Eleitores da regio optaram pelo no

Os eleitores da regio disseram No proibio da venda de armas de fogo e munio no Brasil. No Referendo das Armas, realizado no domingo, dia 23 de outubro, cerca de 30 mil pessoas compareceram s urnas instaladas em Urussanga, Cocal do Sul e Morro da Fumaa. Em todo o estado, quase 80% dos eleitores optaram por suprimir o artigo 35 do Estatuto do Desarmamento, implantado no ano passado, e com isso, a venda de armas e munio continua liberada no pas.

Durante 20 dias, foram realizadas discusses, debates e campanhas, tanto a nvel regional quanto nacional, citando os prs e contras do comrcio de armas de fogo e munio. Assim, todos os eleitores tiveram que dar a sua opinio, ou em caso de ausncia, justificar o voto. Em Urussanga, o No venceu com vantagem de 9933 votos (82,71%) sobre os 2077 (17,29%) do Sim. No municpio de Cocal do Sul, dos 8629 votantes, 6461 (77,24%) disseram No contra 1904 (22,76%) que disseram Sim. J em Morro da Fumaa, 5856 (72,35%) votos foram contra e 2238 (27,65%) foram a favor da proibio do comrcio de arma de fogo e munio no Brasil. A absteno chegou a 5834 dos eleitores nos trs municpios, enquanto os votos em branco somaram 406 votos e os nulos chegaram a 318.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *