso de guardar os documentos da famlia que descrevem as compras de famlias da cidade e o modo de vida na poca.
Entre os documentos esto registros do comrcio do av de Hedi, Giovanni Damian, entre 1885 e 1893. O comerciante descrevia com caneta-tinteiro as anotaes necessrias para realizar o controle das mercadorias e dos valores no estabelecimento. O ano, ms, nome do cliente, o quanto devia e o quanto tinha a ver na loja so as informaes mencionadas em um dos livros. Em outros registros, Giovanni Damian descreve a relao de compra e venda de banha na poca com dados como o peso, a quantidade de caixas, toucinho, carne, banha, os locais por onde passava a mercadoria, os valores em mil ris e o nome dos compradores do Rio de Janeiro.
Nestes livros constam detalhes da vida naquela poca. Os produtos comprados e consumidos para a necessidade de cada famlia urussanguense. Descobri atravs deste livro que Angelo Nichele comprava no comrcio do meu av e, portanto, abriu seu estabelecimento depois da minha famlia, explica Hedi Damian. A movimentao financeira da fbrica de cerveja Lybia, de Lucia Damian, av de Hedi, tambm est entre os valiosos registros guardados por ele. Os documentos entre 1912 e 1925 apontam as vendas realizadas vista no local.
Para Hedi, os livros possuem um grande valor histrico e pretende restaur-los em breve. Guardo eles pela histria que contm em cada um. Se ningum guardar, no saberemos mais nada do nosso passado. Vou procurar um especialista para restaurar os documentos e preservar esta parte da histria do comrcio urussanguense, frisa.

Procon orienta para as compras do Dia Das Mes

importante nos dias de hoje que o consumidor saiba fazer uma compra consciente. Para isso necessrio ficar por dentro de informaes teis para que as pessoas possam defender os seus interesses. A dica para que no momento da compra, o consumidor esteja preparado para se prevenir.

Com a aproximao do Dia Das Mes, comum o aumento de reclamaes dirigidas ao PROCON (Proteo de Defesa do Consumidor). Uma anlise feita pelo SINDEC (Sistema Nacional de Informaes de Defesa do Consumidor), mostra que o principal problema dos consumidores, em anos anteriores, foi com telefones celulares, seguido por alguns eletrodomsticos.
Antes da compra, o consumidor tem o direito de estar totalmente informado sobre o preo e todas as caractersticas do produto que pretende adquirir. Segundo a Coordenadora do PROCON de Urussanga, Franciele Carara o consumidor deve guardar as ofertas ou mensagens publicitrias que o levaram a realizar determinada compra. Em casos em que os vendedores vierem a fazer alguma proposta verbal, aconselhvel que se pea um documento por escrito e assinado, para evitar problemas futuros, explica.
Aps a compra, deve ser exigido pelo consumidor nota fiscal e o termo de garantia do produto, caso o mesmo venha a apresentar defeito, o comerciante e o fabricante tm o prazo de no mximo trinta dias para solucionar definitivamente o problema.
A Coordenadora do PROCON de Urussanga, Franciele Carara tambm ressalta que caso o problema no seja definido, o consumidor tem o direito ao cancelamento da compra com restituio do valor pago ou a substituio do produto, ressalta Franciele. Se o produto apresentar defeito novamente, o consumidor tem o direito de receber um novo produto ou seu dinheiro de volta.
Nas compras de vesturio, as lojas no so obrigadas a trocar um produto que no apresente defeito. Caso essa possibilidade for oferecida pelo fornecedor, recomendvel que esta informao conste por escrito em um recibo ou mesmo na nota fiscal. A Coordenadora do PROCON coloca ainda que em Urussanga as lojas geralmente solucionam os problemas rapidamente. Por ser uma cidade menor possvel ter mais facilidade de contato, finaliza Franciele.

Comit e Samae articulam implantao de projeto pioneiro para o Sul de Santa Catarina

A possibilidade de implantar um projeto de lei municipal que visa recompensar os cidados que prestarem servios ambientais cidade foi o assunto discutido na manh desta segunda-feira, dia 15, por representantes do Comit do Rio Urussanga e do Samae do municpio. O presidente do Comit, Jos Carlos Virtuoso, e a consultora Cenilda Mazzucco abordaram esta questo com o diretor do Samae, Vanio Comin.

O projeto, desenvolvido em algumas cidades catarinenses e em alguns estados brasileiros e em outros pases, estimula a preservao e o cuidado com o meio ambiente. Em So Bento do Sul existe este projeto de lei municipal que paga o morador que proteger e preservar o meio ambiente, garantindo sustentabilidade e a qualidade da gua. Esta iniciativa nos interessou porque ir mobilizar a comunidade. Por isso pretendemos participar da implantao deste projeto em Urussanga e que ser pioneiro na regio, explicou o presidente do Comit.
Segundo o diretor do Samae de Urussanga, o valor destinado anualmente ao cidado ser oriundo do Samae. O morador que cuidar da rea ser monitorado e receber um determinado valor no fim do ano. Desta forma trabalharemos a conscientizao e valorizao da gua e do meio ambiente, frisou Comin. Conforme a consultora do Comit, Cenilda Mazzucco, uma reunio nas prximas semanas definir o encaminhamento do projeto. Vamos formar uma comitiva, composta por representantes das entidades parceiras, que ir a So Bento do Sul verificar a implantao desta iniciativa para analisar a melhor maneira de aplic-la em Urussanga. Alm de unir a qualidade de vida e a sustentabilidade, outros valores culturais e tursticos sero agregados, concluiu.

Samae reajusta tarifa de gua e esgoto

Aps trs anos, o Samae de Urussanga realiza um repasse na tarifa de gua. Conforme o diretor do Samae, Vnio Comin, o reajuste visa seguir a orientao da Lei de Responsabilidade Fiscal e prev a manuteno estrutural, as solicitaes dirias e os investimentos do rgo. O repasse foi feito por decreto em conformidade com o prefeito Johnny Felippe. O ltimo aumentou ocorreu em janeiro de 2010. A nossa taxa relativa ao sistema de gua e esgoto a mais baixa da regio, explica.
Segundo Comin, o aumento foi de R$ 1,50 para a rea urbana e de R$ 3,50 para a rea rural. Antes se pagava R$ 22,50 na rea urbana e agora ela passar para R$ 24, para uma cota de 10 mil litros. A taxa para a zona rural diferente, mas a Funasa est orientando o equilbrio das tarifas. Por esta razo, o valor passou de R$ 19 para R$ 22,50, para 15 mil litros, ressalta.
De acordo com o diretor do Samae, a tendncia que se unifiquem as taxas e que ocorra um equilbrio financeiro. Estamos investindo em locais como o Belvedere, Rancho dos Bugres, na Estao de Tratamento. E para isso precisamos compensar estes servios, pois h locais que so economicamente inviveis, mas o Samae no foge da responsabilidade. O valor de R$ 24,00, por exemplo, equivale a 15 garrafas de gua mineral, comenta.

Cobrana de tributos em Urussanga gera polmica

A cobrana de IPTU e Alvar de Urussanga gerou polmica nos ltimos dias. Comerciantes e contribuintes em geral foram buscar explicao junto ao Poder Pblico Municipal com alegaes de cobrana abusiva nos tributos. O assunto tambm levantou polmica na Sesso da Cmara de Vereadores nas ltimas semanas, sendo questionados o reajuste e o clculo na cobrana dos impostos. Segundo o coordenador do Setor de Tributos de Urussanga, Rangel De Lorenzi Rita, o reajuste tanto para o IPTU quanto para o alvar foi de 7,82% sobre o valor bruto do imposto. No houve aumento real, apenas o repasse da inflao. Para a cobrana do IPTU, vale a soma do valor venal total, ou seja, o valor do terreno acrescido do valor da construo. Tambm esto s cobranas de expediente, coleta de lixo, taxa de conservao do calamento e de limpeza pblica, explica o coordenador.
Ainda conforme Rita, a cobrana do IPTU tem causado dvidas devido soma errada dos valores que algumas pessoas fazem. preciso acrescentar o 7,82% do repasse ao valor bruto total do ano passado. O desconto deste ano de, no mximo, 30%. O problema que h pessoas calculando sobre o valor com desconto do ano passado, a provoca diferena no valor, informa. Outra polmica em relao taxa de alvar, o que levou representantes da Cmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Urussanga a questionarem o tributo. O que ns queremos saber de onde vm esses nmeros e porque aumentou tanto em alguns casos, afirmou a comerciante Scheilla Bosa, em audincia com o prefeito Johnny Felippe e o Setor de Tributos do municpio.
Segundo o responsvel dos tributos, o Poder Pblico est aplicando uma lei de 1980. O valor realmente aumentou para alguns comerciantes do municpio porque na Lei n 777, de 30 de dezembro de 1980, e seus anexos, existe o acrscimo de 10% a cada atividade secundria prestada pelo estabelecimento, afirma Rangel. Um Projeto de Lei passou pela Cmara de Vereadores na tera-feira, dia 16, e aprovou o parcelamento do alvar deste ano. No podemos modificar a lei para este ano. O que podemos fazer amenizar aos contribuintes, parcelando o pagamento do alvar referente verificao de cumprimento de posturas e normas urbansticas, disse o prefeito Johnny Felippe. Mas pretendemos ajustar e atualizar esta lei, retirando a cobrana sobre as atividades secundrias, acrescentou.
Para o comerciante Jorge Luiz Bressan Silva, o valor do alvar aumentou significadamente em relao ao ano anterior. um absurdo. Irei pagar mil reais a mais neste ano. Especifiquei as finalidades da minha loja no contrato social e irei pagar por todas, desabafa.
Uma comisso para discutir a atualizao da lei que define a cobrana da taxa do alvar j foi organizada com a Cmara de Dirigentes Lojistas, Associao Comercial e Industrial Urussanguense e Prefeitura Municipal. Os alvars venceram na tera-feira, dia 16, mas com a aprovao do parcelamento a data foi alterada e ser divulgada nos prximos dias. O IPTU tem o vencimento da parcela nica para 13 de maio, com 30% de desconto sobre o valor venal total, ou seja, as medidas do terreno mais a construo, quando esta ltima existir. Abaixo, o leitor confere a descrio, na ntegra, dos valores cobrados no carn de IPTU.

Batalha longe de ser ganha

Para o Procurador da Repblica, Darlan Dias, o tema angustiante e poder debater com a sociedade uma oportunidade. A batalha est muito longe de ser ganha. Ns temos uma bancada muito grande ligada polcia e esse um argumento utilizado. Hoje, os delegados podem ser candidatos, se filiarem a partidos, enfim. Quando muda um governo, eles geralmente so trocados. E no era para ser assim. Claro que ns os reconhecemos, pois a maioria deles quer fazer o melhor. S que pelas circunstncias, muitas vezes, eles no tem iseno para investigar, complementou.
O Procurador tambm enfatizou que o que o Ministrio Pblico no aceita e no pode acontecer dar exclusividade para investigar. Essa uma PEC patrocinada pelos delegados de polcia e no da polcia como um todo. Esse um sentimento de impunidade, ns precisamos de mais investigao e no de menos. S que pela situao em que o pas vive, acabar com ela ajudaria muitos grupos de pessoas. importante frisar ainda que a Constituio no d, em momento algum, exclusividade a nenhum rgo. Isso um retrocesso e cria uma situao inovadora e negativa na Constituio, finalizou.
A redao tambm entrou em contato com os Deputados Federais que representam o Sul do Estado. Esperidio Amin, do PP e Jorge Boeira, do PSD, no se manifestaram sobre os questionamentos e o deputado Ronaldo Benedet, do PMDB, ainda no est por dentro do assunto. Irei me manifestar depois de ouvir os dois lados. A Comisso de Segurana Pblica sugeriu uma audincia para ouvir as duas partes e vamos debater sobre o assunto no momento oportuno, informou Benedet. O tenente da Polcia Militar de Urussanga foi uma das autoridades da rea da segurana Pblica que se manifestou contrrio a PEC 37. Eu j recorri ao Ministrio Pblico para ajudar em investigaes que resultaram na apreenso de pessoas. A Polcia Militar contrria a PEC por acreditar que essa iniciativa no tenha fundamento e motivos para restringir as investigaes no pas. Eu apoio essa mobilizao, afirmou.

PEC 37: um retrocesso democracia brasileira

Uma mobilizao do Ministrio Pblico (MP) reuniu autoridades e populao de Urussanga, Cocal do Sul e Morro da Fumaa para a apresentao da Campanha Brasil contra a Impunidade, movida pelo Ministrio Pblico em todo o pas. O encontro aconteceu na ltima quinta-feira, dia 11, e lotou a sede do Legislativo de Urussanga. O promotor de Justia da Comarca de Urussanga, Rodrigo Andrade Viviani, abriu os trabalhos ao lado dos promotores Maria Claudia Tremel de Faria e Diana da Costa Chierighini, bem como do Procurador da Repblica, Darlan Airton Dias. O promotor exps os motivos do MP para ser contra a emenda constitucional nmero 37 que tramita no Congresso Nacional, em Braslia, alm dos efeitos, malefcios e repercusso, comprometendo dessa forma o Estado de Direito. O objetivo principal da chamada PEC da Impunidade destinar o poder de investigao criminal exclusivamente s polcias Civil e Federal, tirando a possibilidade de outros rgos, como o prprio MP, Receita Federal, Banco Central, Ibama, entre outros, de realizar esse trabalho.

Segundo o promotor Dr. Rodrigo, a PEC coincide com um momento da democracia em que diversos crimes de alta envergadura esto vindo tona e envolvem pessoas do alto escalo. O MP trabalha pela sociedade e pune aqueles que praticam crimes. Essa PEC nos leva a indagar e a refletir sobre quais os interesses que esse projeto realmente tem. Ele contraria o sistema. Se o Ministrio Pblico um titular da ao, porque ele no pode estar investigando para subsidi-la? O objetivo desta PEC dificultar o processo investigatrio, colaborando com a impunidade. Ns queremos estar junto com as polcias no combate criminalidade. A discusso no congresso est caminhando no sentido oposto ao invs de ampliar esse poder de investigao. Isso representa um retrocesso democracia brasileira e a maior prejudicada a populao. Por isso ns estamos fazendo um alerta. A PEC est em vias de votao e poder comprometer o sistema penal, ressaltou.
A promotora Diana da Costa Chierighini tambm fez a sua explanao e ressaltou que se a PEC for aprovada, mais de 400 procuradores e promotores, bem como procuradores da Repblica deixaro de trabalhar em prol da sociedade. Tambm destacou os 10 motivos para dizer no PEC e afirmou que no mundo, apenas Uganda, Qunia e Indonsia adotam esse regime que probe o Ministrio Pblico de fazer investigaes. Ns no aceitamos tornar exclusivo o processo investigatrio. Ao invs de termos como exemplo pases desenvolvidos como EUA, Alemanha e Itlia, ns estamos caminhando para trs e limitando ainda mais o processo investigatrio no pas, esclareceu.
A PEC 37 de autoria do Deputado Federal do Maranho, Lourival Mendes da Fonseca Filho que tambm Delegado de Polcia de Classe Especial. Ela foi apresentada em junho de 2011 e tramita em regime especial.

Silvia Vidoto: a presidente da ALB em Urussanga

Silvia no imaginava que em meio s dificuldades da vida encontraria tanta realizao e satisfao. A faxineira que transforma os pensamentos e sentimentos em poemas que ganharam asas e concretizaram seus objetivos, agora tem a misso de incentivar o talento literrio de Urussanga.
A poetisa nasceu em Francisco Beltro, no Paran, e veio para Santa Catarina aos nove anos de idade. Residiu em Cricima onde aos 10 anos interrompeu seus estudos para trabalhar como bab e faxineira. No entanto, escondia o seu gosto pela escrita e por muitos anos seus poemas eram escritos e engavetados. At que um dia estava na casa de sua irm, que tambm escritora, quando recebeu a visita do amigo poeta Clio Gilberto Silva. Incentivada a mostrar seus poemas, Silvia apresentou seus escritos. Depois de avali-los, o escritor indagou: Ento, est esperando o que para publicar esse livro?. E a partir deste momento iniciou um caminho de construo e realizao.
Sentindo a vontade e a necessidade de aprender, voltou para a sala de aula e cursou o ensino mdio. Em 2012, Silvia participou junto com mais 26 escritores do livro Falando de Amor, da Associao de Escritores dos Municpios da Grande Florianpolis, com 11 poemas e recebeu o trofu Osvaldo Deschanps, como escritora de Urussanga.
Durante a posse como membro oficial, Silvia tambm contou com o apoio do Prefeito de Urussanga, Johnny Felippe que atribuiu a ela o despertar do incentivo pela cultura do municpio. O povo no quer s comida, quer comida, diverso e arte. A histria e fora de vontade de Silva me emocionaram durante o meu perodo de campanha. Eu no poderia deixar de prestigiar esse momento to especial na vida da poetisa de Urussanga. Quero estender o meu apoio. Durante a minha campanha, foi atravs da Silvia que despertou em mim ainda mais o incentivo e a idia de valorizar a cultura. Estou muito orgulhoso em saber que Silvia uma pessoa simples e essa a mesma emoo de quando eu assinei a minha posse. Por isso nunca desistam de seus sonhos, nosso dever torn-los realidade, ressaltou.

Urussanga e mais seis municpios recebem Academia de Letras do Brasil

Urussanga sediou, no ltimo sbado, dia 13, um ato histrico para a literatura da regio Sul. A Academia de Letras do Brasil – Seccional Santa Catarina ALB-SC, conferiu certificados para sete membros vitalcios que passaro a ladear o seleto grupo de escritores catarinenses que fazem parte da ALB. O evento coordenado e dirigido pelo Presidente da ALB/SC, Professor Miguel Joo Simo aconteceu no Centro Comunitrio da Igreja Matriz e contou com a presena de escritores, autoridades, familiares e convidados.

Cada escritor representar oficialmente a partir de agora um municpio e ter a responsabilidade de criar l o grupo de escritores e futuros membros da ALB. Tornaram-se acadmicos Silvia Vidoto (Urussanga), Maria Luiza Da Rolt (Cocal do Sul), Deise Formentin (Sango), Luiz Carminatti (Orleans), Lorena Rosana (Morro da Fumaa), Greice de Cordes (Iara) e Fernando dos Anjos (Cricima). A iniciativa de formar as seccionais foi do prprio grupo de condecorados que percebeu que a ALB estava presente em Santa Catarina nas regies do eixo Norte-Oeste, mas no no Sul.
Segundo o presidente da ALB, a funo da Academia de Letras no Brasil somar. Ns estamos entrando nos municpios, buscando um representante e criando oportunidades para que as pessoas tirem da gaveta o que desejam publicar e, muitas vezes, no tem condies para isso. A gente quer que todos tenham essa chance, sem elitizar. Santa Catarina est entre os primeiros estados na grande concentrao de seccionais. Ns temos buscado essa parceria para levar a todos os pontos o movimento literrio. Com isso, a gente consegue desenvolver a arte e envolver as pessoas na cultura. Os novos presidentes tm essa misso especial de levar o compromisso de reforar e dar apoio s pessoas. Momento que a gente faz com prazer para que haja o resgate da cultura. As sementes plantadas hoje daro bons frutos amanh, afirmou o professor Miguel.
Para Deise Formentin, presidente da seccional de Sango, foi uma honra receber o convite. O principal objetivo da ALB descobrir talentos muitas vezes engavetados, estimul-los e ajudar a divulg-los. Nosso papel a partir de agora no municpio ser de estimular a produo literria oportunizando as publicaes, alm de criar movimentos literrios nas escolas como sarais, concursos e tantas outras iniciativas em parcerias, destaca.
Durante a cerimnia tambm foram prestadas homenagens a escritores comprometidos com a literatura em Santa Catarina. Cada padrinho leu a biografia de seu afilhado e o membro da ALB prestou homenagem ao seu patrono.

Sociedade Recreativa Urussanga elege primeira presidente

Pela primeira vez, a Sociedade Recreativa Urussanga ser comandada por uma mulher. Na segunda-feira, dia 15, a chapa de Maria Bernardete Sandrini conquistou 63 votos dos 122 scios presentes na assembleia e ser a presidente da instituio nos anos de 2013 e 2014. A chapa concorrente, cujo presidente era Edson Lemos, recebeu 56 votos. Um voto nulo e um voto em branco foram depositados. A atual diretoria permanece at o dia 30 de abril.

Durante a assemblia, o advogado da instituio, Mauro Felippe, anunciou que o esboo do novo estatuto est sendo finalizado e ser apresentado nos prximos dias. Conforme o profissional, o novo Estatuto a ser aprovado foi atualizado conforme o novo cdigo cvel. Uma comisso, formada por participantes da assembleia, foi convocada pelo advogado para participar de reunies que iro retirar e incluir itens de acordo com os interesses da instituio como, por exemplo, a categoria de scios contribuintes e a incluso como dependentes de pessoas do mesmo sexo que vivem em unio estvel com o devido registro em cartrio, em ato pblico e notrio.
A nova presidente Maria Bernardete acompanhada do vice, Ricardo Andr Carara visitaram o Jornal Vanguarda para apresentar algumas das metas da gesto da nova diretoria. Elas sero simples e objetivas. Nossos objetivos sero dar continuidade ao trabalho da atual diretoria, atender bem os scios dentro da arrecadao da instituio e busca ouvir mais as opinies e sugestes dos associados, frisou Bernardete que tambm fazia parte das diretorias anteriores. A Bernardete foi bem aceita no comando. Estamos contentes com esta conquista e j estamos pensando a frente. Em outros anos, ela conseguiu realizar seu trabalho convivendo com 13 homens com dedicao e sempre sendo respeitada. J at estamos chamando ela de Dilma, afirma o vice-presidente Ricardo Andre Carara.

Baffone

Caso enfermeiras
Por conta de algumas palavras mal interpretadas, o vice-prefeito de Urussanga, Luiz Henrique Martins est decepcionado com a atitude de algumas profissionais da rea da Sade. Espalhou-se por ai que o vice-prefeito teria dito em Palmeira do Meio, durante uma reunio, que iria acabar com os postos de sade, que depreciou a profisso do enfermeiro, entre outras falaes. At uma carta de manifesto foi escrita por uma profissional lamentando o ocorrido. Quem participou do encontro discorda dos comentrios e entendeu bem o recado do vice.

O fato
O fato que o vice-prefeito acompanhou a reunio ao lado do prefeito, Johnny na localidade para tratar da possibilidade da compra de um outro terreno para a construo de posto de sade, escola e um ginsio de esportes. A atual administrao acha que o lote adquirido pela outra gesto inadequado por estar prximo de uma granja de sunos e aves. Durante a conversa, ele simplesmente teria dado a sua opinio sobre a questo dos postos dizendo que o municpio poderia ter unidades centralizadas, mas estruturadas, j que em muitas unidades o nmero de atendimentos muito baixo. Uma opinio dele que se espalhou de forma maldosa. A Secretaria dever tomar atitudes srias nos prximos dias por conta do episdio.

Pavimentao
A Prefeitura de Urussanga encaminhou um projeto para o Ministrio das Cidades onde consta a pavimentao de quase 50 ruas no municpio, orado em R$ 11 milhes. O recurso seria proveniente do PAC 2 e se aprovado for ir contemplar todas as ruas do Nova Itlia, Gisiani, Bela Vista, as centrais que possuem paraleleppedo, Avenida Longarone, acesso at o Clube dos 13, quatro ruas do Carol, Trecho 2 de Rio Amrica, entre outras. A questo que o dinheiro para as obras dever ser financiado e a administrao s comear a pagar quatro anos depois do incio da pavimentao, podendo parcelar o valor em at 20 anos. O financiamento dever ser aprovado pelo Legislativo ainda. O Executivo tambm encaminhou um projeto orado em R$ 13 milhes para a pavimentao do acesso de Urussanga a Santana, tambm por meio do PAC 2.

Pavimentao 2
O atual Governo acredita que a pavimentao uma das prioridades do municpio quando o assunto infraestrutura. Claro que obras nesse montante, a cidade jamais conseguir fazer com recursos prprios e a gente sabe que a pavimentao necessria para o desenvolvimento da cidade. Mas vale ressaltar tambm que essas obras sero pagas pelas administraes futuras. Muitas dessas dvidas que os prefeitos herdam de outras administraes so frutos desses financiamentos, ou seja, obras feitas agora, mas que sero pagas pelos sucessores. importante que as autoridades possam sentar juntas, Executivo e Legislativo, para avaliar bem o financiamento desses milhes, que no so poucos, para aplicar no que realmente necessrio.

Vampiro
O secretrio da SDR de Cricima, Luiz Fernando Cardoso, o Vampiro, esteve em Urussanga para levar ao prefeito Johnny Felippe a permisso de uso do espao onde ficava o NEP So Jos, a antiga escola profissional, na Avenida Presidente Vargas. No local, estaro reunidas a Secretaria de Agricultura, a Fundao do Meio Ambiente e tambm a Associao Urussanguense de Assistncia Social (Auras). Obras de reforma e adequao do espao j esto acontecendo no local que estava parado, sem uso, havia mais de dois anos. O termo de permisso de uso do local tem validade de 10 anos.
Ronaldo
O Deputado Federal Ronaldo Benedet tambm esteve em Urussanga esta semana. O prefeito e o vice, juntamente com seus assessores e o presidente do PMDB, o Totinho, aproveitaram para tratar da viabilizao de recursos. Dentre os seus comentrios, o deputado elogiou a Praa Anita Garibaldi. A gente vem pra c e se sente na Europa, disse ele.

Abaixo-assinado
Pelo que se viu nos ltimos dias, parece que a religio continua ainda ter mais fora do que a poltica propriamente dita em Urussanga. Um exemplo foi o abaixo-assinado a favor da melhoria da Sade no pas, por meio do movimento Tabela SUS, Reajuste J. A Parquia coletou quase 2 mil assinaturas, enquanto que 80 foram recolhidas pelo Legislativo. Vale destacar aqui a iniciativa do Vereador Beto Cabeludo que mobilizou a Casa e junto com os colegas da Cmara, deram a sua contribuio. Agora a pergunta : onde estavam os demais setores da cidade? Parabns Parquia pela mobilizao e aos vereadores que l na praa estiveram.

Rio Caet
uma vergonha mesmo n. Na ponte de Rio Caet, apenas ajustes e sinalizao. Pode esperar, por mais alguns anos ela permanecer assim, no aguardo da obra de concreto para melhor segurana dos que por ali trafegam.

Prestgio
O vice-presidente da Associao Veronesi Nel Mondo, Benito Marchet (foto) ser homenageado durante as celebraes dos 50 anos do Vajont, em outubro deste ano, em Longarone. Ele um dos militares que recolheramos os corpos aps a tragdia em 1963. Em conversa com a nossa enciclopdia italiana, Hedi Damian ele disse se sentir admirado por Urussanga pela organizao, gastronomia, cultura italiana, recepo. Urussanga foi o melhor lugar que conheci durante est viagem ao Brasil, disse.

Troca de bandeiras
O vice-prefeito, Luiz Henrique Martins foi quem trocou bandeira com o italiano Benito durante confraternizao no Marias e Rosa. O presidente da Associao Veronesa disse que o gesto serviu para resgatar a ligao entre o Vneto e Urussanga.

Nova Coordenao
A engenheira ambiental Bruna Costa a coordenadora da Fundao do Meio Ambiente de Urussanga. A Fundao estava apenas criada no municpio e agora comea suas atividades oficialmente na prtica. Um levantamento burocrtico est sendo feito para que a Fundao ser habilitada no nvel de licenciamento adequado. A partir da, o municpio de Urussanga no precisar mais consultar a FATMA para todos os licenciamentos ambientais que surgirem na cidade. Parabns Bruna.
literatura
E ser neste sbado o grande evento que ir marcar a literatura regional. Ser realizada no Centro Comunitrio da Igreja Matriz, s 19h, a posse de sete escritores da regio que formaro as seccionais da Academia de Letras do Brasil. J confirmou presena o presidente da Academia de Letras de Santa Catarina, entre outras autoridades no assunto. Os municpios que estaro integrados so Urussanga, Cocal do Sul, Orleans, Morro da Fumaa, Iara e Cricima. A presidente de Urussanga ser Silvia Goulart Vidoto.

Na Moral
Quem levou todos os elogios dos italianos e do povo do Rio Grande do Sul foi o nosso amigo Kuki. Eles disseram que no Rio Grande do Sul no tem uma casa noturna como a do Ventuno e esperam voltar.

Alfinetou
O vereador Tita no gostou do manifesto do vereador Taliano sobre o IPTU e voltou ao passado: Falam, falam desse IPTU, mas no passado esse mesmo vereador votou a favor do aumento da TIP, Taxa de Iluminao Pblica, disse.
Taliano respondeu: Acho engraado o que voc fala vereador. Fiz no passado, e no me orgulho disso nenhum pouco porque fui mandado pelo partido. Justamente o que vocs fazem hoje, aprovam o que mandam. Por isso que eu sai do PMDB. Com certeza eu me envergonho disso, respondeu.

Alvar
As pessoas que receberam o Alvar deste ano esto insatisfeitas com a cobrana. Consideram a taxa abusiva. Em Cocal do Sul, por exemplo, o alvar no renovvel, ou seja, as pessoas pagam apenas uma vez. Por que em Urussanga todos os anos o valor, que no pequeno, cobrado?

Rapidinhas

* Urussanga est com R$ 40 milhes cadastrados em projetos nas esferas Federal e Estadual, todos para investir em diversas reas da cidade. Muito bem Prefeito, que Deus abenoe.
* A secretria de Educao Brgida Marioti ir a Braslia neste ms e, em julho, ser a vez da secretria de Sade, Maringela Dal B Lapolli que participar de um encontro nacional para os secretrios de sade.
* Vereadores Beto Cabeludo e Dani estiveram nesta quarta-feira em Florianpolis, na Assembleia Legislativa, acompanhando a coordenadora da educao inclusiva. Hoje h muitas criana com necessidades especiais no municpio.
*Tita afirmou que colega vereador um bobo da corte.
* Um deputado custa ao pas R$ 170 mil por ms. E a sade custa quanto?
*Renavam (Registro Nacional de Veculos Automotores) passar a ter dois dgitos a mais. Passar de 9 para 11, em funo do esgotamento da capacidade do campo que registra a numerao do Registro.
u Reunio em Florianpolis com a Oi nesta quarta-feira discutiu a colocao da antena que ir melhorar os servios no interior.
* Preo do tomate assusta o consumidor e virou at motivo de stira nas redes sociais. Na regio, o preo da fruta chega a ser vendido a quase R$ 7,00. O motivo da subida atribuido principalmente, as condies climticas.
*Pesquisa T Index realizada pela consultoria italiana Traslated concluiu que Brasil ser o 4 maior mercado de e-commerce em 2016. Hoje ele ocupa a 7 posio.
* Pra terminar: No esquea populao de participar nesta quinta-feira, s 19h, na Cmara de Vereadores, do ato organizado pelo Ministrio Pblico que ter a finalidade de tratar do cerceamento do poder investigatrio criminal do Munistrio Pblico. Resumindo, o Governo quer que apenas as polcias Federal e Civil sejam as responsveis pelas investigaes.

Urussanguense conquista primeiro lugar em Corrida Rstica de Revezamento

No dia 07 de abril cerca de 170 pessoas participaram da Corrida Rstica da ECOMS, no Balnerio Rinco. O urussanguense Adrionir Luiz Bonomi juntamente com seus colegas Eduardo Custdio, Daiane Marangoni e Geison venceram na categoria Quarteto Misto. Correndo 6,5 km cada um deles, onde Adrionir fez a largada. Foi uma prova difcil, pois corremos pelas dunas, porm ganhamos com a diferena de 15 minutos do segundo lugar o que nos deixou muito contentes, conta Adrionir. Toda equipe deixa o agradecimento pelo patrocnio e apoio prestado da empresa WF Paletes.

Ciclismo cultural

Aliar as emoes de um esporte e os sentimentos histricos e culturais de cidades transformou o projeto Trail Brasile 2013 em uma aventura cultural. A viagem iniciou no dia 23 de maro partindo de Erechim/RS e a ltima parada ocorreu em Florianpolis no ltimo domingo, dia 7 de abril. No total, os ciclistas percorreram mais de 900 quilmetros. Por meio de dois percursos organizados, quatro italianos, dois de Verona e dois de Padua, e dez gachos de Erechim exploraram os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paran a bordo de bicicletas com o intuito de praticar o esporte e desfrutar das belezas naturais, arquitetnicas, valores e tradies das colnias de imigrao italiana.

Urussanga foi um dos destinos indicados e escolhidos pelos aventureiros. O grupo foi recepcionado na tarde de sexta-feira, dia 5, no portal turstico da cidade, pelo vice-prefeito Luiz Henrique Martins, pela diretora de Cultura e Turismo, Daniela Mondardo, e por representantes de entidades culturais. Em seguida, os ciclistas pedalaram pelo centro histrico, pararam na Igreja Matriz e se mostraram impressionados com a presena da cultura italiana em cada canto da cidade. Alguns aventureiros se arriscaram e desceram as escadarias da igreja de bicicleta rumo a uma degustao de vinhos na vincola Casal Del Nonno. Os ciclistas aproveitaram o momento para conhecer os vinhos produzidos com a uva Goethe e em seguida participaram de uma confraternizao no restaurante Marias e Rosa apreciando o prato tpico italiano. O Ventuno Pub foi o local escolhido pelos aventureiros para celebrar a passagem pela cidade.
O ciclista gacho Paulo Ricardo Zanardo pratica o esporte h sete anos e se impressionou com a estrutura da cidade. O passeio foi fantstico. Os locais e as pessoas que conhecemos, os detalhes da cultura italiana, a recepo. No imaginava que Urussanga fosse um lugar to especial, conta. Evandro Anziliero, um dos organizadores do projeto e membro da Associazione Veronesi Nel Mondo di Erechim, ficou encantado com Urussanga. A cidade belssima com ruas encantadoras e um povo muito acolhedor. A impresso que tivemos foi das melhores, pois fomos bem recebidos e conhecemos locais maravilhosos como a igreja da cidade. Provamos os vinhos e participamos de um jantar e de uma confraternizao especiais. O grupo adorou a recepo e pretende voltar em outras oportunidades, ressalta.