Roubos e furtos

Roubos e furtos A Comunidade urussanguense comea a sentir o drama que at pouco tempo era privilgio de cidades de maior porte. As ocorrncias policiais, principalmente no item furto, esto preocupando a todos.

O Dr. Alfeu Orbem, titular da DPCO de Urussanga, afirma que os casos de furtos, apesar dos nmeros, esto dentro de uma normalidade. Nos meses de dezembro e janeiro, at o dia 28, foram registradas 48 ocorrncias de furtos no municpio, dos quais muitos objetos foram recuperados, e identificados os autores. Apesar das crticas da populao, Orbem diz que a priso, quando no em flagrante, depende da concluso de inqurito e sentena da Justia. A polcia civil no atua na preveno, e s entra no caso para investigar e, quando possvel, recuperar os bens roubados. A deficincia de pessoal o fator que impede uma melhor atuao. Perguntado sobre quais as principais causas que levam o indivduo a praticar este tipo de delito, Orbem diz que 90% dos identificados so usurios de drogas e dez por cento entram no crime por problemas e desajustes sociais.

Por sua vez, a Polcia Militar, a quem cabe o policiamento ostensivo e preventivo, tambm luta com a falta de um maior efetivo. So dezoito os policiais militares destacados em Urussanga, porm, apenas quatro esto de servio e cada turno. Se considerarmos que a populao do municpio de 20 mil habitantes, temos um policial para zelar pelo patrimnio e segurana de 5.000 pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *