Combate leptospirose em Morro da Fumaa

Morro da Fumaa – A Secretaria Municipal de Sade de Morro da Fumaa, atravs da Vigilncia Epidemiolgica e Sanitria, est visitando a populaoque reside em reas dealagamento, afim deinformar e tirar dvidas sobre as doenas transmitidas com as cheias que esto ocorrendo constantemente em nossa regio. Para oCoordenador da Vigilncia Epidemiolgica e Sanitria de Morro da Fumaa, Pedro de Souza,aprincipal doena a sercombatida aleptospirose. Ainda no h registro de nenhum caso desta natureza no municpio e acredito este fato ao constante trabalho informativo da vigilncia em parceria com os agentes comunitrios, ressalta.

A leptospirose uma doena infecciosa causada por uma bactria chamada Leptospira presente na urina de ratos e outros animais, transmitida ao homem principalmente nas enchentes. Bovinos, sunos e ces tambm podem adoecer e transmitir a leptospirose ao homem. Os principais sintomas da leptospirose so: febre, dor de cabea, dores pelo corpo, principalmente nas panturrilhas (batata-da-perna), podendo tambm ocorrer vmitos, diarria e tosse. Nas formas mais graves geralmente aparece ictercia (colorao amarelada da pele e dos olhos) e h a necessidade de cuidados especiais em carter de internao hospitalar. O doente pode apresentar tambm hemorragias, meningite, insuficincia renal, heptica e respiratria, que podem levar morte.

Para o controle da leptospirose, so necessrias medidas ligadas ao meio ambiente, tais como obras de saneamento bsico (abastecimento de gua, lixo e esgoto), melhorias nas habitaes humanas e o combate aos ratos. Deve-se evitar o contato com gua ou lama de enchentes e impedir que crianas nadem ou brinquem nessas guas ou outros ambientes que possam estar contaminados pela urina dos ratos.

A pessoa que apresentar febre, dor de cabea e dores no corpo, alguns dias depois de ter entrado em contato com as guas de enchente ou esgoto, deve procurar imediatamente o Centro de Sade mais prximo. A leptospirose uma doena curvel. O diagnstico e o tratamento precoces so a melhor soluo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *