LUD conclui Regional de escolinhas

No ltimo sbado, 24,aconteceu os jogos finais valendo o ttulo geral da competio do Campeonato Regional de Escolinhas, organizado pela LUD. Na categoria sub 11, Grmio Sango foi o time campeo. J no sub 13 e sub 15, o Cricima E.C foi consagrado o campeo geral da competio. Durante o campeonato mais de 2,8 mil crianas e jovens atletas estiveram envolvidos na competio que iniciou em Abril deste ano. O campeonato contou com a participao dos municpios: Brao do Norte, So Ludgero, Lauro Muller, Morro da Fumaa, Urussanga, Cocal do Sul, Sango, Jaguaruna, Iara, Cricima, Forquilhinha e Nova Veneza.
A LUD (Liga Urussanguense de desportos) agradece a diretoria do E.C. Prspera que emprestou o estdio Mario Balsini para fazer as finais do campeonato sub 11,13,15,17 anos, bem como, a diretoria do Cricima E.C. por emprestar o Estdio Heriberto Hulse para a grande final geral da competio que valorizou ainda mais o campeonato. Tambm agradece todas as 14 equipes que participaram com suas respectivas categorias, os atletas ,professores, pais , mes que acompanharam durante toda a competio, a imprensa falada e inscrita da regio sul pela divulgao durante toda a competio.

Projeto de Futsal desenvolvido com crianas da rede municipal

Aconteceu no dia 24 de Novembro o Torneio de Futsal da categoria base, no Ginsio de Esportes. O torneio faz parte do Projeto Dente de Leite e destinado s crianas de 5 a 8 anos das Escolas da Rede Municipal de Urussanga. O Professor da CME de Futsal Valdir De Bettio teve a autonomia para estar desenvolvendo est atividade e por gostar de crianas iniciou o projeto. Todos foram campees por jogarem e fazerem um esporte j nesta idade. Fiquei feliz com a presena dos pais, avs e familiares, incentivando as crianas, relata De Bettio, professor de Futsal. Parabns todas as crianas.

De Villa empata e mantm vantagem

No ltimo domingo, dia 25, o De Villa/CME Urussanga empatou em zero a zero com o Ouro Preto na primeira partida da final do Campeonato Regional da LARM da Segunda Diviso de 2012. Com o resultado, para o De Villa conquistar o ttulo, bastar no tomar gols no tempo normal e na prorrogao na segunda partida da final que ser realizada no prximo sbado, dia 1 de dezembro, s 15h30min, no Estdio Julio De Villa, bairro De Villa, em Urussanga. Pelo regulamento da competio, quem vencer o jogo decisivo no tempo normal ser o campeo. Caso houver novo empate, ser realizada uma prorrogao, com o De Villa/CME Urussanga possuindo a vantagem do empate para levantar o trofu de campeo.
Alm do ttulo, a equipe campe, conquistar o acesso primeira diviso da LARM do prximo ano. A ltima vez que a cidade de Urussanga esteve na elite do futebol amador foi em 2005, com a Associao Atltica Urussanga, mas os jogos da equipe eram realizadas em Cocal do Sul, devido a uma parceria com o Cocal do Sul Esporte Clube. Em 2004, a Associao Atltica Urussanga foi campeo da segunda diviso da LARM.
Para o presidente do De Villa Arcilsio Bonetti a equipe espera apresentar um melhor futebol do que na primeira partida. A gente no conseguiu render como deveria no primeiro jogo em funo de dois jogadores machucados aos 25 minutos de jogo. Isso acabou interferindo no rendimento da equipe. Contudo, o resultado foi bem proveitoso. A gente conseguiu o empate fora de casa e a expectativa agora fazer um bom jogo em casa. Sabemos que no vai ser fcil, pois o Ouro Preto um time forte, mas com o apoio da torcida esperamos sair vencedores e conquistar esse ttulo indito, destaca.

 

Entrelaadas

Bsico, mas fundamental

O bsico j deixou a muito tempo de ser apenas o necessrio para ser fundamental. A matria de hoje vai mostrar que ele faz a diferena em muitas ocasies. Na hora de montar um kit de maquiagem e de compor um look, o bsico pode fazer maravilhas por voc. Acompanhe nossas dicas e arrase na prtica.

A alta das T-shirts

As camisetas ou T-Shirts, esto em alta nesta estao e j vem fazendo sucesso entre as mulheres. Elas podem ser de manga regata, curta ou longa e geralmente aparecem mais larguinhas. A pea considerada verstil e super confortvel, compondo looks modernos e cheios de estilo, alm de garantir aquela pitada a mais de despojamento. Elas aparecem com estampas super divertidas, como desenhos, ilustraes e frases de efeito. Uma roupa que pode ser usada de vrias maneiras e combinando com saias, shorts e calas. Se seu estilo for mais bsico misture com jeans. Para uma produo mais elaborada, aposte-a com peas mais sofisticadas, como blazer, saias de couro, calas de alfaiataria, sapatos de salto, entre outros.

PELE
Base: Escolha uma base com boa cobertura, livre de leo e que funcione bem tanto de dia quanto noite.
Corretivo: Prefira o de tom exato da pele, assim voc poder usar tanto nas olheiras quanto em espinhas.
P finalizador: Escolha um p translcido bem leve. ele que dar acabamento e tirar o brilho da pele. Blush rosado: Para dar aquela corzinha de sade. Iluminador: Para destacar reas estratgicas do rosto e criar um efeito glam.

BOCA:

O batom vai muito do gosto particular de cada pessoa. Mas como a ideia fazer um kit bsico, vou sugerir trs tons: um nude, um rosado e um vermelho fatal.

Dicas:

O rmel novo ficou seco? Quatro ou cinco gotinhas de soro fisiolgico amolecem o produto e voc utiliza ele por mais um tempinho.
uAntes de esmaltar as unhas, mergulhe-as em gua gelada, aps esmaltar tambm. Isso evita o surgimento daquelas bolinhas indesejveis.

Legislativo entrega Diploma de Mrito aos tcnicos do projeto ProGoethe

A Cmara Municipal de Urussanga realizou nesta tera-feira, 27, a solenidade de entrega do Diploma de Mrito do municpio aos Tcnicos do Projeto ProGoethe que contriburam para que o Vinho Goethe conquistasse a primeira Indicao Geogrfica de Santa Catarina. Foram homenageados: Antnio Ayrton Auzani Uberti, Aparecido Lima da Silva, Hamilton Justino Vieira, Marilde T. Bordignon Luiz, Patrcia Mazon Freitas, Rogrio Ern, Srgio Roberto Maestrelli e Stevan Grtzmann Arcari. A sesso foi realizada na sede do Legislativo e reuniu familiares, amigos e autoridades.
O presidente do Legislativo, Joo Batista Bom foi quem abriu os trabalhos. Segundo o vereador Jucemar Sangaletti, autor da iniciativa, a valorizao da agricultura sempre foi um grande desafio para os representantes da Cmara. Em nome desta casa queremos agradecer todos os homenageados pelo trabalho e dedicao durante o estudo para que pudssemos ser reconhecidos e recebermos a Indicao Geogrfica Vales da Uva Goethe. A vocs os sinceros agradecimentos, temos certeza de que num futuro bem prximo iremos colher bons frutos deste belssimo trabalho desenvolvido pela equipe. O vinho Goethe ser sem dvida uma marca registrada e respeitada nos quatro cantos deste pas e no exterior, disse.
Para o presidente da Associao ProGoethe, Renato Damian a noite desta tera-feira foi diferente das noites em que o grupo se reunia para trabalhar. Essa sem dvida uma noite de contentamento. Vocs conseguiram tornar a uva Goethe conhecida e reconhecida. A estrada agora est pronta, pavimentada. Agora temos que circular e o trnsito est apenas comeando, porque no depende s da ProGoethe. O sucesso vai depender dos futuros componentes dessa casa e dos prefeitos. Ns temos um projeto tpico e nico. O futuro nos dir aonde poderemos chegar. Ns estamos no caminho certo e essa homenagem merecida. Todos os tcnicos homenageados fazem parte da histria de Urussanga, destacou.
O vice-prefeito, Jos Rogrio Francisco dos Santos que representou o prefeito Luiz Carlos Zen agradeceu o Poder Legislativo que vem reconhecendo o trabalho de pessoas que contriburam para o desenvolvimento da cidade. Eu no tenho dvida que desta forma que tambm as pessoas reconhecero Urussanga, afirmou.

A histria
Na regio Sul de Santa Catarina, abrangendo os municpios de Urussanga, Pedras Grandes, Morro da Fumaa, Cocal do Sul, Iara, Nova Veneza, Orleans e Treze de maio, localizam-se os vales da Uva Goethe. So os vales dos Rios Urussanga e Tubaro que nascem nas encostas da Serra Geral e desembocam no litoral sul do Estado. A partir de 1878 essa regio comeou a receber os primeiros imigrantes italianos, que deixaram o norte da Itlia para buscar melhores condies de vida na Amrica. Azambuja, em Pedras Grandes, foi a sede da Companhia de colonizao imperial que leva o mesmo nome. Dali os imigrantes se espalharam pela regio em distintas colnias. Urussanga foi o primeiro ncleo urbano onde surgiram as primeiras vincolas como resultado dos investimentos dos imigrantes bem sucedidos. A fim de proporcionar a produo de vinhos de qualidade na regio, o representante consular, Doutor Giuseppe Caruso Mac Donald apresentou a estes imigrantes, em fins do sculo XIX, a uva Goethe.As primeiras parreiras desta uva surgiram em Urussanga, em torno da primeira dcada do sculo XX. Entre os anos de 1940 a 1960, esses vinhos participavam de exposies de mbito nacional e internacional e receberam prmios significativos, como medalhas de ouro no concurso de vinhos de Nova York. A Trajetria secular dos vinhos Goethe nestes vales entrou em uma nova fase a partir de 2005, com a fundao da Associao dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe. A Progoethe nasceu com a assessoria tcnica do SEBRAE/SC, da Epagri, do Governo do Estado e da Universidade Federal de Santa Catarina, que auxiliaram na realizao das pesquisas na busca da Indicao Geogrfica de procedncia.

gua abundante, limpa e quase de graa

Renan Medeiros
Especial / A Tribuna

De um poo e de nascentes em uma mata bem preservada em torno do Bairro Rio Amrica, em Urussanga, vem a gua que os cerca de 1,5 mil moradores da localidade consome.A participao do poder pblico no fornecimento se limitou construo de reservatrios. O resto fica por conta da prpria comunidade. No chega s casas conta de gua alguma.
O trabalho de anlise da qualidade da gua feito pela Carbonfera Rio Deserto semanalmente. A empresa no cobra nada pelo trabalho. A inflao medida pelo IPCA foi de quase 50% nos ltimos oito anos, a inflao foi de quase 50%, mas o custo da gua se manteve o mesmo. Por ms, cada morador paga R$ 5 Associao de Moradores do Bairro Rio Amrica (Ambra). E tem quem diga que caro, ri o presidente da Ambra, Marcos Silveira. A quantia vem descontada na fatura de energia eltrica.

No troco
por outra
A moradora Silvana Nazrio Jos diz que no troca a gua que sai da torneira na casa dela por nenhuma outra. Eu tenho 43 anos e moro no Rio Amrica desde que nasci. Quando vou para outro lugar, sinto um gosto estranho na gua que no existe aqui, comenta. Silvana mora com o marido e dois filhos. E ai de quem sugerir que a gesto do fornecimento de gua seja passada a um rgo ligado ao governo. Se quisessem passar para outro rgo, eu seria contra, revela. Em outros lugares de Urussanga, como Santana e Rio Salto, o controle do abastecimento da gua passou para o Samae no incio da dcada passada depois da realizao de uma votao entre os habitantes. Mas no Rio Amrica a populao no aceitou.
Segundo o presidente da Ambra, o abastecimento funciona assim desde a fundao do bairro, h aproximadamente 90 anos. Alm da contribuio mensal de R$ 5, nenhum morador jamais precisou pagar por uma molcula de H2O sequer. Antes a gua ia das fontes e do poo direto para as casas. Nunca houve problema, mas agora estamos filtrando para dar ainda mais segurana, explica Silveira, que no se importa de beber antes do lquido passar pelo aparato de purificao.
Confiana mtua
A robustez do sistema de confiana, segundo a comunidade. Neste ano choveu menos e faltou gua por alguns dias, mas no foi s aqui. Foi geral, relata o presidente do bairro. Segundo ele, h planos de se construir mais um reservatrio. Silveira ressalta, contudo, que a garantia do bom funcionamento passa, principalmente, pela confiana mtua entre os moradores. No d para esbanjar. Infelizmente ainda tem quem faz isso, mas a maioria usa com conscincia, diz.

Longarone dedica laula delle scuole medie a Tina Merlin (1923-1991)

Longarone rende il doveroso tributo a Tina Merlin con la dedicazione, lo scorso 24 novembre, dellaula magna delle scuole medie. La cerimonia stata preceduta da un incontro con la popolazione e i ragazzi delle classi terze per assistere al racconto della vita della scrittrice a cura di Adriana Lotto, presidente dellassociazione culturale Tina Merlin. Oggi una giornata speciale dice il sindaco di Longarone Roberto Padrin – finalmente Longarone ricorda ufficialmente una delle figure pi significative per il Vajont e non solo. Andando al di l della sua militanza politica importante il tributo alla sua persona e al valore morale, con lauspicio che anche gli studenti possano conoscere la storia di questa donna coraggiosa. Interviene anche la vicepreside Carolina Sacchet, a nome dellIstituto cCmprensivo: come scuola proseguiamo il lavoro su Tina Merlin, dopo il laboratorio teatrale dello scorso anno. C grande ammirazione per il suo ruolo svolto per la difesa del territorio e per i diritti femminili , specie in questi giorni dove la violenza domestica contro le donne in continuo aumento. Adriana Lotto si rivolge ai giovani in sala e traccia unappassionata biografia della Merlin: Nata in condizioni umili a Trichiana nel 1923 con il padre sempre assente perch emigrante in Francia. La madre anziana la costringe ad abbandonare gli studi per mandarla a Milano a fare la serva in una famiglia agiata. L si adatta alla fatica ma allora che nasce il desiderio di ribellione verso lingiustizia di aver dovuto lasciare la scuola e di essere schernita solo perch povera. Cos scappa e ritorna nel bellunese, intanto scoppia la seconda guerra mondiale e Tina si unisce allesperienza partigiana. I suoi fratelli muoiono in guerra o di malattia: un punto di svolta in cui, segnata dal lutto, reagisce e decide di fare qualcosa, anche come donna. Si mette a scrivere racconti, nati dalla passione per la lettura e, grazie ad essi, inizia a fare la collaboratrice locale per lUnit. Si realizza cos la sua passione e missione di fare la giornalista, nonostante abbia solo la quarta elementare: un sogno che la riempe dorgoglio. Si dedica ad inchieste sugli emigranti in Beglio e lo sfruttamento lavorativo delle cameriere per poi approdare alloccupazione idrica della Sade. Da qui nasce poi la lotta del Vajont, ascoltando la gente di montagna. Il Vajont sar sempre nei suoi pensieri, con il doppio rammarico di non aver fatto abbastanza per prevenire la tragedia e, successivamente, di vedere lindifferenza alla questione nelle giovani generazioni. Negli ultimi anni di attivit pubblica articoli per lUnit, con cui scrive dal 1957 fino agli anni ottanta, e tiene molti discorsi, si occupa per esempio delle lotte degli operai tessili e della ceramica vicentina e della ricerca storica allIsbrec, con alcune intuizioni importanti sul ruolo della donna nella resistenza, ruolo che non fu affatto marginale ma determinante. Muore a Belluno nel 1991. Questo – conclude Adriana Lotto – il suo messaggio finale che voglio citare: bisogna consegnare la storia ai giovani perch non si costruisce nessun futuro sul niente, avendo sempre un occhio al futuro e uno al passato. Il suo ideale era quello di inventare un mondo nuovo senza disuguaglianze o ingiustizie dove le persone possano trovare il loro posto nella societ ognuno con pari dignit e possibilit. Segue infine lo scoprimento della targa alla presenza delle autorit e del figlio della Merlin, Toni Sirena.

Agricultura Orgnica

Recomendaes gerais para o cultivo
de uma horta orgnica

Prticas culturais Parte I

Plantas de cobertura do solo e adubao verde:atuam na conservao e fertilidade do solo e, principalmente, no manejo de plantas espontneas (mato). Estas plantas so a garantia de continuidade da vida, pois o solo estar suprido de alimentos para que os bilhes de seres vivos possam interagir e melhorar o solo, disponibilizando nutrientes essenciais para os cultivos.A adubao verde consiste no cultivo de algumas plantas que, ao serem incorporadas ou derrubadas no solo, fornecem matria orgnica, servindo ainda como cobertura do solo, evitando a eroso e fornecendo nitrognio e, ainda funcionando como subsoladores naturais do solo,permitindo a entrada de ar e de gua de maneira adequada no solo. As razes destas plantasao atingir diferentes profundidades, ainda reciclam nutrientes, trazendo-os at superfcie. As leguminosas so timas para adubao verde por serem ricas em nitrognio e possurem razes ramificadas e profundas. A mucuna, cultivada isoladamente ou em consorciao com milho-verde, um timo exemplo de adubao verde e de cobertura do solo, no vero. O consrcio deaveia, ervilhacae nabo forrageiro, nas quantidades de 60, 18 e 4 kg/ha, respectivamente, tambm uma tima opo para cobrir o solo, reduzir as plantas espontneas,melhorar a fertilidade e descompactar o solo, no inverno.Os benefcios da adubao verde so: a)fsicos reduo do impacto das gotas de chuva, diminuindo a erosoe compactao do solo, maior infiltrao e reteno de gua (10 vezes mais) e, ainda menor variao da temperatura no solo; b) qumicos -enriquecimentode nutrientes (poupana verde) e maior disponibilidade e reciclagem de nutrientes e, c)biolgicos – aumento da atividade de microorganismos benficos (vida do solo).

Mostra de teatro recebe grande pblico e faz a alegria das crianas

Criatividade, desempenho e expresso surpreenderam a plateia durante a Mostra de Teatro realizada na Sociedade Recreativa de Urussanga e desenvolvida pela professora e diretora teatral, Nichele Antunes. Mais de 300 pessoas das escolas APAE, Baro do Rio Branco, Ncleo Rio Caet e Caetano Bez Batti prestigiaram o evento que aconteceu no dia 21 de Novembro. Elas puderam assistir a apresentao de duas peas: Que me que eu arranjei, uma comdia de Benedito Silvrio e o clssico do teatro infantil Pluft, o Fantasminha. Os espetculos foram voltados ao pblico adulto e infantil e proporcionaram risadas e emoo plateia.
Segundo a Professora e diretora de teatro, Nichele Antunes graas participao do pblico que ela possui motivao para desenvolver o trabalho na cidade. Todos foram muito educados e respeitosos com os alunos que estavam apresentando as peas. Esse o sexto ano desenvolvendo o projeto. Pretendo continuar e, futuramente, quem sabe at construir um teatro em Urussanga, diz.
As peas contaram com a participao de 29 crianas e adolescentes. Os ensaios realizados semanalmente garantiram o sucesso do evento. Bianca Pereira que participa do projeto h quatro anos conta que o teatro ajudou muito na sua desenvoltura e imaginao. Hoje eu estou mais solta e com mais facilidade para falar em pblico. Eu me interessei logo no primeiro convite e adoro as aulas, disse.
Para a professora Nichele todos apresentaram e representaram muito bem todas as peas. Uma iniciativa importante para preservar a cultura e desenvolver talentos. Aproveito para agradecer a Prefeitura de Urussanga, Rdio Marconi e ao Jornal Vanguarda pelo apoio, finaliza professora Nichele.

Vinitificando

LAMBRUSCO
O tema da coluna de hoje veio a mente depois de eu ter passado os olhos na grande rede e ter visto a seguinte expresso: FEIJOADA E LAMBRUSCO. Na hora tomei um susto. Para quem conhece um Lambrusco logo vai tambm concordar, se ainda no tivesse estudado a fundo o tema. Pois, esta bebida internacionalmente conhecida como um espumante doce. Mas, para quem no a conhece, eu a apresento abaixo.
O Lambrusco um frisante originalmente tinto, mas tambm pode ser rosado ou branco, com teor alcolico moderado (de 7 a 10%), levemente spero, de boa acidez, fcil de beber. Pode ser seco, demi-sec ou adocicado ou amabile como dizem os italianos. Procedente da regio de Emilia-Romagna, sobretudo de Modena, encontrado tambm em outras localidades, acompanha pratos da cozinha regional, massas recheadas, embutidos e alguns queijos.
Poucos sabem, mas o vinho italiano mais bebido no mundo. Vende mais que o Chianti, o Prosecco e todos os demais. Os Estados Unidos consomem quase um tero das 8 milhes de caixas ou 96 milhes de garrafas produzidas anualmente. Aqui no Brasil, as vendas tm crescido 50% ao ano. A Cooperativa Agrcola Riunite responsvel por 80% da produo total de Lambrusco e j vendeu no Brasil cerca de 2 milhes de garrafas em um nico ano.
Lambrusco originalmente uma uva robusta, com alta produtividade, da qual existem pelo menos 60 variedades. Revela atributos comuns e caractersticas individuais, conforme a variedade gentica e a zona de cultivo. Existe desde os tempos dos etruscos, os habitantes da antiga Etrria, regio da Itlia central, mais ou menos correspondente atual Toscana e parte da mbria.
Em Modena esto os melhores Lambruscos e claro todos so DOC, a saber: Lambrusco diSorbara, o Lambrusco Salaminodi Santa Croce e o Lambrusco GrasparossadiCastelvetro. As mais diversas harmonizaes podem ser feitas com estes Lambruscos, por exemplo, com o diSorbara, o tortellini, com o Salaminodi Santa Croce, queijo parmeso e com o GrasparossadiCastelvetro, massas ao molho de cogumelo.
Agora vem o desafio e o susto do dia: um Lambrusco poderia acompanhar uma feijoada?
A julgar pelo gosto popular nacional, no, evidente! A julgar pelo conhecimento leigo popular, tambm no, pois o leigo conhece o Lambrusco doce. Mas, se pensarmos no ltimo exemplo de harmonizao citado no pargrafo anterior, onde o Grasparossa ideal para lavar o paladar do molho gorduroso, a a harmonizao com a feijoada seria perfeita! Mas, tem que ser um Lambrusco seco, no mximo demi-sec (lembrando a funo do acar na caipirinha, que corta a acidez do limo), evidenciando os aromas frutados da bebida e os defumados dos cortes sunos! Eu indico um Lambrusco fantstico trazido pela importadora catarinense Decanter, da vincola MediciErmete-GrasparossaBocciolo 2010!
Abbracci e salute!

Urussanguenses realizam 1 Natal Solidrio da Benedetta

com a inteno de fazer algo diferente na cidade e alegrar o Natal das crianas que Monali Vitoretti e Jeferson Barreto promovem uma campanha para arrecadar brinquedos. Um baile ser a atrao para motivar a participao das pessoas. Ele ser realizado no dia 08 de Dezembro sob a animao do Grupo Kaminhos, de Porto Alegre (RS) e o Show Nacional de Tch Fagundes. A festa ter incio s 22h, no Centro Social Urbano de Urussanga.
J no dia 09 de Dezembro, tambm no Centro Social Urbano, haver a abertura do Parque da Palhaa Narizinho, s 14h, com brinquedos, pintura facial e muitas outras brincadeiras durante o dia. A chegada do Papai Noel vai fechar o dia com chave de ouro e distribuio dos brinquedos arrecadados. Para adquirir o ingresso basta passar nos pontos de vendas doando um brinquedo. Os ingressos podem ser adquiridos at o dia 07 de Dezembro.

Onde trocar o brinquedo?
Loja Puro Charme, Loja Pumpx, Rose Modas e Acessrios, Mini-Preo, Embalagens Urussanga, Livraria e Papelaria Miotellos, R$ 1,99 + Variedades, Martins Supermercados, Loja DAmelia, Richard Calados, Hering, Supermercados So Pedro, Barraco do Taliano, Carara Chopp, Supermercado Nova Itlia, Rdio Marconi e no Jornal Vanguarda.

Hospital recebe lote de mercadorias apreendidas pela Receita Federal

O Hospital Nossa Senhora da Conceio de Urussanga foi beneficiado, pela segunda vez, com um lote de mercadorias apreendidas pela Receita Federal. Nesta tera-feira (27), o diretor financeiro da Instituio, Agenor Ramos esteve em Foz do Iguau para dar encaminhamentos ao processo de retirada da mercadoria. De acordo com Agenor muitos brinquedos, roupas, acessrios, produtos de limpeza, eletroeletrnicos entre outros itens estaro disposio da populao. Os produtos sero vendidos a preos sugeridos pela Receita Federal. A data para a comercializao dos produtos ser divulgada na prxima semana. Toda a renda com a venda dos milhares de itens ser revertida ao hospital, ressalta.

Urussanga festeja padroeira

No dia 25 de Novembro, a Igreja Catlica deu incio a programao para mais uma festa em honra a Nossa Senhora da Conceio, padroeira do municpio. Uma procisso motorizada de Jeeps e motos com a entrega das imagens de Nossa Senhora da Conceio foi realizada. A partida aconteceu na Igreja Matriz, passando pelos bairros Das Damas, Lunardi, Rosseti, De Brida, Braslia, So Jos, Praa da Bandeira, Morro da Glria, Hospital, Figueira e Baixada Fluminense.
Por doze dias estas imagens passaro pelas famlias dos respectivos bairros e, no dia 07, vspera da festa, todas as imagens devero retornar para a Igreja Matriz durante a Celebrao Solene de Viglia, que se inicia s 19h.
um momento de renovao espiritual, onde todos so convidados a estar participando desta confraternizao da nossa Padroeira, que merece ser homenageada e ter esse momento importante. A Procisso Motorizada com Jeeps e motos foi um diferencial desta grande festa. No ano passado foi bem interessante e este ano realizamos novamente. O evento alm de proporcionar uma linda confraternizao, levanta recursos para a manuteno da Igreja, da Casa Paroquial e tambm do Centro Comunitrio, conta o Padre Giovanni Manique Barreto.
A novidade este ano ser a reedio da Novena, que inicia hoje (29) e vai at o dia 07 de Dezembro. Durante todos os dias haver um livreto especfico da Novena, celebraes solenes e quermesse no Centro Comunitrio. E para finalizar, no ltimo dia do novenrio, haver o show nacional de Pe. Ezequiel Dal Pozzo, de Farropilha, Rio Grande do Sul, com gravao ao vivo do DVD em Urussanga, levando o nome da cidade para todo territrio nacional. J n dia 01 de dezembro, a atrao ser o show de talentos, com apresentao de Rosinei e Rosemar. Logo aps, sero convidados artistas locais e regionais para apresentar-se no palco do Centro Comunitrio, com incio s 20h30.
No dia da festa (8) haver a celebrao solene de Nossa Senhora da Conceio, com almoo festivo. A noite haver a Missa das Crianas e a coroao da Santa e encerrando com um jantar e sorteio do bingo.

Momento de f

UM REINO COM MUITOS REIS

Quando somos crianas, pensamos com cabea de criana e imaginamos o mundo como um conto de fadas. Sonhamos com castelos, com cavalos alados, com prncipes e princesas. Sonhamos em um dia sermos reis ou rainhas de reinados distantes, onde os belos campos, ricos e produtivos, estejam todos sob nosso comando. E desejamos que este sonho torne-se, um dia, realidade.
Quem nunca sonhou em ser rei? Qual menina no sonhou em ser princesa? Ou rainha? Qual delas nunca sonhou em encontrar um sapo e, aps um amoroso beijo, ver este asqueroso reptil se transformar no mais belo prncipe? Que atire a primeira pedra quem nunca se imaginou num reino encantado.
Sonhamos, porm nosso mundo no vive apenas de sonhos. No mundo real, a situao bem diferente. Mesmo assim, existem pessoas que se consideram reis e rainhas, donos da situao e da vida alheia, inviolveis e imutveis. Ledo engano. Somos to passageiros que no temos tempo nem para atualizar estes sonhos, muitos menos gastar tempo com estas doidices.

SER REI DE SI MESMO…
Quando pensamos em reino, buscamos logo os modelos humanos desta realidade: castelos, exrcitos, cortes, prncipes e princesas, reis e rainhas. O reino como sendo uma cidade murada, cercada e protegida, onde tudo se passa dentro deste escasso espao, tudo sob o olhar cuidadoso do seu rei. Mas esse tipo de reino no existe mais. J no serve mais como paradigma.

OUTROS TEMPOS, OUTROS REINOS
Vivemos num outro tempo, moderno, vibrante, interativo e complexo. Mas ainda no conseguimos superar a antiga ideia de reino. S que os reis so outros. No reino da moda, por exemplo, os supermodelos so os reis, e os seus sditos so a grande massa consumidora, que gasta fortunas querendo usar aquilo que seu rei os apresenta como verdadeiro e moderno. E viram escravos de um reino to passageiro quanto uma tempestade de vero: dura pouco tempo, mas pode deixar estragos eternos.

E O REINO DE DEUS, O QUE ?
O Reino de Deus exatamente o contrrio daquilo que acreditamos ser um reino. No uma cidade murada, no possui exrcitos, no utiliza a violncia como arma para conquistar pessoas e no apela para a imoralidade para alcanar a riqueza. Mesmo porque a riqueza maior que podemos ter na vida sermos pessoas realizadas e felizes. E alcanamos a felicidade quando fazemos outras pessoas felizes, atravs de nossos gestos de caridade e amor fraterno.

EU COLABORO COM ESSE REINO?
Toda pessoa convida a colaborar na construo deste reino. E as exigncias so poucas. Basta que sejamos justos com todas as pessoas, que no tenhamos medo de estender a mo e ajudar quem necessita de apoio e buscarmos sempre mais a fraternidade. S assim o mundo em que vivemos poder ser melhor. E s assim construiremos o to desejado Reino de Deus.

Amici Della Polenta rene apreciadores da cultura e gastronomia italiana

O cardpio no poderia ser diferente: polenta, galinha ensopada e radicci ao som da melhor msica folclrica italiana. Foi assim que a Associao Amici Della Polenta se despediu de 2012 e fechou suas atividades com chave de ouro. O grupo formado por 30 pessoas reuniu no ltimo dia 21, aproximadamente 150 pessoas apreciadoras da cultura italiana. O encontro foi realizado no Parque Municipal e animado pelo grupo Rio Perso, de Cocal do Sul.
Para a confraternizao, o grupo preparou uma polenta de mais de 200 quilos. Foram utilizados 25 quilos de farinha de boa qualidade e 100 litros de gua filtrada, sem cloro, para no alterar o sabor da polenta. Durante a elaborao que levou em mdia 3h30min, as pessoas puderam acompanhar a preparao e o momento da retirada da polenta do tacho, ocasio mais esperada da noite.
De acordo com o diretor de polenta, Gilson Fontanella o objetivo do grupo de amigos resgatar e difundir a cultura gastronmica de Urussanga tendo como principal prato a polenta. Ns adquirimos todo o equipamento necessrio para garantir a qualidade da nossa especialidade. Um prato que fez parte da culinria dos nossos imigrantes italianos e de seus descendentes. Todos os integrantes ao participar do grupo fazem um juramento e devem cumprir a risca, ou seja, todos tm que ajudar a mexer a polenta at ficar pronta, destaca.
O grupo foi formado no dia 26 maio de 2011. De l pra c, os amigos participaram de todos os eventos culturais da cidade, bem como, fora do municpio ligados a cultura italiana. Amici Della Polenta tem como presidente Carlos Sachet, mestres polenteiros Srgio Maccari, Valdeci Miotelos e Gilson, bem como, os integrantes que ajudam a confeccionar a polenta e seus acompanhamentos.

Sistema de Vdeo Monitoramento comea a operar em Urussanga

Relatos positivos e ndices de criminalidade reduzidos. Essa a avaliao de municpios onde a vigilncia eletrnica das ruas comeou a operar. E esse mesmo relato que Urussanga espera registrar a partir deste ms com o funcionamento das cmeras de videomonitoramento j em operao desde o dia 20.
O projeto inicial abrange 10 cmeras instaladas na rea central da cidade e poder comportar at 20 mquinas em diferentes pontos. Para viabiliz-lo, o investimento foi de R$ 200 mil. Uma parceria entre o Governo do Estado, Prefeitura Municipal e classe empresarial.
Nesta tera-feira, o prefeito Luiz Carlos Zen ao lado do Comandante da Polcia Militar da Comarca de Urussanga, capito Valdeci da Silva conheceu na prtica o funcionamento do projeto. Zen lembrou do assalto registrado na loja da esposa e disse que iniciativas como essa poderiam ter evitado o fato. Ns vamos diminuir muitas ocorrncias. O que eu vejo de mais significativo que esse um instrumento de trabalho dos policiais. Hoje est cada vez mais difcil aumentar o efetivo, mas por meio desta tecnologia o trabalho ter melhor cobertura. Urussanga est sendo privilegiada com est ao, resultado da unio e trabalho de muitas pessoas. Todos esto de parabns, ressalta.
De acordo o capito as cmeras esto operando provisoriamente. Trs agentes a princpio esto sendo treinados para comandar o sistema e mais um est para chegar. O monitoramento ser 24 horas por dia possibilitando um ngulo de 360 graus, com um zoom que aproxima at 600 metros com qualidade. O sistema HD filma e transmite via fibra tica. Todo o armazenamento de imagens ser feito em CPD, na Polcia Militar. A Polcia Civil tambm ter acesso s imagens por meio de um link, explica.
O desafio das autoridades fazer valer a tecnologia e inseri-la na rotina policial. Essa uma grande ferramenta de trabalho que vai possibilitar um recurso de viso com uma margem de certeza ao policial diante de um enfrentamento ou abordagem. Alm disso, o policial que est na ocorrncia poder ser assessorado da sede. Para a populao significa dizer que o PM poder ajudar ainda mais as vitimas de crimes, ressalta capito Valdeci.

Quando comeou
Essa conquista o resultado da presso popular pela segurana pblica e do Legislativo Municipal quando deu incio as audincias pblicas na cidade. A vereadora Stela Maris Talamini foi quem levantou a bandeira pela segurana. A primeira audincia foi realizada ainda no mandato anterior, depois por iniciativa do vereador Joo Batista Bom em 2011 aconteceu a segunda mobilizao. Com isso mais pessoas foram mobilizadas e uma comisso foi formada para levantar os recursos necessrios para a concretizao do projeto. O Governo do Estado estava disponibilizando metade do projeto. Ento levantamos os valores e os locais prioritrios para instalao. A comisso foi em busca de recurso com a classe empresarial que contribuiu com R$ 50 mil. Acho que isso legislar. Com a iniciativa da Cmara e o clamor da populao hoje a gente v com orgulho esse projeto sendo colocado em prtica. Quando as pessoas se envolvem as coisas acontecem, ressalta Stela.

Lydio De Brida implanta cisterna para economizar gua e conscientizar

com o objetivo de economizar e conscientizar a comunidade escolar que a Escola Municipal Lydio De Brida implantou o Sistema de Capitao e Utilizao da gua da Chuva (Cisterna). O projeto o resultado da parceria entre a Escola, Epagri e Samae. Na ltima sexta-feira, 23, a cisterna foi apresentada aos alunos. Eles foram orientados, receberam uma cartilha para melhor conscientizao e ficaram na expectativa pela gua da chuva para ver o resultado na prtica. O projeto ter capacidade para armazenar 5 mil litros de gua e o Lydio a primeira escola do municpio a contar com o sistema no municpio.
A cisterna foi instalada ao lado do Ginsio de Esportes e vai capturar a gua da chuva que desce pelas calhas da fachada do prdio numa extenso de 10 metros. Segundo a extensionista da Epagri Maria Cristina Cancelier da Costa para cada metro quadrado de telhado, preciso chover 1 mm para render um litro de gua. Para encher a caixa ainda vai demorar um pouco preciso chover 100 mm durante um dia para ench-la. Ns esperamos que muitas outras escolas tambm possam futuramente ter esse mesmo modelo, explica.
A gua chegar at a escola por meio de duas torneiras. Ela ser utilizada para a limpeza, lavao das caladas e para regar a horta. Ela no ser utilizada para fins nobres, pois no tratada, mas ajudar a preservar a gua utilizada para beber e gerar economia da gua do Samae. Como ns enfrentamos forte estiagem importante que as pessoas se conscientizem desde cedo. A escola, por exemplo, gasta cerca de 1 milho de litros de gua por ms. Com a cisterna a idia ajudar a poupar a gua tratada. Um modelo simples e que possui um custo beneficio muito grande, destaca Volnei Augusto Jos, encarregado da Samae.
O projeto foi custeado pela Epagri por meio de fundos da SC Rural e pelo Samae do municpio. Foram investidos aproximadamente R$ 4 mil.

Educar o
principal objetivo
Alm de toda a parte de preservao e economia, o principal objetivo deste projeto na prtica a educao das crianas, segundo a diretora da instituio, Andrea da Silva. Estamos muito ansiosos para ver a caixa cheia. Com o pouco que choveu nos ltimos dias j deu para sentir como ser. Ns j iniciamos o trabalho de conscientizao. Todo o funcionamento explicado, suas vantagens e benefcios, inclusive a fcil aplicao para quem deseja implantar em casa, descreve. O aluno Leandro Alves Goulart, 12 anos, est ciente da importncia deste trabalho para o dia a dia da escola e da comunidade. O sistema economiza mais gua do Samae. A gua est acabando e a gente precisa contribuir de alguma forma, agir para preservar o futuro, afirma. Para a estudante Maria Eduarda Lummertz de Souza, 12 anos, essa uma iniciativa que nos orgulha. A nossa escola a primeira a reaproveitar a gua. Eu no conhecia esse sistema e nem sabia que poderia fazer tanta diferena. Espero levar todo esse conhecimento para frente e contribuir economizando a gua, ressalta.

Mulher acamada e em situao precria precisa de ajuda

Aos 48 anos de idade, Maria Salete Adriano Jernimo no imaginava que sua vida pudesse mudar tanto, e para pior. Moradora do bairro Bel Recanto (Curva do S), desde o dia 18 de julho deste ano, ela vive acamada e depende da solidariedade das pessoas e da ajuda do marido 24 horas por dia para sobreviver. Vtima de um acidente de moto, ela foi arremessada longe e, como se no bastasse, um carro passou por cima de seu corpo quebrando as costelas, atingindo o pulmo, bacia, cabea e as pernas. Foram 29 dias em coma e os mdicos davam apenas algumas horas de vida. A fora de vontade para viver foi maior do que tudo e ainda se recuperando de uma cirurgia na esperana de voltar com os movimentos, ela se prepara para outro procedimento nos prximos dias.
Sem o apoio da famlia e ao lado do marido, ela tem como anjo da guarda uma moradora do bairro, Rosangela de Jesus que se sensibilizou com a situao catica do casal, arregaou as mangas e foi de casa em casa pedir ajuda para poder pagar o aluguel, luz, gua e comida. Ao que faz constantemente e que agora estende aos moradores de Urussanga. Qualquer ajuda para amenizar um pouco a situao ser bem vinda. Ningum queira viver assim. Ela no pode tomar um banho e Deus livre de uma pontada ou pneumonia. Eu saio na rua para pedir ajuda para eles porque realmente eles precisam e mais do que nunca, ressalta.
Emocionada, Salete lembra das dificuldades ao longo da vida e que apesar de tudo o que aconteceu tem esperana e coragem. A gente no tem casa e tudo o que tem dentro do nosso lar doao ou achado no lixo, concertado e reaproveitado. Ns j moramos at na rua. Tive dois derrames antes do acidente, alm de outras complicaes de sade. Tem muita gente de corao bom nesse mundo. Nosso anjo a Rosangela e outras companheiras que esto olhando por ns, procurando pelas pessoas. Se no fosse elas eu no sei como estaria a nossa situao. Eu s tenho a agradecer muito aqueles que esto nos ajudando. Eu queria estar trabalhando, fazendo o servio de casa, mas eu no consigo, lamenta.

Moradores se unem para construir banheiro

Alm da necessidade de muitos itens para poder viver o dia a dia, Rosangela pede a sensibilidade das pessoas para que ajudem esse casal a construir um banheiro para que Salete possa tomar banho. O banheiro da casa fica na parte de baixo, onde ela no pode ser transportada. Hoje, o marido d banho em Salete de caneca no quarto, o que dificulta ainda mais a situao. Nem direito a um banho para sua higienizao ela possui, ressalta.
A inteno construir um banheiro pequeno ao lado da porta de entrada da casa. Areia e tijolos j foram doados. A necessidade agora por cimento, chuveiro, canos e registro para iniciar a obra.

Eu no morri por causa do meu marido.
ele quem faz tudo pra mim

Joceldo Lenoir Paes, 43 anos, resume a sua vida aos cuidados com a sade de Salete. Juntos h 12 anos, ele no um simples companheiro. Ele representa tudo na vida da mulher. Para poder cuidar dele, o at ento servente de pedreiro de uma construtora da cidade precisou sair da empresa para dar conta do recado. Ele assumiu o papel de dona de casa e enfermeiro. D banho, faz comida, limpeza da casa, roupa, remdio, curativo. Os ltimos cinco meses foram muito difceis. muito triste a situao, em dias de calor ela piora e Salete ainda possui uma ferida grande nas costas. Estamos passando sufoco. Tem dias que ela grita da dor durante a noite. Se virar no fcil. A gente sofre junto e cuida porque gosta, ama. Eu cuido dela como se fosse a minha me, relata.
Salete agradece todos os dias a Deus pela pessoa que est ao seu lado. Eu no morri por causa do meu marido. Ele faz tudo pra mim, cuida de mim. Eu no sei o que seria de mim sem ele, afirma.
Joceldo tambm faz um apelo. Tudo a gente agradece de corao. Desde um quilo de alimento at a contribuio para a gua, luz e aluguel que eu no tenho de onde tirar, muito pesado, dependemos das pessoas, finaliza Joceldo.

Baffone

Em Braslia

O Prefeito eleito, Johnny Felippe, o vice Luiz Henrique, vereador e futuro secretrio de agricultura Jucemar Sangaletti, futuro diretor do Samae Vnio Comin e o vereador eleito Odivaldo Bonetti (PP) estiveram em Braslia nesta semana. O prefeito eleito participou de audincia com a Ministra das Relaes Institucionais, Ideli Salvatti, uma das mulheres mais prxima da presitente Dilma, onde pediu o apoio cidade e a todos os projetos encaminhados ao Ministrio. Johnny tambm esteve com os deputados Edinho Bez, Ronaldo Benedet, Joo Pizzolatti, Jorge Boeira e o senador Luiz Henrique para a captao de emendas para 2013. O vice-prefeito, Luiz Henrique tambm esteve com os deputados do PT, Pedro Uczai e Dcio Lima. Corpo a corpo importante e necessrio para a busca de recursos que j iniciou na prtica. Bom para o municpio.

Gesto Nobre

Muitos devem estar se perguntando: o que o Bonetinho, do PP, estava fazendo em Braslia junto com o prefeito eleito? Calma gente. Esse um gesto bacana e que inclusive foi reconhecido pelo prefeito eleito Johnny. Ele fez o que h oito anos Vnio, que era diretor do Samae fez, agora numa inverso de papis. Ele acompanhou Vnio durante visitas no Ministrio das Cidades e Funasa para a verificao do andamento dos projetos que sero executados a partir do ano que vem. Ele nos proporcionou um gesto muito bonito e que a gente aproveita para agradecer, disse Johnny.

Avaliao

A primeira viagem a Braslia, depois de eleitos, foi muito positiva na avaliao de Johnny e Luiz Henrique. Realmente, a recepo foi boa e proveitosa. Urussanga tem o seu destaque e bem relacionada. Quero agradecer ao Partido Progressista pela fora que esto no dando para encaminhar os projetos. Esse um gesto grandioso, realmente um novo tempo e uma contribuio para a cidade, ressalta Johnny.

Secretrio

Vereador Jucemar Sangaletti parece que j iniciou os trabalhos como secretrio de agricultura. Em Braslia entregou o pedido para a aquisio de uma retroescavadeira, ao deputado Edinho Bez (PMDB). Com o mesmo deputado, Johnny aproveitou para lembr-lo do compromisso com a emenda no valor de R$ 500 mil que, at ento, seria destinada pavimentao asfltica da estrada geral de Rio Amrica. Como no haver necessidade de lanar esse dinheiro para est obra, Johnny espera aloc-la para outras necessidades do municpio. No pode deixar escapar.

Dinheiro a vista

O Vereador Edson Manoel trouxe uma boa notcia durante a sesso itinerante em Linha Pacheco. Mais R$ 500 mil esto garantidos para a pavimentao e drenagem da rodovia Giovanni Baldessar e Aldo Baldin, no Rio Amrica. A verba, resultado de emenda parlamentar do deputado Amin (PP) j esta disponvel na Caixa Econmica Federal. A contrapartida da prefeitura ser de R$ 10.063.50. O vereador Edson agora pode ficar tranqilo com relao s crticas, pois est cumprindo com o prometido na tribuna ao lado do Governo do PP que no mediu esforos para garantir a verba. Os questionamentos sobre o assunto cessam por aqui. Parabns comunidade, agora a obra ser na ntegra.

Restante

Prefeito Zen tambm esteve em Braslia nesta semana. Depois da emenda do deputado Amin, a prxima ser do deputado Pizzolatti (PP) tambm no valor de R$ 500 mil. O suficiente para a concluso total da obra de Rio Amrica. Parabns a unio de foras dos partidos. Acho que os deputados: Jorge Boeira, Amin e Pizzolatti merecem todo o nosso respeito, principalmente da comunidade de Rio Amrica.

Gramado

Orgulho. A equipe de Turismo do Municpio juntamente com a Associao ProGoethe estaro na Feira de Gramado. Com certeza uma oportunidade nica para expor a cidade e produtos que iro projetar Urussanga em nvel nacional e internacional. A abertura da feira vai contar com a presena do governador do RS, Tarso Genro, que far nica parada no Salo de Enoturismo, especificamente no wine lounge. Haver ainda uma coletiva de imprensa sobre o Enoturismo Brasileiro com degustao especial dos vinhos do Brasil, incluindo o nosso, o Goethe. Um Workshop Tcnico Setorial tambm ir tratar do Diagnostico do Enoturismo Brasileiro. pouco ou querem mais? Este o resultado de um trabalho de anos.

Festa

Movimentada foi a festa do PMDB na ltima semana. Muitas pessoas prestigiaram o evento marcado por muita animao. A nica coisa que notei foi a falta de autoridades da regio. Talvez pelo feriado, mas senti falta.

Solene

A sesso solene que vai homenagear os tcnicos da ProGoethe ser na prxima tera-feira, na Cmara de Vereadores, s 19h. A iniciativa partiu do vereador Jucemar Sangaletti.

Natal na Galeria

Quem est preparando uma programao de Natal cheia de novidades para os cliente e amigos so os lojistas da Galeria Ivo Serafin. O evento inicia no dia 26 de novembro com a montagem da rvore de Natal. J no dia seguinte (27), Rita e Marisol estaro no comando Marconi. No dia 28, o programa do Bicudo Show estar ao vivo, das 9h s 12h, na Galeria, com sorteio de brindes e s 20h30 haver a iluminao natalina, com as lojas abertas at as 22h. No percam, ser na prxima semana.

Conselho

O vereador Omero tambm aproveitou para dar um conselho aos vereadores em uma das sesses. O vereador no deve fazer na coisa pblica o que faz na privada. Assino embaixo vereador.

Bee Gees

Nosso amigo Bicudo mais uma vez abre as portas da cidade para a regio neste sbado. O evento que vai acontecer no Centro Comunitrio da Igreja Matriz ter como atrao principal o melhor e mais afinado show tributo aos BEE GEES, de Uberlndia para o mundo. Ingressos j nos finalmente. Corre l ser de tirar o chapu e fechar o ano com chave de ouro.

Urussanguense campeo na modalidade Skull Fighting Championship

Leonardo Vicente, 18 anos, foi o campeo do Campeonato de Skull Fighting Championship que aconteceu recentemente em Urussanga. O jovem defendeu a equipe Killer Bees, uma das maiores academias do mundo que tem como mestre Anderson Silva. Para Leonardo foi uma grande conquista ganhar um campeonato desse nvel e com grandes equipes competindo. Foi uma sensao nica que jamais vou esquecer, e o melhor foi mostrar que alm de festas tradicionais, Urussanga tambm tem grandes lutadores, comenta.
Leonardo se prepara agora para o prximo Campeonato de Muay Thai Ilha Fight que acontece no dia 1 de Dezembro, em Florianpolis. Ele vai concorrer na categoria peso leve (at 57kg), sendo o nico representante da Benedetta classificado para a competio. O lutador est sendo treinado pelo professor de Artes Marciais Jlio Estevam da Academia Soldier, que h mais de um ano atua no municpio. Leonardo conta com o apoio e patrocnio da Max Muscle Suplementos de Cricima e Academia Rhytmus de Urussanga.