Presidente da Cmara 1

O novo presidente da Cmara de Vereadores de Urussanga, Joel Gaspar, do PFL, comea sua gesto com uma srie de desafios. Recebeu do presidente anterior uma dvida de mais de R$ 70 mil, relativa ao no pagamento dos salrios e do FGTS dos servidores no ms de dezembro, e ter nas mos responsabilidade de decidir a questo da extino, ou no, dos cargos de assessores, polmica levantada pelo vereador Cuca, do PT. Como PP e PT so a favor da extino e PMDB, PSDB e PSB so contra, o resultado fica empatado. Vale o voto de Minerva do presidente.

Servios

Tudo bem que a nova administrao precise arrumar a casa e modificar o cenrio catico que recebeu da gesto anterior, e isso leva algum tempo. Mas alguns servios simples j poderiam ter sido executados aps um ms de mandato. Um deles a capina das ruas do centro, a maioria delas tomadas pelo mato. A limpeza daria um ar muito melhor para a cidade, que sempre sofreu com um certo ar de abandono e relaxamento. No tarefa difcil, e os muncipes certamente no esto dispostos a esperar muito tempo por sua realizao.

Cintur

No dia 19, aconteceu em Lauro Mller reunio do Consrcio Intermunicipal de Turismo (Cintur). Em pauta, a prestao de contas de 2004 e a eleio da nova diretoria. Segundo Patrcia Mazon, responsvel pelo setor de Planejamento de Urussanga, a primeira exigncia para que o municpio continue a fazer parte do consrcio a de que haja a elaborao de um planejamento para as aes de 2005. Depois disso, Patrcia pondera que o Cintur deva funcionar de modo mais transparente. Caso contrrio…

Assessorias

Em se falando na extino dos assessores parlamentares, rumores do conta de que o assunto ainda no est definitivamente sacramentado dentro do PP. A proposta conta com o aval do prefeito e de mais dois de seus vereadores, mas tem encontrado resistncia dentro dos setores mais conservadores do partido, ainda saudosos do bom e velho empreguismo praticado pelos progressistas em suas incurses anteriores pelo executivo municipal. Dizem que a pacincia de Zen com os pedichos j est prxima do limite.

Presidente da Cmara 2

Joel j manifestou qual ser sua postura em relao ao caso, e embora concorde que h distores e incoerncias em relao aos salrios e a quantidade de assessores, no esconde entender que sua presena na Cmara necessria para o bom funcionamento dos trabalhos. Sua primeira atitude ao assumir o cargo de presidente foi cortar a gratificao de 30% concedida pelo anterior, que fez com que o salrio dos polmicos assessores parlamentares passasse dos R$ 1,8 mil. A questo ainda deve render boas discusses.

Fornecedores 2

Fato que merece destaque em relao s compras e solicitaes de servios realizados pela Prefeitura Municipal que, nesse comeo de novo governo, todos os possveis fornecedores esto sendo consultados a respeito de seus preos, coisa que raramente acontecia at ento. A prtica corrente era a formao de verdadeiras panelinhas, beneficiadas pelo direcionamento das contrataes. Muitas empresas locais, j com certa experincia em seus ramos, sequer eram consultadas pela municipalidade. Se as coisas continuarem assim, ponto para Urussanga.

Fornecedores 1

O comportamento de alguns fornecedores da Prefeitura Municipal de Urussanga mudou aps a posse do novo prefeito. Alguns, que antes tinham a PMU como principal cliente, simplesmente deixaram de ter interesse em vender ao Poder Pblico. J outros, tambm com vasto histrico de servios prestados municipalidade, inclusive com certa hegemonia, embora continuem disposio, participando das concorrncias, resolveram fazer caridade e deixar de cobrar pelos trabalhos, colocando o preo a zero. Como diz o ditado: Quando a esmola demais…

Placas 2

Alm da questo esttica, as novas placas e suas publicidades fizeram surgir tambm um debate em torno da legalidade da situao. O cdigo de posturas veda a fixao de propaganda em espaos pblicos, no se sabe como foram as negociaes com as empresas que anunciaram e no se conhece quem realizou a obra. Algumas pessoas, questionando a nova sinalizao das vias, disseram que, mesmo no sendo proprietrias de estabelecimentos comerciais, gostariam de patrocinar placas, colocando no enunciado simplesmente o nome de suas famlias.

Placas 1

As novas placas que indicam os nomes das ruas de Urussanga, apesar de representarem uma melhora em relao as que existiam anteriormente, esto sendo alvo de certa polmica na cidade. A discusso em torno da excessiva publicidade concedida aos patrocinadores, que alm de terem seus nomes inscritos nas prprias placas, tambm ganharam o direito de afixar outra, bem maior que a principal, sobre o poste que as sustentam. Resultado, o festival de cores fez da novidade um verdadeiro elemento de poluio visual.

Reciclagem em Alta

Excelente a reportagem da edio passada sobre a reutilizao do lixo. muito bom perceber que as iniciativavas de reciclagem esto crescendo cada vez mais no Brasil e em todo o mundo. Alm de ser uma excelente fonte geradora de renda para todos que participam desse setor, impensvel um futuro, em que os recursos naturais j comeam a faltar, sem a reutilizao do lixo.

Filipe Giordani Schimidtz
Urussanga

Projeto bem elaborado

O Jornal Vanguarda foi um projeto muito bem elaborado para a nossa cidade. Faltava um jornal impresso da forma que o Vanguarda escrito, imparcial e sem objetivos especficos. A equipe deste meio de comunicao est de parabns, pois so pessoas competentes e lutam, a cada dia, para veicular a notcia pura, da forma que ela , e no da forma que muitas pessoas acham que ela deve ser. , sem dvida nenhuma, o melhor jornal da cidade.

Enio Biz
Urussanga